2ª Edição do “The Encontro” acontece nos dias 21 e 22 no Encontro dos Rios

Em comemoração aos 167 anos de Teresina, acontecerá nos dias 21 e 22 de setembro, a 2ª edição do The Encontro, evento que mistura uma vasta programação cultural e esportiva e traz ao palco shows de artistas nacionais e locais. Para manter a tradição, a festa acontecerá no Encontro dos Rios, bairro Poty Velho, Zona Norte da capital. A entrada é gratuita.

Com um “casting” variado, setes atrações musicais serão as responsáveis por deixar o evento ainda mais animado, são elas: Taty Girl, Conde do Forró, Toda Boa, La Reina, A Proibida, Farra D’solteiros e Hallyssom Balada. O organização proíbe a entrada com bebidas alcoólicas.

Além disso, o público poderá contar também com feiras de negócios e artesanatos, serviços de atendimento de saúde, ciclismo, clube de corridas, aulas de dança, apresentações voltadas ao público infantil e os tradicionais encontro náutico e festival gastronômico do peixe, onde os restaurantes de Teresina apresentarão o melhor da sua culinária pesqueira.

De acordo com o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, apoiar o evento é mais uma maneira de movimentar o turismo intermunicipal.

“O Encontro dos Rios é um dos nossos pontos turísticos mais tradicionais e aliar isso a uma movimentação cultural, esportiva e gastronômica desse porte é mais uma maneira de estimular os teresinenses e cidadãos de cidades vizinhas a conhecer e reconhecer nossas potencialidades.”, finalizou.

O 2º The Encontro 167 anos é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) em parceria com o Portal Az e Antena 10.

Teresina receberá um dos mais importantes congressos nacionais do setor de saúde

A cidade de Teresina será palco de um dos maiores congressos do setor da saúde. É o VIII Congresso Brasileiro FENAESS que acontecerá nos dias 19 e 20 de setembro no Blue Tree Hotel. Com o tema “Tecnologia, Informação, Economia e Sustentabilidade no setor da Saúde”, o evento vai reunir profissionais e estudantes da área, além de advogados e gestores que atuam no ramo hospitalar. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) apoia o evento.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, Teresina receber um evento desse porte mostra a potencialidade da capital no setor. “Já falamos que Teresina é forte com o turismo principalmente de negócios e eventos. Recebermos o FENAESS é uma prova disso. O congresso que é um dos maiores do Brasil vai discutir temas importantes para a sociedade brasileira, mas também movimentar os profissionais da saúde de todo o país e o melhor de tudo, tendo Teresina como palco”, disse.

Na programação, líderes e representantes do setor da saúde estão confirmados, como é o caso do presidente do CBEXS, Francisco Balestrin; o diretor de desenvolvimento da ANS, Rodrigo Aguiar; o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, Arnaldo Hossepian; o ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha; entre outros.

De acordo com o presidente do Sindicato, Jefferson Campelo, o Congresso está firmado no calendário nacional de eventos de saúde como um dos maiores do setor. “Teresina se destaca como um dos mais importantes polos de saúde do Nordeste. Por isso, nada mais justo do que recebermos este congresso, que representa uma excelente oportunidade de integração dos profissionais de saúde por meio de discussões de temas relevantes para o nosso setor”, afirma.

A Lei Geral de Proteção de Dados, a Transformação Digital no Ambiente Hospitalar, Remuneração Sustentável e Judicialização da Saúde são alguns dos assuntos que serão abordados nos dois dias de eventos.

A Semdec terá um stand montado no local e, em parceria com o Instituto Federal do Piauí (IFPI), levará um laboratório de realidade virtual com temas relacionados à saúde e apresentação de próteses, entre outros. Além disso, material publicitário sobre os atrativos turísticos da cidade serão apresentados no local.

