The Vejo na Ponte terá distribuição de tatuagens contra assédio de mulheres

A 3ª edição do The Vejo na Ponte, que este ano será Especial de Carnaval, está chegando também com a missão de distribuir gratuitamente mais de três mil tatuagens temporárias em apoio a uma campanha pela não violência contra mulher, idealizada pelo Coletivo Não é Não”. A ação quer levantar o debate sobre o combate ao assédio às mulheres em festas de carnaval.

A iniciativa, que é um trabalho em parceria das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM) e deve ocorrer durante os três dias de evento, foi pauta durante reunião realizada na última sexta-feira (17). Além disso, o Coletivo também estará durante todo o evento conversando com as mulheres sobre como curtirem esse período de folia com mais segurança.

Para a gerente de eventos da Semdec, Thayrinne Brito, ter o coletivo presente no evento é mais um momento importante e que agrega substancialmente à causa feminina na cidade. “O The Vejo na Ponte desta vez vem com uma pegada mais carnavalesca, então essa é a oportunidade ideal para que o Coletivo faça todo esse trabalho informativo, que flerta muito bem com os projetos da Secretaria da Mulher. A Prefeitura de Teresina apóia a iniciativa, pois a sociedade não tolera mais qualquer tipo de violência contra a mulher”, analisou.

Segundo a secretária executiva da SMPM, Maria Helena, a parceria com o movimento ajuda a intensificar as campanhas já desenvolvidas na cidade. “A importância da parceria mora justamente na intensificação, ainda maior, da reflexão e da orientação na busca pela ajuda e pelos serviços que dispomos na cidade, em especial o do Centro de Referência Esperança Garcia. Além da presença do Coletivo Não é Não, estaremos levando também a campanha “Marcas da Alegria”, que a Secretaria desenvolve”, comenta.

De acordo com a embaixadora do projeto no Piauí, Luana Sena, a parceria entre o Coletivo, a Semdec e a SMPM veio no momento oportuno. “A parceria veio no momento certo porque a gente precisa minimamente de uma estrutura para estar nesses espaços, ou seja, essa é uma porta de entrada para que a gente possa acessar um número maior de mulheres. E o melhor é que nosso Coletivo tem tudo a ver com as bandeiras já levantadas pela SMPM. Casou demais”, comentou.

Ainda de acordo com embaixadora, a parte mais importante de todo o movimento é o momento da aplicação das tatuagens temporárias. “O momento da aplicação é a parte mais importante para nós do Coletivo, porque é no corpo a corpo que passamos a mensagem de combate à violência e a favor da liberdade da mulher. Então, enquanto nossas voluntárias estão aplicando a tatuagem, essas mulheres estão recebendo também informações e sendo conscientizadas”, completou Luana.

Com datas confirmadas para os dias 26 de janeiro e 02 e 09 de fevereiro, o Festival The Vejo na Ponte também volta para movimentar o Complexo Turístico Ponte Estaiada, desta vez para unir a alegria das férias com a do carnaval: é o The Vejo na Ponte Edição de Carnaval. As atrações da nova edição serão divulgadas em breve pela Semdec e Fundação Cultural Monsenhor Chaves (FMCMC).

Ponte Estaiada será palco de dois eventos neste domingo (19)

O próximo domingo (19) será diferente na Ponte Estaiada. O local será animado durante quase todo o dia por duas atrações distintas. É o #VemPraPonte e o #Kombinado!?, eventos diferenciados por seu maior contato com público. O objetivo é levar os visitantes que já passam por lá, ou que irão se dirigir para o local motivados pelo evento, para curtir a família e amigos ocupando o Complexo Turístico com muita arte e gastronomia.

O #VemPraPonte, que começa às 10h e vai até às 14h, tem o objetivo de oferecer atrações diferenciadas na manhã de domingo do teresinense. Com DJs, exposição de carros antigos, food truck e outros atrativos, a ideia do evento é manter o local movimentado.

