Com crescimento de 37% no setor, Semdec oferece curso de Condutor de Turismo Local

Teresina registrou nos últimos cinco anos um crescimento de 37% no número de visitantes que chegam à cidade pelos mais diversos motivos. Esse desenvolvimento do setor demanda a qualificação de profissionais, política que vem sendo estruturada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). Para capacitar novos profissionais para atuarem em atividades receptivas, o programa QualificaTur, que é uma parceria desenvolvida entre a Semdec e a Fundação Wall Ferraz, está oferecendo o curso profissionalizante de Condutor de Turismo Local este mês.

Um dos principais assuntos abordados no curso será o turismo como atividade econômica e sustentável. Além disso, o curso deve apresentar os atrativos naturais, culturais e históricos de Teresina, e orientar sobre a postura que o profissional deve adotar para conduzir um trabalho receptivo de qualidade. As inscrições já estão abertas. A aula inaugural será dia 18 e as aulas iniciam dia 22.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, ressalta que Teresina recebeu recentemente o Selo Oficial +Turismo, distinção que garante prioridade na tramitação de projetos que dão entrada na linha de crédito Prodetur+Turismo e isso vai influenciar o crescimento do setor nos próximos anos.

“Com toda a questão do Selo Oficial +Turismo, o setor deve receber mais investimentos e podemos concluir que todo o mercado que envolve o turismo de Teresina também crescerá, dando oportunidade para que profissionais como o Condutor de Turismo, tornando-os cada vez mais necessários”, explica.

De acordo com o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, o curso formará profissionais que podem atuar em vários segmentos do turismo da cidade. “O fluxo turístico de Teresina tem aumentando muito nos últimos cinco anos. Nesse sentido, o mercado, para os próximos anos, estimulado por esse crescimento, também deve se desenvolver e com isso haverá uma necessidade de que se tenha profissionais qualificados para trabalhar em atividades receptivas”, explicou.

Além do curso Condutor de Turismo Local, o projeto QualificaTur oferecerá cursos de Camareira, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de Eventos. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir aos Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Parque Alvorada e Vermelha, levando cópia do RG, CPF e comprovante de residência. As inscrições se encerram no próximo dia 10.

Prefeitura lança Programa de Incentivo ao Primeiro Emprego

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF) e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), lançou no fim da tarde de ontem (14) o Programa de Incentivo ao Primeiro Emprego, no Teatro do Boi, zona Norte da capital. O lançamento faz parte da programação de aniversário de 166 anos de Teresina.

O Programa integra o conjunto de ações “Sou Capaz”, que coordenado pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), está dentro do eixo de desconstrução da cultura de violência do Projeto Vila Bairro Segurança. Além disso, o Programa conta com a participação também da Semest, Semjuv e Semplam na execução das primeiras turmas.

O público alvo do programa são jovens entre 18 e 24 anos residentes na região de abrangência do Lagoas do Norte, que serão beneficiados inicialmente com cursos de qualificação profissional. Com 125 vagas em cursos, o objetivo é promover também a capacitação socioprofissional e dar oportunidade de inserção no mercado de trabalho para jovens que buscam a primeira experiência profissional.

É o que busca o jovem Anderson Oliveira, de 20 anos, que está matriculado no curso de Operador de Microcomputador. Ele afirma que o programa é muito benéfico para a juventude da zona Norte e que pretende se qualificar cada vez mais. “Trabalho está difícil, então as pessoas que terminam o terceiro ano e vão buscar essa qualificação tentam se colocar. Muitos que não têm essa qualificação não conseguem, e fazendo o curso na nossa região a gente consegue se antecipar e procurar um trabalho que a gente goste”, disse o jovem, que afirma que também vai investir futuramente em um curso superior.

De acordo com a presidente da FWF, Samara Pereira, o programa sela uma parceria entre Estado e iniciativa privada, que dá retorno importante à sociedade. “Esse programa busca, sobretudo, a política pública de capacitação para os trabalhadores teresinenses, em especial aos jovens de 18 a 24 anos. Esse programa tem um significado muito importante, que é a compreensão de que o Estado tem o papel fundamental na execução de políticas de capacitação profissional e geração de renda, mas que o segmento empresarial é também parte importantíssima desta sociedade. Esse programa sela a parceria entre a iniciativa pública e a iniciativa privada”, disse.

Emprego

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, destacou que a Secretaria está buscando o apoio de várias empresas para gerar mais oportunidades para os jovens que terminam os cursos de capacitação que integram o Programa.

“A Semdec entra participando deste programa buscando intermediar os jovens que foram capacitados com os cursos oferecidos pela Fundação e a Secretaria está buscando dialogar com vários segmentos na tentativa de gerar mais oportunidades. Já temos um diálogo estabelecido com empresas de call center, mas estamos buscando ampliar essa rede para o benefício de um número maior de pessoas. O primeiro emprego é o sonho da maioria dos jovens, principalmente no cenário que nosso país passa atualmente”, afirmou.

Selo

O Programa prevê que as empresas que firmarem parceria e garantirem a destinação de vagas de emprego para contratação de jovens egressos dos cursos de formação socioprofissional serão agraciadas com o selo Empresa Amiga do Primeiro Emprego. Com isso a Prefeitura cria um selo de reconhecimento para as empresas que se comprometerem com ideia central do Programa.