A cidade de Teresina registrou 1.255 novos postos de empregos formais de janeiro a outubro deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Nos setores de comércio e serviço, a capital piauiense apresentou notadamente sinais de recuperação no número de empregos. Segundo o levantamento, na categoria de serviço foram registrados 1.649 postos de trabalho, com destaque para o telemarketing, que obteve saldo de 819, seguido do cargo de assistente administrativo, com 292. Na categoria do comércio, o saldo foi de 483 postos de trabalho no mesmo período do ano.

“Notamos que aos poucos retornamos para o caminho do crescimento. É necessário, claro, que continuemos com o esforço de ambas as partes, no caso do poder público e iniciativa privada, para juntos alavancarmos a economia da nossa cidade”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Economico e Turismo de Teresina, Aluisio Sampaio.

Há alguns anos, a Prefeitura vem procurando desenvolver um ambiente atrativo para que as empresas possam se instalar e gerar riquezas. “O trabalho que temos desenvolvido na Prefeitura é de criar um ambiente de negócio favorável à instalação de novas empresas e políticas fiscais, articulações que vêm gerando frutos positivos para a economia da cidade. No último ano, diversas empresas, como redes de supermercados e call center, já se instalaram na capital piauiense gerando empregos e movimentando a economia local”, finalizou.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).