Já o #Kombinado!? é um evento com a alma do rock and roll teresinense. Os Radiofônicos estarão no local com uma Kombi estilizada, levando várias atrações, como Os Radiofônicos, André Reole, Modstock, Ostiga Jr. e Florais da Terra Quente. O evento começa às 17h e vai até às 19h30.

De acordo com o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, os dois eventos, que contam com o apoio da Secretaria, são frutos de uma iniciativa da Prefeitura de Teresina, que vem trabalhando para movimentar e levar mais opções de lazer para o teresinense no mês das férias.

“Recebemos apoio do prefeito Firmino para que nesse mês de férias procurássemos desenvolver opções de lazer com essa pegada mais cultural que Teresina tem a oferecer. Nossa cidade é recheada de boas bandas, boa comida e ótimas idéias. Então juntamos isso tudo para fazer esse domingo diferenciado. O objetivo da Semdec é esse: movimentar nossos atrativos turísticos com o que a nossa gente tem a oferecer”, explicou Venâncio.

The Vejo na Ponte

Com datas confirmadas para os dias 26 de janeiro e 02 e 09 de fevereiro, o Festival The Vejo na Ponte também volta para movimentar o Complexo Turístico Ponte Estaiada, desta vez para unir a alegria das férias com a do carnaval: é o The Vejo na Ponte Edição de Carnaval. As atrações da nova edição serão divulgadas em breve pela Semdec e Fundação Cultural Monsenhor Chaves (FMCMC).

Programa THEch está com vagas abertas para residentes em Teresina

O Programa THEch está com vagas de emprego abertas para residentes em Teresina. O programa, que tem o objetivo de desenvolver tecnologia, inovação e espírito empreendedor na capital, está oferecendo duas vagas: uma para consultor de Community Manager e Educação e outra para recepcionista.

Em fase de desenvolvimento, o Programa THEch é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e uma parceria firmada com a Softex, uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip).

Para participar da seleção é necessário acessar um link oferecido pelo programa e informar alguns dados. As inscrições estão abertas até o dia 14 de janeiro. Os interessados devem acessar o link https://linktr.ee/programathech

Os requisitos para se candidatar à vaga de consultor de Community Manager e Educação são graduação completa em Administração, Ciências Políticas, Educação, Comunicação, Engenharias ou áreas afins. É desejável experiência em atividades voltadas para educação infantil, ensino fundamental e/ou ensino médio e especialização em andamento ou finalizada.

Já para a vaga de recepcionista o anúncio pede domínio do pacote Office. Também é desejável pró-atividade, iniciativa, organização, facilidade de relacionamento com público em geral e experiência prévia como recepcionista ou atendimento ao cliente.

Vale destacar que o consultor de Community Manager e Educação será contratado em regime de serviço prestado e o recepcionista será via Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Ambos vinculados inteiramente à empresa Softex.

O Programa THEch funcionará no Espaço THEch, localizado na Praça Ocílio Lago, mais conhecida como Praça dos Skatistas, na zona leste de Teresina. A inauguração do local deve acontecer ainda no primeiro bimestre deste ano.

Procon Teresina finaliza projeto piloto sobre consumo consciente em feira escolar

Encerrando as atividades do projeto piloto “Educação para o Consumo Consciente”, o Procon Teresina participou na tarde de quarta-feira (18) da feira de conhecimentos anual da Escola Municipal Murilo Braga, zona norte da capital. Com propostas de interatividade e explicações básicas sobre os direitos e deveres do consumidor, os alunos no 4º ano do ensino fundamental, turma beneficiada pelo projeto, mostraram na prática os resultados de tudo o que aprenderam durante os dois meses de aulas concedidas pelo órgão.

Atividades como simulação de compras em supermercados, explicações sobre o Código de Defesa do Consumidor e jogos de perguntas e respostas foram algumas das estratégias utilizadas pelo órgão para trazer a realidade das relações de consumo para dentro da escola.

