Semdec realiza capacitação dos permissionários do Mercado da Piçarra

Pensando em promover o conhecimento sobre manipulação de alimentos e higienização, a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), irá promover, nesta terça-feira (7), duas palestras gratuitas sobre os temas com os permissionários do Mercado da Piçarra.

A atividade que faz parte das ações de comemoração da reinauguração do Mercado da Piçarra, localizado na zona Sul de Teresina, contará com a presença do chef e professor de culinária, Igor Rocha, que ano passado recebeu o prêmio Dólmã, o máximo da gastronomia brasileira; e da nutricionista e doutoranda em engenharia biomédica, Andreia Fernandes Lopes.

Para a gerente do Micro e Pequenas Empresas da Semdec, Joana Lima, o objetivo das palestras é dar suporte para que os permissionários possam atuar de maneira profissionalizada no Mercado da Piçarra.

“Na verdade, o que queremos é oferecer um conhecimento mais técnico sobre higienização e principalmente a manipulação dos alimentos, já que este é o foco dos serviços oferecidos no Mercado. Lá é um ambiente muito familiar, queremos levar esse conhecimento mais técnico para que os negócios se tornem cada vez mais profissionais”, pontuou.

De acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o fato de o Mercado da Piçarra ter se tornado um ponto turístico famoso em Teresina tem um custo que, segundo ele, é a responsabilidade cada vez maior com questões como a higiene, apresentação dos pratos, entre outros.

“O local se tornou um ponto turístico de Teresina, por conta disso, a higiene, apresentação dos pratos, abordagem dos clientes devem ser questões melhores trabalhadas, para que possamos mostrar sempre uma imagem positiva do local. O Mercado tem hoje um grande significado sob a perspectiva da gastronomia típica da capital. Nossa ideia é dar suporte para que esses pequenos empreendedores mantenham um bom padrão apresentado no local”, disse.

Palestras

O chef e professor de culinária, Igor Rocha, realizará uma palestra com o tema “A gastronomia dos Mercados como produto Turístico”. De acordo com ele, sua palestra quer esclarecer como a gastronomia pode ser apresentada como um produto turístico.

“Vou falar sobre como a gastronomia faz parte da cultura de um povo, e de que forma ela pode ser utilizada como produto turístico, assim como é feito em muitas cidades do Brasil”, destacou.

Já a palestra com nutricionista Andreia Fernandes Lopes, que tem como foco central as boas práticas na manipulação de alimentos e, de acordo com a profissional, deve abordar os conceitos básicos mais atuais sobre higiene.

“Vamos aprender o básico sobre higiene, formas seguras de preparação de alimentos e também abordar quais as principais regras atuais para garantir a manipulação segura desses alimentos. Não temos o objetivo de ensinar cozinhar, até porque isso já é um talento deles, mas sim falar tecnicamente sobre higienização e manipulação de alimentos. Dessa forma vamos capacitar e apoiar os permissionários para que eles possam oferecer um alimento, além de gostoso, que seja um alimento, do ponto de vista nutricional e sanitário, seguro”, explicou.

 

Campeonato Brasileiro de Ciclismo estimula turismo em Teresina

Teresina recebeu, neste fim de semana, o Campeonato Brasileiro de Ciclismo. Com três dias de provas, a competição teve 360 atletas inscritos. Desse número, segundo a organização, 75% são de outros estados do país. Com isso, a capital recebeu um volume extra de visitantes, que além de participar do campeonato, vieram também conhecer a cidade.

Para Guaraci Fernandes, da cidade de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Teresina é uma cidade tranquila e uma das partes que lhe atraiu para visitação foi o Centro. “Eu conheço o Brasil todo, mas Teresina eu ainda não tinha conhecido. A cidade é um dos poucos cantos do país que eu ainda não tinha visitado. Cheguei na quarta-feira e para conhecer a cidade dei um passei pelo Centro. Teresina é uma cidade muito legal, tranquila”, disse o atleta.

