Com crescimento de 37% no setor, Semdec oferece curso de Condutor de Turismo Local

Teresina registrou nos últimos cinco anos um crescimento de 37% no número de visitantes que chegam à cidade pelos mais diversos motivos. Esse desenvolvimento do setor demanda a qualificação de profissionais, política que vem sendo estruturada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). Para capacitar novos profissionais para atuarem em atividades receptivas, o programa QualificaTur, que é uma parceria desenvolvida entre a Semdec e a Fundação Wall Ferraz, está oferecendo o curso profissionalizante de Condutor de Turismo Local este mês.

Um dos principais assuntos abordados no curso será o turismo como atividade econômica e sustentável. Além disso, o curso deve apresentar os atrativos naturais, culturais e históricos de Teresina, e orientar sobre a postura que o profissional deve adotar para conduzir um trabalho receptivo de qualidade. As inscrições já estão abertas. A aula inaugural será dia 18 e as aulas iniciam dia 22.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, ressalta que Teresina recebeu recentemente o Selo Oficial +Turismo, distinção que garante prioridade na tramitação de projetos que dão entrada na linha de crédito Prodetur+Turismo e isso vai influenciar o crescimento do setor nos próximos anos.

“Com toda a questão do Selo Oficial +Turismo, o setor deve receber mais investimentos e podemos concluir que todo o mercado que envolve o turismo de Teresina também crescerá, dando oportunidade para que profissionais como o Condutor de Turismo, tornando-os cada vez mais necessários”, explica.

De acordo com o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, o curso formará profissionais que podem atuar em vários segmentos do turismo da cidade. “O fluxo turístico de Teresina tem aumentando muito nos últimos cinco anos. Nesse sentido, o mercado, para os próximos anos, estimulado por esse crescimento, também deve se desenvolver e com isso haverá uma necessidade de que se tenha profissionais qualificados para trabalhar em atividades receptivas”, explicou.

Além do curso Condutor de Turismo Local, o projeto QualificaTur oferecerá cursos de Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir aos Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Parque Alvorada e Vermelha, levando cópia do RG, CPF e comprovante de residência. As inscrições se encerram no próximo dia 10.

Semdec participa de comemoração de novas contratações em Call Center

O secretário municipal de desenvolvimento econômico e turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, esteve nas instalações da empresa Almaviva do Brasil, localizada no bairro Dirceu, zona Sudeste, na manhã desta segunda-feira (24), para participar de uma comemoração pela contratação de quase 700 novos funcionários da empresa. Com isso, até o final do outubro, a empresa espera ter 5.200 colaboradores somente em Teresina.

Na oportunidade, o secretário, acompanhado do superintendente da SDU/Sudeste, Evandro Hidd; do CEO da Almaviva, Francesco Renzetti e dos diretores de operações, Domenico Rossi e Eduardo Morelli; Nadja Brandão, Diretora Jurídica e de Relações Institucionais e Victor Lee, gerente de RH, foi apresentado às instalações da empresa, onde pode conferir as condições de trabalho dos colaboradores e pode conversar sobre os planos da empresa para crescer e gerar mais empregos em Teresina.

A Almaviva, que está na capital há quatro anos, e atualmente é a segunda que mais emprega na cidade, perdendo apenas para o Grupo Claudino, espera no futuro ser a maior empregadora no estado do Piauí. De seu atual quadro de funcionários, segundo Francesco Rezentti, 80% são jovens que conquistaram o primeiro emprego, sendo 59% mulheres.

A Semdec e a Almaviva mantém uma parceria há algum tempo para o encaminhamento de jovens advindos de cursos de capacitação, realizados em parceria com a Fundação Wall Ferraz.

Semdec participa da Reunião Estadual FNE 2019 do Banco do Nordeste

A secretária executiva da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Jannayna Tavares, esteve representando o prefeito de Teresina, Firmino Filho, na reunião estadual do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) 2019. O evento promovido pelo Banco do Nordeste ocorreu na manhã desta sexta-feira (21), no auditório da superintendência no Piauí.