Segundo a Coordenadora Geral do Procon Teresina, Nara Cronemberger, a feira de conhecimentos foi a oportunidade ideal para que os resultados do projeto piloto fossem apresentados ao público. “Estamos muito satisfeitos com os resultados, eles absorveram com excelência os assuntos que pontuamos nas aulas. Desde o princípio eles sempre foram bastante atenciosos e curiosos, o que é importante, então finalizar esse projeto na feira de conhecimentos da escola é prestar conta dos esforços dos alunos nesse período de aprendizado e aproximar cada vez mais a população deste mecanismo que foi criado para proteger e defender o consumidor”, comenta.

De acordo com o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, pasta a qual o órgão é vinculado, é gratificante ver os resultados positivos gerados pelo Procon Teresina em tão pouco tempo. “Fico muito feliz em ver que as crianças que participaram do projeto entenderam muito bem qual a função do Procon e quais são os direitos e deveres do consumidor. Com isso, acreditamos que não só essas crianças, mas como os pais delas também recebem esse conhecimento de forma indireta, sendo esse um dos objetivos do órgão, que é resolver demandas e promover conhecimento”, explica.

A pequena Evelyn tem apenas 10 anos e foi uma das crianças que participou das aulas do projeto. Bastante comunicativa, ela conta o que aprendeu com as aulas. “Eu aprendi a diferenciar produto e serviço, sei o que é o Código de Defesa do Consumidor e aprendi que qualquer reclamação eu vou ao Procon. Foi muito bom tudo o que os tios ensinaram, eu adorei”, falou entusiasmada.

O projeto piloto é uma parceria entre Semdec, Semec e a Faculdade Facid Wyden, que disponibilizou sete alunos acadêmicos do curso de Direito para ministrar as aulas. As aulas contaram com o auxílio da cartilha “ABC do Consumidor Mirim” e com visitas a estabelecimentos empresariais, a fim de que os alunos identificassem na prática os assuntos abordados na teoria.

Prefeitura estuda flexibilização no estacionamento próximo a bares e restaurantes

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estão analisando a possibilidade de facilitar o estacionamento próximo a bares e restaurantes de Teresina. A ideia foi amplamente discutida na manhã desta quinta-feira (19) com a Associação de Bares e Restaurantes do Piauí (Abrasel Piauí).

O objetivo da flexibilização no estacionamento é para facilitar o acesso de clientes aos empreendimentos dessa categoria empresarial em algumas avenidas da capital, em especial no horário das 20h às 6h. Para que a ideia possa acontecer, um estudo de caso no quadrante das avenidas Nossa Senhora de Fátima, Dom Severino e Lindolfo Monteiro será realizado pela equipe da Abrasel Piauí, a ideia é que se observe a viabilidade, o interesse e aceitação de empresários no “projeto”.

“Estamos em um momento de crise. A ideia da Prefeitura de Teresina é desburocratizar e facilitar a iniciativa empreendedora na cidade, focando na geração de negócios, mais empregos e renda. Neste caso, quando se tenta facilitar para um cliente parar perto de um estabelecimento, melhor, pois as pessoas acabam frequentando mais, e assim mais serviços e produtos são vendidos”, esclareceu o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Para o presidente da Abrasel Piauí, Eduardo Rufino, a iniciativa, caso seja concretizada, seria muito importante, pois, de acordo com ele, aumentaria o fluxo de clientes, gerando assim mais oportunidades de oferecer produtos e serviços. “É uma questão muito importante, até porque com a permissão oficial que esses veículos estacionem, com certeza vai aumentar e muito o fluxo de clientes nesses estabelecimentos e com isso os negócios poderão crescer, gerando também mais emprego e renda na cidade como um todo. Porque isso tranquiliza os clientes. Eles vão saber que se deixar o carro ali, não haverá risco de ter uma multa quando voltar”, explicou.

De acordo com Venâncio, após a constatação da viabilidade, a intenção é que essa flexibilização também aconteça em outras regiões da cidade. “Nós enxergamos a ideia com bons olhos, se funcionar nas principais avenidas da zona leste apontadas durante a reunião, acredito que a tendência é facilitar também nos principais pontos de gastronomia de outras zonas da cidade”, finalizou.

A reunião contou ainda com representantes da SDU Leste.

