A Prefeitura de Teresina, por meio do secretário municipal de desenvolvimento econômico e turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, foi agraciada com a presidência da Instância de Governança Regional no Polo Turístico Teresina. A decisão foi realizada de forma coletiva, na manhã desta terça-feira (12), no Encontro de gestores sobre Instância de Governança Regional no Polo Turístico Teresina.

A intensão, com a criação dessa instância, é auxiliar a buscar de ferramentas para que cada unidade federada, região e município tenha meios para explorar da melhor maneira suas alternativas de desenvolvimento do Turismo.

O evento que contou com a participação de representantes de municípios como Altos, Beneditinos, Campo Maior, José de Freitas, Miguel Leão, Miguel Alves, Monsenhor Gil, Novo Santo Antônio, Pau D’Arco, Passagem Franca, Santa Cruz dos Milagres, Teresina e União, aconteceu no auditório da Associação Piauiense de Prefeitos (APPM).

No evento, o secretário da Semdec destacou as formas que a cidade de Teresina explora seu potencial turístico e também relatou brevemente quais desses setores devem ser alvo de mais investimento tanto do poder público, quanto da iniciativa privada.

“Teresina tem seu potencial turístico focado em negócios, saúde e educação, através de congressos. Nossa cidade ganha muito mais recursos advindos desse tipo de turismo, que tem déficit. Aqui temos estrutura, dentro da perspectiva deste público. O que significa que temos uma boa recepção. Acredito que são nesses setores que devemos investir cada vez mais, principalmente explorando o turismo de negócios”, explicou.

Venâncio destacou ainda um trabalho que a Semdec vem desenvolvendo com o objetivo de melhorar o acesso à informação aos visitantes que chegam à capital do Piauí.

“A equipe de Turismo da Semdec está desenvolvendo roteiros integrados, onde a gente vai orientar quem chega sobre os lugares para visitar se quer, por exemplo, comer uma comida típica nossa, ou um roteiro mais religioso. A ideia é dar mais suporte para quem chega”, disse o secretário.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).