A reunião estadual tem como objetivo mostrar a programação financeira a ser implementada na região Nordeste, onde se busca fortalecer o desenvolvimento regional via financiamento dos projetos investindo nos vários setores que formam a economia piauiense e nordestina, buscando dessa forma diminuir a disparidade de renda regional e fortalecer a economia local.

A secretária falou sobre a parceria desenvolvida entre a Semdec e o Banco do Nordeste visando o atendimento da demanda do empresariado local, falando sobre investidores que querem se instalar nos polos empresariais. Além disso, Jannayna falou sobre o fortalecimento da economia local via implementação de projetos encabeçados pela Semdec e somando a isso a linhas de créditos oferecidos pelo banco via intermediação da secretaria.

Entre os projetos desenvolvidos pela Semdec, está o Sou Capaz, que ao lado da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), intervém no Lagoas do Norte para promover a capacitação profissional e inclusão no mercado de trabalho de jovens de 18 a 24 anos. Além disso, a Semdec em parceria com Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), desenvolveu recentemente o Selo “Dona Saló”,  que visa reconhecer por parte do poder público municipal empresas localizadas em Teresina que promovam ações, projetos e programas em prol da igualdade de oportunidades entre homens e mulheres nas relações de trabalho.

FNE

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, em 2018, o Banco do Nordeste, já contratou R$ 15,3 bilhões em recursos do FNE. No Piauí, a meta do estado para contratações totais e estoque de propostas é de R$ 1,2 bi. De janeiro a agosto deste ano, foram realizadas contratações na ordem de R$ 630,4 milhões, cumprindo 51% da meta.

Aula-show anima público no primeiro dia do Festival Maria Isabel

Com pratos no valor único de R$16, o Festival Maria Isabel, que este ano acontece no Teresina Shopping, teve sua abertura no fim da tarde desta quinta-feira (20), recheado de atrações. Um dos destaques foram as aulas-show que acontecem em um auditório especial com uma cozinha profissional montada no local. Além disso, a arena gastronômica com 22 restaurantes apresentando uma diversidade de pratos, marcaram o primeiro dia de evento.

Uma das primeiras atrações do evento, foi a aula-show da chef piauiense Larissa Batista. Ela ensinou aos presentes como preparar um arroz caldoso do litoral, que de acordo com a profissional é uma homenagem às mulheres catadoras de marisco de Parnaíba.

“A diferença desse prato é que a gente fez uma homenagem às mulheres catadoras de marisco da Ilha Grande de Santa Isabel, que é um bairro do município de Parnaíba. É uma homenagem significativa, pois são mulheres batalhadoras e por isso quis incluir no menu do festival. Esse é um arroz com sururu, feito com coco e água de coco. Isso já é bem diferente, mas sempre puxando para nossa cultura, como a defumação do caju que eu quis mostrar”, explicou.

De acordo com a chef, a aula-show é uma ótima oportunidade para se aproximar do público. “A aula-show é muito importante, tanto para os alunos de gastronomia, empresários, quanto a pessoa comum. Trazer o aluno e as pessoas para perto da gente é importante, porque a gente fica próximo, fica mais amigo, pode tirar dúvidas. O público é muito receptivo. Fico muito feliz e espero que a gente consiga cada vez mais fazer eventos como esse voltados para a gastronomia”, afirmou.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o festival é uma excelente oportunidade para que os restaurantes possam chegar em públicos ainda não explorados e os chefs aparecerem mais para mostrar seu trabalho.

“O Festival Maria Isabel é uma verdadeira vitrine. Aqui os restaurantes, os empresários, têm a oportunidade de se aproximar melhor de uma diversidade de públicos e isso é muito importante, porque quem nunca tinha ido a um determinado restaurante passa a frequentar, por exemplo. Além disso, é uma ótima oportunidade para que os profissionais se mostrem e tenham um contato mais íntimo com o público por meio dessas aulas-show, por exemplo”, destacou.

