A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), se reuniu com o Corpo de Bombeiros do Piauí, e com outras autoridades do Estado ligadas à economia e ao comércio, para discutir benefícios e sugestões na regulamentação de empresas, de forma que agilize o processo.

No Brasil, atualmente são 27 normas distintas que regem a fiscalização no licenciamento e avaliação de risco de pequenas e grandes empresas através do Corpo de Bombeiros. Devido ao crescimento de novos empreendimentos, o sistema é propenso a cada vez mais tornar-se burocrático.

Visando a desburocratização, o Corpo de Bombeiros anunciou nesta reunião que está em fase de desenvolvimento o seu novo sistema – Empresa Fácil. “Nós estamos entrando nessa nova estrutura tecnológica, que vai facilitar na formalização e reduzir a demora”, disse o major Veloso, do Corpo de Bombeiros do Piauí, lembrando que esse modelo segue o do estado de São Paulo.

Presente na discussão e firmando o interesse da Prefeitura de Teresina pelas facilidades oferecidas com o novo sistema, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fábio Nery, disse que essas mudanças serão bem-vindas, uma vez que se torna cansativo para o empresário, seja ele micro ou macro, a burocracia para se conseguir a autorização do funcionamento do seu negócio.

“Temos muito interesse no tema, porque nós visualizamos a grande importância do empresário se formalizar no nosso país. Independente do porte do seu empreendimento, todos eles se enfrentam muita burocracia para se regularizarem”, afirmou o secretário Fábio Nery.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).