93,5% dos turistas que visitam Teresina afirmam querer retornar

Teresina tem um grande potencial turístico. Prova disso é que muitos dos visitantes que chegam à cidade, motivados por negócios, acabam retornando por algum outro motivo. Essa é uma constatação apontada pela Superintendência da Infraero Piauí, em reunião recente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

“O que a gente observa, pelo público que tem utilizado nosso aeroporto, é que esse turista vem para a cidade para fazer negócios e muitas vezes eles voltam uma segunda, uma terceira vez em função dos atrativos, e isso é muito representativo. É algo bem diferente, porque você vê que Teresina, com relação ao resto do Nordeste que tem uma publicidade centralizada em praia e sol, é uma cidade um pouco diferente disso”, disse o superintendente da Infraero no Piauí, Fernando Nicácio.

A constatação de Nicácio é confirmada por dados apresentados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). A coordenação Especial de Turismo do órgão revelou que dos 32.356 turistas atendidos pelas quatro Centrais de Atendimento ao Turista (Aeroporto, Rodoviária, Ponte Estaiada e Encontro dos Rios), nos setes primeiros meses de 2019, 93,5% afirmaram que retornariam a Teresina para realizar outras atividades.

De acordo com o Superintende da Infraero no Piauí, essa realidade é fruto de trabalho consistente, centralizado em dar bons resultados à Teresina. “O Piauí tem mostrado esse forte crescimento e esse ano tem sido exponencial. Nossa expectativa é de manter esse crescimento acima da média nacional e certamente isso é fruto de trabalho consistente, de um grupo unido capitaneado pela Semdec”, falou.

O coordenador Especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, explica que a cidade de Teresina acaba por atrair esse turista, que de alguma forma opta por voltar à capital. “Teresina é uma cidade essencialmente de negócios, essa é a principal motivação de viagem. Quando o turista chega aqui e resolve os seus compromissos, ele se encanta com coisas alternativas. Por exemplo: uma pessoa que venha fazer negócios acaba tomando conhecimento que existe o Corso. Ele vê a empolgação e já se imagina voltando para participar desse evento. Além disso, Teresina tem uma cultura muito boa para congressos, e o turista também retorna para esse tipo de evento”, explicou.

Teresina apresentada ao Brasil

O Comtur aprovou também a participação de Teresina em dois congressos que irão ocorrer até o fim do ano. São eles o 47ª ABAV Expo Internacional de Turismo, que ocorrerá em São Paulo no mês de setembro, e o FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo que em 2019 terá sua 31ª edição, em novembro.

Pela primeira vez, empresários e representantes de classe estão sendo enviados à ABAV com mais de 40 profissionais piauienses. Os eventos contarão com a parceria de três órgãos: Semdec, Sebrae e Setur.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, disse que o próximo passo para divulgar Teresina será apresentá-la de maneira mais atrativa nestes dois congressos. “Quando o Comtur delibera que Teresina tem que ser representada nesses grandes eventos de turismos, na verdade o Conselho confia na potencialidade da capital e quer que ela apareça. É cada vez mais importante que haja representação com stand, distribuição de material promocional e o que mais for possível para mostrar a cara da cidade e como ela pode ser atrativa para negócios, lazer e outros”, finalizou.

PMT regulariza Polo Empresarial Norte e espera novas empresas em Teresina

O loteamento que compreende o território do Polo Empresarial Norte foi oficialmente regularizado esta semana pela Prefeitura de Teresina. Com a medida, as empresas que tiverem interesse em se instalar na cidade poderão receber os incentivos previstos em lei, como a doação dos próprios terrenos do local, por exemplo. Trata-se de uma exigência da legislação federal.

“A partir de hoje, o Polo Empresarial Norte se torna um local aberto e atraente ao setor empresarial. Já temos recebido visitas de empresários querendo conhecer a área, demonstrando formalmente o interesse em se instalar no local, com pedido de reservas de lote”, ressalta o prefeito Firmino Filho.

De acordo com o secretário Venâncio Cardoso, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), o objetivo da Prefeitura é tornar o Polo Empresarial Norte um local com foco no desenvolvimento sustentável. “O local pode abrigar também pequenas negócios e empresas de serviços como farmácias, oficinas e borracharias, por exemplo, além de uma usina fotovoltaica”, adianta.

Ele comenta que a não regularização da área era um grande empecilho para a vinda de novas empresas, pois não havia segurança jurídica sobre a questão da propriedade e sobre a área industrial. “Cumprimos todas as etapas. O processo burocrático é lento, mas conseguimos agilizar e passamos por todos os instrumentos jurídicos que na área cartorária demandam tempo e custo para a Prefeitura”.