A 4ª Edição do Festival Maria Isabel é uma realização da Abrasel com apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

4ª Edição do Festival Maria Isabel começa nesta quinta-feira (20)

Teresina sediará a 4ª edição do Festival Maria Isabel entre os dias 20 e 23 deste mês. Uma arena gastronômica receberá 22 restaurantes e na programação vão acontecer aulas-show gratuitas e chefs renomados são ensinar diversos pratos.

Este ano, o evento será realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), com a apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), no Teresina Shopping, zona leste da capital.

Já consolidado no calendário de eventos dos teresinenses, o festival traz este ano chefs do Piauí, Bahia, Rio de Janeiro, Pernambuco e Minas Gerais que darão aulas-show gratuitamente durante todos os dias do festival. Entre os pratos que serão ensinados estão o risoto de rabada, pão de queijo de tapioca, maria isabel com farofa de rapadura, nhoque de abóbora com creme de queijo de cabra, entre muitos outros.

Além disso, o evento terá também uma rodada de negócios que, de acordo com o presidente da Abrasel, Jorge Holanda, será um espaço com stands com a presença de várias empresas fornecedoras de produtos. “Estaremos dando oportunidade para os fornecedores tratarem diretamente com donos de bares e restaurantes, abrindo esse espaço, esse diálogo”, disse.

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o festival fará com que o setor da gastronomia brasileira tenha sua atenção centralizada em Teresina, podendo atrair investimentos no setor.

“Os olhares da gastronomia nacional estarão voltados para Teresina com o Festival Maria Isabel, o que é muito positivo para o setor em termos de investimento. O evento, que é uma parceria entre a Abrasel e a Semdec, estará recebendo dezenas de chefes de cozinha reconhecidos nacional e internacionalmente. Na programação teremos minicursos, palestras, entre outras coisas. Acredito que é uma excelente oportunidade para o povo de Teresina aprender e se deliciar com os diferentes sabores do nosso país”, explicou.

Merenda escolar especial

Na noite desta terça-feira (18), a Associação da Boa Lembrança reuniu boa parte dos chefs que estarão participando do Festival Maria Isabel, no Restaurante Favorito, situado na zona leste de Teresina.

Na oportunidade, o prefeito de Teresina, Firmino Filho e o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, puderam conhecer a chef Ana Bueno, que estará realizando um almoço especial na Escola Municipal Camillo Filho nesta quarta-feira (19), como parte das ações da associação.

A escola escolhida para a ação foi destaque no início do mês dentre as quatro melhores de Teresina no Ideb, com média 8.0, ao lado da Escola Municipal Bezerra de Menezes, de acordo com dados divulgados Ministério da Educação.

Na oportunidade, a chef irá cozinhar na escola utilizando alimentos da própria instituição, ensinando as cozinheiras do local como preparar pratos diferentes com o que tem na dispensa.

The Encontro: evento promove culinária regional com shows gratuitos neste domingo (16)

Um dos principais pontos turísticos da cidade, o Encontro dos Rios vai ser palco, neste domingo (16), do The Encontro 166 Anos, um evento que vai reunir atrações para crianças, culinária regional a base de peixe e shows musicais. Entre as atrações estão Cesinha Garcia, Forró Absoluthe, Walkiria Santos e Banda e, para fechar, Banda Proibida.

Logo depois da abertura oficial do evento, que deve ocorrer às 8h, o espaço de recreação infantil será aberto. Um show com a dupla de palhaços Bolim Bolão, deve animar a criançada durante toda a manhã. A abertura do Festival do Peixe será às 10h, onde nove barracas com as mais variadas opções a base de peixe estarão à venda. A programação musical começará somente na parte da tarde, com abertura do palco principal com o grupo É Show, às 16h.

