Com crescimento de 37% no setor, Semdec oferece curso de Condutor de Turismo Local

Teresina registrou nos últimos cinco anos um crescimento de 37% no número de visitantes que chegam à cidade pelos mais diversos motivos. Esse desenvolvimento do setor demanda a qualificação de profissionais, política que vem sendo estruturada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). Para capacitar novos profissionais para atuarem em atividades receptivas, o programa QualificaTur, que é uma parceria desenvolvida entre a Semdec e a Fundação Wall Ferraz, está oferecendo o curso profissionalizante de Condutor de Turismo Local este mês.

Um dos principais assuntos abordados no curso será o turismo como atividade econômica e sustentável. Além disso, o curso deve apresentar os atrativos naturais, culturais e históricos de Teresina, e orientar sobre a postura que o profissional deve adotar para conduzir um trabalho receptivo de qualidade. As inscrições já estão abertas. A aula inaugural será dia 18 e as aulas iniciam dia 22.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, ressalta que Teresina recebeu recentemente o Selo Oficial +Turismo, distinção que garante prioridade na tramitação de projetos que dão entrada na linha de crédito Prodetur+Turismo e isso vai influenciar o crescimento do setor nos próximos anos.

“Com toda a questão do Selo Oficial +Turismo, o setor deve receber mais investimentos e podemos concluir que todo o mercado que envolve o turismo de Teresina também crescerá, dando oportunidade para que profissionais como o Condutor de Turismo, tornando-os cada vez mais necessários”, explica.

De acordo com o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, o curso formará profissionais que podem atuar em vários segmentos do turismo da cidade. “O fluxo turístico de Teresina tem aumentando muito nos últimos cinco anos. Nesse sentido, o mercado, para os próximos anos, estimulado por esse crescimento, também deve se desenvolver e com isso haverá uma necessidade de que se tenha profissionais qualificados para trabalhar em atividades receptivas”, explicou.

Além do curso Condutor de Turismo Local, o projeto QualificaTur oferecerá cursos de Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir aos Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Parque Alvorada e Vermelha, levando cópia do RG, CPF e comprovante de residência. As inscrições se encerram no próximo dia 10.

PIB de Teresina cresce 20% em um ano e já é o 19º entre as capitais brasileiras

O Produto Interno Bruto (PIB) de Teresina cresceu 20% de 2013 para 2014. Com isso, as cifras passaram de R$ 14,80 bilhões para 17,76 bilhões, o que levou a cidade a pular para 19ª posição entre todas as capitais do Brasil.
Levantamento divulgado em conjunto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Fundação Cepro na manhã desta quarta-feira (14) apontou que o PIB de Teresina chegou a R$ 17.762.266.000 em 2014. Isso representa 47% do PIB do Piauí no ano pesquisado.
De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fábio Nery, os números apontam uma significativa melhora do desempenho teresinense no cenário econômico. “Em 2013, Teresina ocupara a 50ª no ranking do PIB entre os 100 maiores municípios brasileiros. Em 2014, passou para 41ª, subindo nove colocações. Esta subida não era observada em anos anteriores”, destaca.
Segundo o estudo divulgado pelo IBGE e pela Fundação Cepro, o setor de Serviços foi o mais representativo em 2014 (76,31%), seguido da Indústria (23,38%). Os maiores aumentos foram nos Serviços de Utilidade Pública (400,33%), indústria de transformação (60%) e construção civil (40%).
“Este desempenho se deve ao crescimento observado em PIB em dois anos, demonstrando que a economia da cidade deu sinais de aceleração no período”, comemora Fábio Nery.