O Polo Empresarial Norte, localizado na comunidade Boa Hora, tem 220 hectares. Atualmente, a área abriga duas empresas: a multinacional Crow, empresa que fabrica latas, instalada desde 2013, e a Eco Empreendimentos Ambientais, centralizada na produção de mudas e reflorestamento ambiental, que começou a atuar em Teresina em 2009. As duas já funcionam de forma regularizada. Vale destacar que todos os pedidos de instalação de novas empresas são avaliados pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Contede).

Semdec levará projeto de realidade virtual ao Teresina em Ação deste sábado (24)

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em parceria com o Instituto Federal do Piauí (IFPI), levará o projeto “Realidade Virtual” para a 24ª edição do Teresina em ação, que acontece neste sábado (24), na praça do bairro Morada Nova. Fotos em 360° de alguns pontos turísticos de Teresina, robótica educacional e games interativos serão algumas das atividades apresentadas no evento.

Com a expansão do mercado tecnológico e a recente parceria firmada entre a Semdec e a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro – SOFTEX, o objetivo do projeto é divulgar algumas atividades que serão desenvolvidas no laboratório maker e incentivar a educação empreendedora e o desenvolvimento tecnológico de startups e competitividade a partir do contato da população com atividades inovadoras e tecnológicas.

Segundo o professor Francisco Marcelino, coordenador do projeto de Realidade virtual, é de extrema importância esse primeiro contato da população com a tecnologia e a inovação, uma vez que essa é uma brecha para que mais pessoas se aproximem das universidades e institutos do país.

“É excepcional a aplicabilidade desse projeto no Teresina em Ação, porque querendo ou não isso aproxima as pessoas da pesquisa, incentiva o jovem pegar gosto pela tecnologia e desmistifica muita coisa, uma vez que nosso intuito é deixar o entendimento sobre os projetos desenvolvidos mais acessíveis ao público, a partir da interatividade e da simplificação”, comenta.

Além disso, o professor comenta sobre a expectativa dos professores e alunos com o evento. “Nossa expectativa está ‘nas nuvens’, porque é extremamente gratificante levar o ensino e a pesquisa para o público mais leigo. Em um evento dessa magnitude, todo mundo sai ganhando, haja vista que esse é o retorno que podemos dar á sociedade”, analisa.

De acordo com o gestor da pasta, Venâncio Cardoso, a estratégia utilizada pela secretaria foi aliar a tecnologia ao turismo teresinense e com isso despertar o interesse pela visita aos pontos turísticos da cidade.

“Nossa intenção não é só levar tecnologia, é aproximar o teresinense dos seus pontos turísticos, então essa vai ser uma experiência de visitação e conhecimento da cidade sem a necessidade de você sair do lugar. Um stand muito bacana foi montado na praça e lá os alunos estarão promovendo interatividade com robôs, jogos genuinamente piauienses e outras atividades. Vai ser uma ação muito interessante e por isso convido a todos para este sábado na praça do bairro Morada Nova”, finalizou.

Cerca de 15 alunos participará da iniciativa e irão ajudar na organização, condução e explicação do projeto. Os pontos turísticos que terão foto em 360° graus para observação são: Ponte Estaiada, Parque da Cidadania, Parque do Mocambinho, Encontro dos Rios e Parque Lagoas do Norte. Além disso, um dos óculos de realidade virtual exibirá um vídeo específico que mostra a visão panorâmica da subida e descida da estaiada. O intuito é fazer as pessoas se sentirem em um passeio pela capital.

Festival doa meia tonelada de ração aos abrigos de animais de Teresina

 

Na manhã desta quinta-feira (22) meia tonelada de ração foi doada a quatro entidades protetoras de animais que participaram do Festival Food Truck na Estrada, evento que aconteceu do dia 13 ao dia 20 de agosto e que foi apoiado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). Os contemplados pela doação foram: Instituto Resgate, Lar do Nando, Vida de Guerreiro e Amigas Protetoras.