Esta é a primeira vez que a capital do Piauí foi escolhida como sede do campeonato. A decisão final foi da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). O evento que contou com apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), recebeu gente principalmente dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Impressões

De acordo com George Rodrigues, presidente da Federação de Ciclismo do Piauí, entidade organizadora do evento, a competição foi bem aceita pela cidade e a aplicação da prova em Teresina tem recebido elogios dos atletas.

“Nesse evento nós temos inscritos de todos os estados da confederação e o Distrito Federal aqui presentes. Sou suspeito para falar, mas tenho ouvido muito elogios, inclusive crÍticas construtivas. Tenho ouvido vários comentários que essa prova em Teresina tem sido uma das melhores nos últimos dez anos e para nós, nos orgulha muito”, afirmou. O presidente da Federação afirmou ainda que os dois pontos para aplicação da prova [Rodoanel e Ponte Estaiada] foi o espaço mais acertado para realizar a competição.

Potencial

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, que esteve presente no primeiro e segundo dia do evento, escolher a Ponte Estaida como um dos pontos de largada e partida foi importante vitrine da cidade.

“A Ponte Estaiada é um espaço que se consolidou como palco de grandes eventos e uma competição do porte do campeonato brasileiro de ciclismo acontecer na Ponte Estaiada mostra, mais uma vez, que Teresina tem muito potencial turístico para ser explorado. Esse espaço é uma importante vitrine nossa. Os atletas e seus familiares passam diretamente por esse lugar e acredito que isso seja algo muito positivo, isso dar mais evidência para nossos pontos turísticos”, explicou.

Semdec recebe currículo de pessoas com deficiência para vagas de emprego

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) está recebendo currículos para preenchimento de 40 vagas exclusivas para pessoas com deficiência em empresa de call center instalada em Teresina. Todas as vagas são especificamente para representantes de atendimento.

Além da carteira assinada e vale transporte, entre os benefícios, a empresa oferece vale refeição, seguro de vida, plano de saúde e odontológico, entre outros. Os pré-requisitos exigidos são: ter no mínimo 18 anos, ensino médio completo, conhecimento em informática e residir em Teresina.

Os candidatos interessados devem entregar currículo na sede da Semdec, localizada na Avenida Universitária, Edifício Diamond Center, Nº 750, 16º Andar, próximo à Universidade Federal do Piauí (UFPI), de 7h30 às 13h30, ou enviar por email para o endereço vagas.semdec@gmail.com.

“A Semdec, em parceria com algumas empresas de Teresina, sempre teve essa posição de encaminhar pessoas interessantes para vagas que surgem nas empresas instaladas na capital. A oportunidade, desta vez, é focada completamente em pessoas com deficiência. São, ao todo, 40 vagas. Isso mostra tanto um preocupação da Semdec de provocar a existência dessas vagas, quanto a da empresa de manter uma política correta de inclusão social”, explicou Venâncio Cardoso, secretário da Semdec.

Equipe Semdec recebe aula de ginástica laboral

A equipe da Semdec, recebeu, na manhã desta quinta-feira (26), uma aula de ginástica laboral ministrada pela educadora física Adelia Pinheiro. A atividade, que é uma iniciativa da atual gestão, visa criar um ambiente diferenciado, promovendo a prevenção de doenças típicas de quem trabalha em escritório, como a LER.

A aula de ginástica laboral que combina alongamento e dança, deve acontecer em dois dias na semana, sempre nas segundas e quintas. O projeto é visto pela nova gestão como algo de suma importância, pois além de preparar os trabalhadores para a jornada de trabalho do dia, leva benefícios pessoais, minimizando os efeitos do sedentarismo.

Prefeitura lança projeto para reduzir conta de energia de prédios públicos

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Concessões e Parcerias (SEMCOP), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), Secretaria Municipal de Administração (SEMA) e Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEMDUH), está elaborando um projeto de eficientização energética dos prédios públicos ligados à gestão municipal. Com isso, a Prefeitura espera reduzir a conta de energia em torno de 30 a 40%.

De acordo com a secretária da SEMCOP, Monique Menezes, a substituição de alguns equipamento pode levar a uma economia significativa para os cofres públicos. “O objetivo desse projeto é substituir lâmpadas, condicionadores de ar e outro equipamentos, de modo a reduzir de forma significativa essa conta de energia dos prédios públicos municipais. Esperamos que seja uma redução de até 40%, se considerarmos que a conta anual dos prédios públicos no ano passado foi de aproximadamente R$ 20 milhões, ou seja, vamos economizar no mínimo R$ 6 milhões por ano”, explicou.

