Empresa de telefonia lança serviço com investimento de R$ 35 milhões em Teresina

A empresa Vivo lançou o Vivo Fibra, um investimento em rede de fibra óptica em Teresina orçado em R$ 35 milhões. A iniciativa da empresa contou com o apoio da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), como facilitadora do processo de instalação.

De acordo como secretário da Semdec, Aluísio Sampaio, a operação da rede de telefonia atenderá mais de 60 mil domicílios espalhados em 26 bairros da capital, além de 21 mil empresas que foram mapeadas pela própria companhia.

“É um investimento que a Prefeitura vem acompanhando desde o início do ano, dando total suporte na tramitação dos processos junto as SDU Centro Norte, Leste e Sul, e que no nosso papel de secretaria meio, fizemos toda a articulação da chegada da Vivo em nossa cidade, com o intuito de promover o desenvolvimento na capital”, explicou o gestor.

Contribuindo para o lado social da cidade, o secretário pontuou também que a empresa destinou cerca de R$ 200 mil para conta do Fundo da Criança e do Adolescente de Teresina. Para o diretor regional da Vivo, Ricardo Vieira, a ajuda do município nesse processo de instalação foi de grande importância, no sentido de que os teresinenses terão mais oportunidade de trabalho com a porta que se abrirá para novas empresas de tecnologia.

“A gente teve uma grande ajuda da Prefeitura na execução do projeto, com as obras e liberações de processos. E isso é de se comemorar, pois nós dobramos o número de colaboradores que tínhamos na cidade, e a nossa chegada é uma porta que a gente abre para outras empresas de tecnologia se instalarem em Teresina”, pontuou o executivo.

Os bairros que serão comtemplados com o novo serviço são: Acarape, Aeroporto, Cabral, Centro, Frei Serafim, Ilhotas, Mafuá, Marquês de Paranaguá, Matinha, Morro da Esperança, Piçarra, Pirajá, Porenquanto, Vila Operária, Fátima, Horto, Ininga, Jóquei, Noivos, Planalto, São Cristóvão, São João, Zoobotânico, Piçarreira, Santa Lia e Morada do Sol.

FWF e Semdec certificam turmas de quatro cursos do QualificaTur

A Fundação Wall Ferraz e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo realizaram, nesta quarta-feira (13), a certificação das turmas do projeto QualificaTur 2017. O evento aconteceu no Palácio da Música e receberam os certificados os concludentes dos cursos de Organizador de Eventos, Mensageiro em Meios de Hospedagem, Inglês para conversação e Qualidade no Atendimento ao Público.

A cerimônia de certificação foi organizada pela turma de organizador de eventos como parte das aulas práticas do curso, tornando-se um diferencial no aprendizado desses alunos, que se mostraram aptos a atuar no mercado de trabalho.

O QualificaTur é um projeto que se inclui no conjunto de ações de profissionalização da Fundação Wall Ferraz e se dirige ao mercado de turismo formal e informal. O projeto terá continuidade no ano de 2018, visando atender às necessidades do mercado com mais pessoas qualificadas na área de turismo.

Iniciado em 2014 através da parceria entre FWF e Semdec, o projeto propõe a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina, além de promover benefícios culturais e econômicos para a cidade.

“A intenção é ofertar esses cursos na área do turismo para que vocês consigam a inserção no mercado de trabalho, além do melhor atendimento possível aos nossos visitantes para que eles voltem, gerando retorno econômico e cutural para nossa Teresina”, comentou a presidente da FWF, Samara Pereira.

O Coordenador de Turismo da Semdec, Enéas Barros, destacou em sua fala o potencial da cidade de Teresina para o turismo de negócios, educação e saúde, tornando a cidade uma referência no Norte e Nordeste.