A parceria entre a Semdec e as Ongs protetoras de animais começou no II The Vejo na Ponte, evento que aconteceu no mês de julho e arrecadou uma tonelada de ração por meio de doações do público. Sensibilizados com a causa, os organizadores do Festival Food Truck na Estrada também apoiaram a causa e encabeçaram a doação dos 500 Kg.

Segundo Raíssa Rocha, representante da Amigas Protetoras, a ração doada chegou no momento certo e ajudará muito os animais resgatados. “A gente só tem a agradecer mais uma vez a parceria com a Semdec e com o festival de food truck, por que esta ração vai alimentar muitos cães e gatos que estão nos nossos lares temporários e que estão sob os nossos cuidados, então mais uma vez, obrigada”, declarou.

Além disso, Raíssa destacou como foi feita a divisão da ração entre as entidades. “Metade da doação foi destinada ao ‘Lar do Nando’, entidade que resgata animais de ruas e que ultimamente está com dificuldades de conseguir alimento para os animais, então nós preferimos dar essa prioridade a eles”, pontuou.

Para o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, a parceria exitosa entre a secretaria e as entidades de proteção só mostra o quanto essa causa merece apoio. “É gratificante poder incluir as Ongs de resgate nos eventos que a Prefeitura de Teresina, por meio da Semdec, apoia e realiza, por que esta é uma oportunidade a mais que os protetores têm de arrecadar fundos e doações. Os 500 kg doados pelo Festival de Food Truck só mostra o quanto as pessoas estão enxergando e ajudando a causa animal em Teresina”, analisou.

Além da doação, as quatro Ongs contempladas participaram do evento vendendo produtos como: blusas, bandanas, canecas e outros brindes relacionados ao tema. O lucro arrecadado com as vendas será rateado entre eles e destinado ao pagamento das dívidas contraídas junto às clínicas veterinárias da cidade.

Procon Teresina lança projeto com foco na educação do consumidor mirim

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Teresina (Procon) lançou na manhã desta terça-feira (20) dois importantes projetos, o “Guia Prático do Consumidor Informado” e o Projeto “Educação Para o Consumo Consciente”. O objetivo é promover uma educação que visa o consumo racional e consciente por meio de cartilhas informativas e projetos práticos.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, destacou o trabalho interdisciplinar que pode ser desenvolvido e o impacto da educação para o consumo no equilíbrio financeiro das futuras gerações.

“É um trabalho muito rico e que dá para ser bastante explorado em diversas áreas, como a matemática, o português e tantas outras, por que é uma questão que tem a ver com a qualidade de vida das pessoas e das famílias de um modo geral. O consumo consciente e racional é cada vez mais um desafio para todos nós”, disse.

Já o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, órgão ao qual o Procon Teresina é vinculado, destacou a importância do lançamento das cartilhas e do projeto piloto de educação nas escolas.

“O Procon Teresina trabalha com três vertentes. A da conciliação, da fiscalização e principalmente da educação. Tanto o guia prático, quanto o projeto de educação do consumo nas escolas, servirá para que as pessoas, sejam elas crianças ou adultos, tomem conhecimento dos seus direitos e deveres enquanto consumidores, por que eu acredito que só assim é possível implantar essa cultura do consumo mais saudável dentro da sociedade”, explicou.

O Projeto “Educação para o consumo consciente” inicialmente trabalhará com 60 alunos da Rede Municipal de Ensino que estejam na faixa etária entre 6 e 12 anos. Serão ministradas aulas teóricas, que contarão com o auxílio da cartilha “ABC do Consumidor Mirim”, e práticas, por meio de visitações a centros comerciais. Já o “Guia Prático do Consumidor Informado”, que tem os adultos como público alvo, possui 14 páginas e aborda de forma leve e didática alguns pontos do Código de Defesa do Consumidor e de que forma ele está presente no cotidiano.

Procon Teresina lançará nesta terça (20) material publicitário e projeto piloto de educação nas escolas

Para dar resolutividade nas demandas de consumo e na promoção da educação do consumidor teresinense, nesta terça-feira (20), o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Teresina (Procon) lançará material publicitário e apresentará projeto piloto nas escolas sobre direitos e educação ligados ao tema. Na ocasião também será lançado o “Guia Prático do Consumidor Informado”, que visa instruir os consumidores acerca das informações fundamentais de uma relação de consumo. A cerimônia está marcada para 8h, no auditório do órgão, que fica localizado na Av. João XXIII, próximo ao balão do São Cristóvão.