Para dar seguimento ao projeto, a Prefeitura realizará no próximo dia 26, um treinamento com uma equipe de 23 estagiários, estudantes de arquitetura e engenharia. Esse grupo será responsável por realizar o levantamento sobre tipos de lâmpadas, aparelhos de ar condicionado e outros equipamentos em mais de 700 prédios públicos. Esses dados irão subsidiar os estudos necessários para a eficientização. Além disso, essas informações serão usadas para outras ações da Prefeitura.

“Essas informações serão importante para a PMT em outros projetos, em outras áreas de atuação, uma vez que teremos um levantamento completo da estrutura dos prédios públicos. São dados qualificados que irão mostrar a realidade dessas estruturas”, afirmou.

Além disso, a SEMCOP e SEMDEC, por meio do projeto de eficientização energética, estão realizando uma parceria para a construção de usinas fotovoltaica, que são usinas que trabalham a geração de energia elétrica para fins comerciais usando a energia solar pela conversão fotovoltaica.

“É uma tendência mundial essa troca de equipamento para o uso da energia de forma mais consciente e econômica. Um exemplo disso é a exploração da energia solar, que acredito que seja o futuro, principalmente em Teresina, que temos todo esse potencial. Nesse sentido, partindo desse projeto, a SEMCOP e a SEMDEC estão fazendo uma parceria com o intuito de viabilizar a construção de usinas fotovoltaica, que futuramente poderão estar resolvendo o problema das contas da Prefeitura e melhorar a questão energética também das indústrias que se estabelecem na capital”, pontuou o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Semdec oferece minicurso de customização de roupas no Teresina em Ação deste sábado

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai oferecer um minicurso de customização de roupas em seu stand durante a 13º edição do Teresina em Ação, deste sábado (28). A atividade é fruto de uma parceria da Semdec com alunos da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

De acordo com a coordenadora da Gerência de Micro e Pequenas Empresas (GMPE) da Semdec, Joana Lima, a ideia do minicurso partiu de uma observação nas últimas edições da aplicação do projeto.

“A Semdec observou que havia muito interesse da população em cursinhos rápidos, como corte e costura. Então decidimos levar, nesta edição, um curso de corte e costura, focando mais na questão de customização de roupas. Essa atividade ensinará sobre customização de peças, utilizando técnicas de bordados, termocolagem, em sintonia com a tendência de moda. Desta forma a Semdec contribui com a população na ampliação de uma oportunidade de trabalho”, explicou.

Ainda de acordo com coordenadora do GMPE, o minicurso de caráter gratuito será ofertado por meio de uma parceria com estudantes de um coletivo do curso de Moda da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

“Esse minicurso é uma parceria com o grupo MoDe Júnior, que é um coletivo de estudos formado por estudantes do curso de Moda da UFPI. Esses estudantes ministrarão essa atividade, orientando inicialmente de forma teórica e depois de forma prática, aplicando o que foi falado. Para isso, teremos quatro máquinas de costurar a disposição durante o evento”, destacou.

A 13º edição do Teresina em Ação será realizada durante toda a manhã deste sábado (28), na Praça do Mercado do Dirceu II, Zona Sudeste da capital, oferecendo serviços nas áreas de educação, saúde, lazer e cidadania para a comunidade daquela localidade.

Semdec e Semcop realizam seminário para discutir parcerias público-privadas em Teresina

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) e em parceria com a Secretaria Municipal de Concessões e Parcerias (SEMCOP), vai oferecer um seminário gratuito para discutir os arranjos de parcerias entre a iniciativa privada e o setor público em Teresina. O evento acontece no próximo dia 14 de agosto.