A intenção da secretaria, de acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, é estimular o turismo por meio do desenvolvimento econômico, dando mais abertura para a realização de eventos em pontos turísticos da capital.

“A Semdec tem mostrado esse interesse de explorar melhor nossos pontos turísticos para promover o turismo, eventos e estimular negócios. Dessa vez, estamos direcionando a atenção para o Parque Ambiental Encontro dos Rios, com a realização The Encontro, que é um dos pontos turísticos mais importante para nossa cidade. O evento quer reunir a família teresinense e levar nosso povo para ocupar esses espaços”, explicou.

O The Encontro 166 Anos é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e em parceria com o Sebrae, Portal AZ, O Dia, Grupo Carvalho, Sesi e Uninovafapi.

Veja a programação completa:

08h – Abertura Oficial
09h – Ação Social / Recreação e Show Infantil com a dupla Bolim Bolão
10h – Abertura do Festival do Peixe e Feira de Artesanato e Negócios
16h – Abertura do Palco Principal com o grupo É Show
18h – Cesinha Garcia
20h – Forró Absoluthe
22h – Walkiria Santos e Banda
00h – Banda Proibida

Encontro dos Rios será palco de evento musical e gastronômico

O Parque Ambiental Encontro dos Rios, localizado no bairro Poti Velho, que é hoje um dos mais visitados pontos turísticos de Teresina, vai ser palco de um evento que reunirá música, gastronomia, artesanato e ações sociais no próximo domingo (16). A ação faz parte das comemorações do aniversário de Teresina, e é uma realização da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

Com a proposta de explorar melhor os diversos pontos turísticos da capital, promovendo festivais dos mais variados tipos, a Semdec criou o The Encontro 166 Anos em parceria com o Portal AZ. Com seis atrações artísticas, entre elas a cantora Walkyria Santos, o evento com entrada gratuita realizará um Festival Gastronômico do Peixe e trará uma Feira de Artesanato, para estimular a apresentação do artesanato já encontrado na região.

Além disso, o The Encontro 166 Anos, contará com uma Feira de Negócios, Festival Encontro Náutico, Ação Social, como a emissão de documentos, aferição de pressão, Praça de Alimentação, entre outras coisas.

De acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a intenção da secretaria é estimular o turismo por meio do desenvolvimento econômico, dando cada vez mais espaço para a realização de eventos nos pontos turísticos da capital.

“Há alguns meses a Semdec tem mostrado esse interesse de explorar melhor nossos pontos turísticos para promover o turismo, eventos e estimular negócios. Um exemplo foi o Campeonato Brasileiro de Ciclismo, que aconteceu na Ponte Estaiada. Dessa vez, estamos direcionando a atenção para o Parque Ambiental Encontro dos Rios, com a realização The Encontro 166 Anos, que é outro ponto turístico extremamente importante para nossa cidade. O evento quer reunir a família teresinense e levá-los para ocupar esses locais”, explicou.

Ainda de acordo com o Venâncio, o The Encontro 166 Anos vai realizar o Festival Gastronômico do Peixe e a Feira de Artesanato, dentro da programação, com a intenção de unir as potencialidades para negócios onde Teresina é mais forte.

“Um dos pontos fortes de Teresina é a gastronomia. As pessoas, no geral, quando saem para se divertir, vão aos mais variados restaurantes que a cidade oferece. Por isso é importante levar essa potencialidade para o The Encontro. Além disso, estaremos na região com o artesanato, que é muito forte. Precisamos mostrar cada vez mais disso em nossos eventos”, destacou.

SMPM e Semdec lançam selo para estimular igualdade de gênero em empresas de Teresina

Foi lançado na noite de ontem (28), o “Selo Dona Saló – Empresa Promotora de Igualdade de Gênero”, no Plenário da Câmara dos Vereadores de Teresina. O lançamento para o setor econômico será dia 12 de setembro e contará com a presença de Janete Vaz, presidente do Laboratório Sabin, considerada a melhor empresa no segmento de saúde para trabalhar no Brasil.