O “ABC do Consumidor Mirim”, como será chamado o material publicitário, é a primeira edição de uma cartilha criada pelo Procon Teresina, que tem o intuito de introduzir as crianças no mundo das relações de consumo. Noções básicas de direitos e deveres é um dos assuntos que serão abordados de forma lúdica e bastante didática no material.

Inicialmente, o projeto intitulado “O Procon Teresina nas Escolas Públicas e Privadas: educação para o consumo consciente”, vai trabalhar com 60 alunos da rede pública de ensino, que tenham entre 6 e 12 anos e estejam no ensino fundamental. As turmas escolhidas receberão aulas teóricas, onde serão discutidos os assuntos que a cartilha aborda. A coordenadora do Procon Teresina, Nara Cronemberguer, juntamente com uma equipe técnica do órgão, encabeçará as primeiras aulas. Após a finalização do período teórico, os alunos serão levados para as orientações práticas, que consistirão em visitas a diversos estabelecimentos, como supermercados e shoppings, a fim de que entendam, na prática, os conceitos abordados na teoria.

De acordo com o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, órgão ao qual o Procon Teresina está vinculado, os lançamentos demonstram o trabalho importante que vem sendo desempenhando na capital.

“Apesar de ter sido inaugurado há poucos meses, o Procon Teresina vem se mostrando eficaz nas resoluções das demandas de consumo. Além disso, há a preocupação em ser um agente de promoção da educação nesse sentido. Dar esse primeiro passo junto ao público infantil, através da cartilha e do projeto, é uma tentativa de formar cidadãos que conhecem e lutam pelos seus direitos enquanto consumidores”, analisa o secretário.

“Nosso objetivo com o projeto é disseminar entre essas crianças de 6 a 12 anos a importância de conhecer seus direitos enquanto consumidores, porque entendemos que assim haverá uma atuação mais consciente e saudável no mercado de consumo futuramente”, completa Nara Cronemberguer.

Teresina terá laboratório para desenvolver Programa de Inovação

Com foco no empoderamento social, através da tecnologia, a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), e a empresa Softex, assinaram na manhã desta terça-feira (13), um termo de parceria que visa a construção de um laboratório maker para desenvolver um Programa de Inovação. O objetivo é fomentar o desenvolvimento tecnológico, startups e educação empreendedora.

O laboratório maker tem o objetivo de oferecer um ambiente adequado à resolução de problemas complexos e desenvolvimento de protótipos. Ele será sediado na Praça Ocílio Lago, conhecida popularmente como Praça dos Skatistas, localizado na zona Leste da capital.

Na solenidade de assinatura do termo, prestigiada por várias autoridades, o vice-prefeito de Teresina, Luís Júnior, representando o prefeito, Firmino Filho, falou sobre como a cidade tem se destacado em educação nacionalmente e como ela irá se destacar em tecnologia. “Teresina tem se destacado nacionalmente em sua educação, principalmente no Ensino Fundamental. No futuro também nos destacaremos em tecnologia, pois é um investimento para o futuro. Felizmente um futuro próximo. Com essa abertura para o incentivo ao empoderamento social poderemos ter uma cidade cada vez mais empreendedora”, falou.

O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, destacou que Teresina se prepara com olhos em uma tendência mundial que é ter cada vez mais pessoas com conhecimentos em tecnologia.  “Um levantamento recente do Senai nos mostrou que as profissões ligadas à tecnologia estarão entre as mais promissoras. Teresina está se preparando para isso agora, dando suporte para que nossos jovens, nossos empreendedores tenham elementos para estar a frente dessa realidade. Era um desejo do prefeito Firmino Filho implantar essa Programa de Inovação e ele está certo em investir nisso, uma vez que pesquisas, dados, apontam para qual direção a gestão pública deve seguir”, disse.

De acordo com o vice-presidente executivo da Softex, Diônes Lima, a empresa será uma espécie de articuladora entre o que a cidade já produz e o que está no mercado. Tudo visando o desenvolvimento econômico da cidade por meio da tecnologia.