O seminário “Pensando as Parcerias Público Privadas no Município de Teresina” quer desenvolver um debate partindo do que diz a Lei Federal 11.079/2004 e Municipal 3.595/2006, dedicadas a regulamentação das Parcerias Público-Privadas (PPPs), e tem como objetivo explicar toda a lógica que envolve o tema, além de qualificar agentes importantes da sociedade, como vereadores, servidores públicos, universitários e sociedade organizada. A atividade contará com certificado de participação de 5h, sendo entregue logo após o término do evento.

As palestras apresentadas durante o evento vão discutir assuntos específicos relacionados ao tema, como os aspectos jurídicos do funcionamento da Parceria Público-Privada, análise do contexto das PPPs no município de Teresina, assim como análise dos impactos sociais das PPPs no âmbito nacional e local.

O evento vai acontecer no auditório do Sebrae, Centro de Teresina, de 8:00h às 13:00h, e terá palestras com representantes da SEMDEC, SEMCOP, Procuradoria Geral do Município (PGM) e a Controladoria Geral do Estado (CGE). O seminário está oferecendo 200 vagas e as inscrições podem ser feitas clicando aqui.

Projeto Empreende Bairro irá oferecer consultoria gratuita no Promorar

Na manhã da última sexta-feira (20), a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), realizou uma pesquisa em empreendimentos do bairro Promorar no setor de moda e beleza. O objetivo da pesquisa, que faz parte do Projeto Empreende Bairro, é captar informações sobre esses empreendimentos e em seguida oferecer consultoria personalizada e gratuita.

Durante a pesquisa, foi identificada a necessidade de melhoria do marketing dessas empresas.  Foi o que apontou, Raimundo Nonato da Silva, que trabalha por conta própria há seis anos em uma loja de calçados e bolsas. “Minha maior dificuldade é a divulgação. Queria que eu tivesse isso dentro e fora do bairro. Antes eu anunciava nos carros de som, mas agora, como as vendas caíram muito, eu não estou podendo fazer”, explicou.

Outro fator apontado pelos microempreendedores é a estrutura física que abrigam esses negócios. De acordo com Dalila Rabelo, que possui uma loja de roupas há dez anos na principal avenida do bairro, o visual simples de sua loja muitas vezes afasta clientes.

“Minha loja não é bonita. Eu gostaria de mudar o visual dela. Eu percebo que muitos clientes não entram em minha loja por causa do piso, por exemplo, que é um piso feio. Acredito que se eu conseguisse melhorar minha estrutura, minhas vendas também seriam melhores”, destacou.

No primeiro dia no bairro, os pesquisadores levantaram dados como escolaridade, fornecedores, público consumidor, meio de divulgação dos negócios, despesas médias, entre outras informações. Esses dados, segundo o projeto, serão analisados a fim de conhecer quais os maiores empecilhos para o crescimento desses microempresários. Com base nestas informações, posteriormente, o Projeto Empreende Bairro oferecerá uma consultoria gratuita para nortear esses negócios, além de fazer um trabalho de estímulo a formalização das atividades irregulares. Além de realizar a capacitação de micro e pequenos empreendedores.

A pesquisa, de acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, é fundamental para que a secretaria tenha ideia dos problemas enfrentados por esses empreendedores.  “Nossa pesquisa é importante, pois só através desse contato direto com cada microempresário, que a Semdec vai saber quais as dificuldades particulares desses negócios. Um precisa aprender a lidar com as redes sociais para aprender a divulgar sua marca na internet, outro precisa de ajuda para aprender administrar melhor suas despesas. Só partindo dessas informações que poderemos avançar com o nosso projeto piloto, que é levar uma consultoria especializada”, explicou.

Semdec vai realizar pesquisa em empreendimentos do bairro Promorar

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai iniciar, nesta sexta-feira (20), uma pesquisa em pequenos empreendimentos do setor de moda e beleza localizados do bairro Promorar, zona sul de Teresina. A pesquisa faz parte do projeto piloto intitulado ‘Empreende Bairro’, que visa estimular o empreendedorismo social qualificado nas comunidades da capital.

O projeto quer mapear todas as atividades econômicas de um bairro, selecionar quais os setores mais fortes, depois realizar uma pesquisa qualitativa; oferecer consultoria gratuita para melhoria dos negócios e estimular a formalização das atividades empreendedoras, além de capacitar os micro e pequenos empreendedores.