O Sabin, que foi fundado por duas mulheres, Sandra Soares Costa e Janete Vaz, tem 72% dos cargos de chefia liderados por pessoas do sexo feminino. A participação feminina também é grande no grupo: 77% dos colaboradores são mulheres.

Os critérios de seleção para receber o Selo serão: empregabilidade e liderança de mulheres, educação, prevenção à violência, igualdade salarial e saúde e qualidade de vida. A iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) será concedido a pelo menos três empresas de cada categoria, entre: pequenas, médias e grandes empresas, considerando o número de colaboradores.

O Selo leva este nome, pois foi inspirado na história empreendedora de Maria Salomé Silva Rabelo, proprietária da conhecida “Casa Saló”, referência no comércio de variedades na capital na década de 60. O empreendimento chegou a fornecer produtos para todo o estado do Piauí.

“Ela foi uma mulher lutadora, generosa e empreendedora, em uma época que poucas mulheres tiveram essa oportunidade e a coragem de ser a gestora dos seus próprios negócios. Ela teve grandes dificuldades, não foi fácil, mas ela e o meu avô transformaram essas dificuldades em sonhos”, disse Alexandre Rabelo Neto, neto de Dona Saló.

Para Maria Helena, representante da SMPM, a escolha do nome tem grande poder de representatividade, pois Dona Saló tornou-se um marco de sucesso no empreendedorismo nos anos 60.

“A Casa Saló marcou gerações no Centro de Teresina. Por unanimidade, a ideia foi aceita pelo gestor municipal e as secretarias executoras. Maria Salomé Silva Rabelo foi uma piauiense que fez de Teresina, sua morada de construção familiar e de trabalho. Dos anos 60 até os anos 2000, teve sua loja como referência no comércio de variedades e grande fornecedora de utensílios para todo o Piauí. Foi sinônimo de luta, trabalho e tenacidade, características de mulheres que não se curvam diante de dificuldades”, disse.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, afirmou que o selo deve se tornar algo almejado pelo setor empresarial e que em contrapartida o poder público municipal deve publicizar as empresas que recebem o selo.

“Devemos estimular o interesse dessas empresas pelo selo, pois assim elas vão despertando sobre a importância de igualdade de gênero no seu ambiente e com esse reconhecimento, cria-se empresas que desejam esse destaque, que mostram que se preocupam com essa questão tão importante”, explicou.

Semdec lança roteiro e site para promover turismo de Teresina

Para despertar o interesse e a curiosidade de quem chega a Teresina, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai lançar, na próxima sexta-feira (24), um site, uma publicação e várias peças publicitárias de áudio e vídeo traçando os principais roteiros turísticos da capital. O evento acontecerá na Ponte Estaiada, às 8h, e integra a programação do aniversário de 166 anos da cidade.

Em um formato de guia de bolso, o livreto intitulado “Roteiros Turísticos Teresina” reúne informações completas sobre os setores mais fortes da cidade. Dividido em seis partes, o guia explora roteiro de compras, gastronomia, roteiro e eventos religiosos, roteiro de saúde e educação, além do roteiro cultural e de lazer, o guia ainda traz um mapa turístico de Teresina e conta um pouco sobre as lendas da cidade e apresenta um os principais monumentos e prédios históricos.

A ideia é que o livreto seja distribuído por meio dos Centro de Atendimentos ao Turista (CAT), que estão localizados no aeroporto, rodoviária e principais pontos turísticos, além de evento específicos com grande concentração de pessoas, para quem chega ou visita a capital.

O site, que entra no ar nas próximas semanas, também vai reunir essas informações, além de trazer notícias relacionadas a eventos, congressos, entre outras informações. Já as peças publicitárias em áudio e vídeo apresentarão imagens da cidade mostrando cenários e atividades que podem ser visitadas e realizadas tanto durante o dia, quanto a noite. Esses vídeos deverão começar a ser transmitidos nos próximos dias, nas emissoras locais de televisão e cinemas da cidade, além das redes sociais.

De acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a ação quer reunir e centralizar informações turísticas e promover o que Teresina reúne de melhor. “Ao contrário do que muita gente pensa, Teresina é muito rica no que diz respeito a turismo. Como em nossa cidade não existe praia, começamos a desenvolver nossas potencialidades turísticas de outra forma, como ponto de encontro para negócios, realização de eventos, procura pelo polo de saúde, educação e até mesmo pontos turísticos de lazer. Então, essas peças promocionais querem centralizar o maior número de informações sobre isso e estimular não só quem chega, mas o próprio povo de Teresina participar da vida da cidade”, explica.

Estudo revela que empreendedoras do Promorar querem qualificação

Quase 70% dos negócios do setor de moda e beleza do bairro Promorar, na zona sul de Teresina, são comandados por mulheres que desejam fazer curso de capacitação em sua área de atuação e quererem aprender administrar melhor seu próprio negócio. É o que aponta uma pesquisa realizada pela Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

A pesquisa que faz parte da segunda etapa do projeto Empreende Bairro, ainda revela que 29,9% desses negócios são comandados por mulheres jovens entre 26 e 35 anos. Além disso, do número total de entrevistados, 43,3% possuem formação educacional até o ensino médio. O relatório ressalta que essas mulheres parecem querer investir mais na sua própria capacitação profissional, almejando cursos da área de beleza ou administração para melhorar a gestão do próprio negócio.

Outro dado importante apontado pelo estudo é que 53,7% dos entrevistados possuem Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), número considerado positivo pela Gerência de Micro e Pequenas Empresas da Semdec. Além disso, pelo menos 30% dos entrevistados pretendem fazer mudanças físicas em seus empreendimentos.

De acordo com o coordenador geral da pesquisa, Eneas Barros, o estudo pode detectar que metade dos entrevistados querem ter seu negócio formalizado, o que é considerado algo positivo para o município.

“É válido observar que metade dos empresários entrevistados pretendem se formalizar, e a Semdec pode ajudá-los a alcançar esse objetivo. Por outro lado, pelo menos 30% dos entrevistados pretendem fazer mudanças físicas em seus empreendimentos, o que será algo muito bom para ser trabalhado com os estudantes de arquitetura através das parcerias da SEMDEC com as faculdades”, disse.

O objetivo do estudo era captar informações sobre os empreendimentos do setor de moda e beleza inicialmente do bairro Promorar para, em seguida, oferecer consultoria personalizada e gratuita. A pesquisa faz parte do projeto piloto intitulado ‘Empreende Bairro’, que visa estimular o empreendedorismo social qualificado nas comunidades da capital e contou ainda com o apoio, por meio de emenda parlamentar, dos vereadores Teresinha Medeiros, Enzo Samuel e Gustavo Gaioso.

Próximo passo

Com a pesquisa concluída, o próximo passo, de acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, é apresentar os resultados para as faculdades parceiras, com a intenção de formular grupos específicos e enfim voltar aos bairros para oferecer a consultoria gratuita para cada empresário.

“Já estamos dialogando com algumas faculdades, apresentando o projeto e pedindo apoio para montarmos os grupos que seguirão fazendo o trabalho de consultoria. Quando tudo estiver estabelecido, os estudantes dessas faculdades irão ao bairro, com as informações da pesquisa, para oferecer a consultoria visando melhorar esses negócios. Por exemplo, vimos que muitos querem melhorar a parte física de seus negócios, então a equipe com estudantes de arquitetura entra fazendo a consultoria. Temos casos em que os empresários querem desenvolver melhor a parte de comunicação nas redes sociais, então entra em cena a equipe com estudantes de jornalismo ou marketing”, explica.