“O papel da Softex é juntar tudo o que existe de competência em Teresina, o que já é muito, montar um ecossistema em contato com um sistema global e auxiliar também em projetos que ajude no empoderamento social de toda a comunidade local, por meio da tecnologia. Nosso papel vai ser usar todas as metodologias que a gente já usa hoje para o desenvolvimento econômico nacional, para desenvolver o município. O primeiro projeto tem prazo de um ano e oito meses. Nós queremos que nesse tempo nós já tenhamos pessoas preparadas para darem continuidade sem a Softex aqui”, finalizou.

A Softex faz parte da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que desenvolve ações para promover a melhoria da competitividade da Indústria Brasileira, que envolvem Software e Serviços de TI (IBSS), bem como a disponibilidade de recursos humanos qualificados, tanto em tecnologias como em negócios.

O desenvolvimento do Programa de Inovação em Teresina, que ficará sob responsabilidade da Semdec, consistirá em cinco pontos: promoção da educação empreendedora e inovadora; Desenvolvimento e fomento de startups; Transferência tecnológica em IoT (internet das coisas); Promoção do Ecossistema de Inovação e captação de recursos.

Prefeito assinará termo para promoção do Programa de Inovação com sede na Praça dos Skatistas

O prefeito Firmino Filho assinará, na próxima terça-feira (13), às 10h, no Salão Nobre do Palácio da Cidade, um termo de parceria entre a Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), e a Softex. A parceria tem como objetivo promover o desenvolvimento do Programa de Inovação, que será sediado na Praça Ocílio Lago, conhecida popularmente como Praça dos Skatistas.

O Programa tem como finalidade fomentar a educação empreendedora, desenvolvimento tecnológico, startups e competitividade em Teresina. Com a parceria, a Semdec ficará responsável pelo andamento do programa, que tem como público-alvo a juventude, escolas públicas, universidades e empreendimentos tecnológicos.

A proposta é a construção de um laboratório maker, com o objetivo de oferecer um ambiente adequado à resolução de problemas complexos e desenvolvimento de protótipos. A ação consistirá em cinco pontos: promoção da educação empreendedora e inovadora; desenvolvimento e fomento de startups; transferência tecnológica em IoT (internet das coisas); promoção do Ecossistema de Inovação; captação de recursos.

“A assinatura do termo de parceria será um grande passo para que a Prefeitura de Teresina, por meio da Semdec, desenvolva o Programa de Inovação. Queremos, com isso, que os jovens daquela região e de toda a cidade sejam apresentados para o mundo da tecnologia, do empreendedorismo e que sonhem em ter suas próprias empresas. Acredito ser um passo importante para a ampliação da visão empreendedora e implantação de um ambiente de inovação em Teresina”, explicou o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Para o coordenador do Programa de Inovação, o professor PhD José Bringel Filho, o projeto tem um propósito muito esperado para a cidade, pois acredita que possa trazer uma mudança no comportamento das pessoas.

“Teresina é conhecida nacionalmente como uma cidade que capacita muito bem a mão de obra, mas temos dificuldades em reter estes talentos, porque precisam ser absorvidos pelo mercado onde, muitas vezes, as empresas criam novos serviços e produtos. O Programa de Inovação chega em um momento oportuno, uma vez que temos muita massa crítica que precisa ser retida através de empresas e oportunidades”, declarou o secretário. Falou, ainda, do propósito a ser atingido com a ação.

“A meta é trabalhar justamente o eixo de empreendedorismo, os conceitos de ‘faça você mesmo’, o movimento maker, resultando em inovação por meio de novos negócios. É um projeto muito esperado para a cidade e acredito que ele possa trazer uma mudança no comportamento das pessoas que passarem por ele”, disse.

A Softex faz parte da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que desenvolve ações para promover a melhoria da competitividade da Indústria Brasileira com ampla experiência nas verticais (gás e óleo, moda, agronegócios, aeroespacial, automotivo, saúde, educação, etc.), que envolvem Software e Serviços de TI (IBSS) bem como a disponibilidade de recursos humanos qualificados, tanto em tecnologias como em negócios.