Para o primeiro dia de pesquisa do projeto piloto, os pesquisadores da Semdec estarão em campo devidamente identificados, a partir das 8h, e devem percorrer durante toda a manhã e nos próximos dias 100 empreendimentos do bairro, explicando o projeto e realizando a captação de dados específicos. Cada pesquisador estará com um questionário preparado para buscar informações sobre escolaridade, qualificação extra, público consumidor, entre outros, desses microempreendedores. Com isso a pesquisa vai traçar o perfil dos empreendedores e dos negócios do setor de moda e beleza que atuam no Promorar.

De acordo com a secretária executiva da Semdec, Jannayna Tavares, a primeira edição do projeto foi dividida em três etapas e deve ser concluída no início da segunda quinzena de agosto. “A primeira fase, foi o mapeamento, que terminou semana passada. Esse mapeamento no Promorar, coletou informações sobre quais empreendimentos a região abriga. Nossa equipe percorreu as seis principais avenidas consideradas comerciais da localidade e constatou 437 empreendimentos. Com essas informações em mãos, iniciaremos a fase da pesquisa nos negócios do setor de moda e beleza, que são um dos setores mais fortes do Promorar”, explicou.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, explica também que a ideia do projeto, que conta com o apoio, por meio de emenda parlamentar, dos vereadores Teresinha Medeiros (PSL), Enzo Samuel (PC do B) e Gustavo Gaioso (PTC), é expandir suas atividades para outros bairros e realizar pesquisa e consultoria personalizada em outros bairros da capital.

“A Semdec sabe que Teresina tem um grande potencial entre os micro e pequeno empreendedores, por isso a ideia do Projeto Empreende Bairro foi muito bem recebida, o foco é auxiliar aquele micro empresário que tem dificuldades de gerir o próprio negócio. Nesse piloto nos concentramos somente no Promorar, mas a ideia é que possamos fazer isso em outros bairros”, diz.

Reduzir desemprego e informalidade

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o Empreende Bairro tem como finalidade ser mais um elemento para tentar reduzir o nível de desemprego e informalidade em Teresina através do investimento em pequenos negócios.

“Nossa ideia é que por meio desse projeto nós consigamos estimular os negócios do bairro através de um consultoria personalizada, de uma capacitação desses empreendedores. Acredito que auxiliando esses pequenos negócios criaremos um ambiente propício para tirar o  pequeno empreendedor da informalidade, desencadeando assim a geração de emprego e renda. Vamos realizar uma pesquisa, oferecer consultoria gratuita e fechar a atividade no bairro com um evento na praça”, finalizou.

 

Ponte Estaiada recebe transmissão da final da Copa da Rússia com show de Lilly Araújo

A Copa do Mundo da Rússia chega ao seu fim neste domingo (15). França e Croácia irão se enfrentar para disputar o título de novo campeão mundial. A Arena Teresina volta a fazer a transmissão do jogo no Complexo Turístico Ponte Estaiada, que para a última edição dessa festa, leva uma programação com atrações especiais, como a cantora Lilly Araújo.

Com o patrocínio da Brahma e apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), a Arena Teresina realizou grandes festas na Zona Leste de Teresina, quase todas as vezes que a seleção brasileira entrou em campo neste Mundial. O local equipado com um super telão e estrutura de som, tornou-se ponto de encontro para os torcedores da seleção brasileira. A última edição da festa chegou reunir cerca de 10 mil pessoas, quando o Brasil foi eliminado pela Bélgica, por 2×1.

O novo evento inicia às 12h com a transmissão do jogo França e Croácia, direto da no Estádio Luzhniki, em Moscou. A festa segue até às 21h, com Dj Matheus Moura, e shows de Junior Masca e Banda GPS, o destaque desta edição Lilly Araújo, e Dj Hudson.

Equipes da Polícia Militar do Piauí, Guarda Municipal e seguranças particulares farão a segurança dos torcedores no local. A Superintendência de Transporte e Trânsito (Strans) estará operacionalizando todo o trânsito da região da Avenida Raul Lopes e Ponte Estaiada um dia antes, durante a transmissão do jogo, até o encerramento da festa.