Teresina registrou aumento de 47,9% no fluxo de visitações da Ponte Estaiada Mestre Isidoro França nos últimos oito meses em relação ao mesmo período do ano passado. A ponte se tornou um dos principais cartões postais da cidade. Os dados são da equipe técnica de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

Em 2017, foram contabilizados totais 2.870 atendimentos no local. Em toda a cidade, as quatro Centrais de Atendimento ao Turista (CATs) mantidas pela Semdec promoveram no total 20.834 atendimentos. Esse número foi ultrapassado somente nos oito primeiros meses de 2018, registrando 21.955 atendimentos, numa demonstração de que as ações de revitalização do Complexo Turístico Mirante Ponte Estaiada foram decisivas para este crescimento.

De acordo com o levantamento, no primeiro quadriênio de 2018, o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) da Ponte Estaiada atendeu 1.643 visitantes, enquanto no segundo quadriênio foram 2.421 atendimentos, representando um crescimento de 47,4%.

“Esses resultados são frutos de nossas ações pela utilização da Ponte Estaiada como espaço de lazer e entretenimento. Desde que assumimos a Semdec, em maio deste ano, e voltamos administrar a Ponte Estaiada, temos desenvolvido esforços para transformar aquele ponto turístico em um grande atrativo de Teresina e seu maior símbolo”, disse o secretário Venâncio Cardoso.

Para o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, em se mantendo esse comportamento do fluxo de visitações, as previsões são de que o ano de 2018 deverá encerrar com 32.933 atendimentos, registrando crescimento de 58,1% em relação a 2017.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).