Ponte Estaiada será palco de festa gratuita de reveillon com foco na família

Com o olhar cada vez mais voltado para a solidificação do turismo de eventos em Teresina, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) promoverá no dia 31 de dezembro o “Reveillon da Família”, evento gratuito que vai acontecer a partir das 17h no Complexo Turístico da Ponte Estaiada.

Mais uma vez sede de grande evento na cidade, a Ponte Estaiada, localizada na zona leste de Teresina, será o palco desta celebração que pretende se tornar fixa no calendário do teresinense. Uma mega estrutura será montada no local para receber apresentações musicais consagradas, como as bandas Validuaté e Top Gun e o cantor Vavá Ribeiro, dentre outros.

Com um casting variado e que atende a todos os públicos, o intuito da grande festa é proporcionar uma virada de ano diferente para aqueles que escolhem passar esta data na cidade. Além dos shows musicais em uma bela estrutura de palco, o público poderá contar também com show pirotécnico, praças de alimentação e espaço kids.

De acordo com o prefeito Firmino Filho, o teresinense ganha mais um importante evento para aproveitar com conforto e segurança. “Teresina ganha uma festa de reveillon para a família. A chegada do ano renova nossas esperanças no ano que virá, então é importante que a gente possa entrar 2020 curtindo em família e em segurança, e é exatamente por isso que esta mega estrutura ficará à disposição para que as famílias venham e aproveitem esta data com muita alegria”, disse.

Para o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, Teresina ter uma festa de reveillon que atenda a todos os públicos e que sane a falta de programação nesta data é mais uma oportunidade para desenvolver o turismo e movimentar a economia da cidade.

“Cada vez mais o teresinense tem passado a virada do ano na cidade, então nosso objetivo com esse evento é preencher a lacuna aberta pela pouca opção de programação cultural nesta data e aproveitar a oportunidade para movimentar economicamente Teresina, uma vez que a população aderindo ao evento, a probabilidade é que com o passar dos anos essa festa torne-se mais conhecida e com isso atraia mais turistas, principalmente aqueles das cidades e estados vizinhos”, analisa.

Segundo o presidente da Fundação Monsenhor Chaves, Luís Carlos, o evento chega como uma opção a mais para o teresinense confraternizar na passagem do ano. “A cidade de Teresina, aos poucos, vem sedimentando boas práticas para que as pessoas tenham mais incentivo para passar datas importantes do calendário na capital”, explica.

O Reveillon da Família é um evento realizado pela Prefeitura de Teresina, por meio de uma parceria da Semdec com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). Com segurança reforçada e assistência médica, nove atrações estarão compondo o casting, que vai das 17h às 02h30.

 

Confira abaixo programação:

17h – Bolim & Bolão

18h – Orquestra Sanfônica

18h30 – Vavá Ribeiro

19h30 – Top Gun

21h – Grupo Piauí Samba

22h – Banda Validuaté

23h30 – Bill Coimbra

00h – Show Pirotécnico

01h30 – João Veloso

Semdec lança estudos sobre Indicadores Turísticos 2019 de Teresina em evento

Com uma receita de R$ 418,4 milhões em 2019, o setor de turismo de Teresina registrou este ano um crescimento de 104,8%, se comparado com o ano passado. Estes números e outros indicativos do setor foram apresentados na última terça-feira (17) pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em evento realizado no Gran Hotel Arrey Hotel, zona leste da capital.

O evento, que contou com a presença do prefeito Firmino Filho e do empresário Manuel Arrey, espanhol que adotou o Piauí como segunda casa, instalando quatro hotéis em Teresina, apontou também os impactos dos eventos na hotelaria local, em exposição realizada pelo presidente da Comissão Setorial Permanente de Hotelaria, Lazer e Turismo, do Conselho Regional de Administração, Dirk Zobiak.

“O setor de turismo está se qualificando e fazendo um diagnóstico de sua própria realidade. Estes dados são monitorados pela Semdec e mostram uma experiência bastante realista do que acontece em Teresina no setor do turismo. Tivemos uma queda em 2018, mas em 2019 já percebemos essa recuperação. Isso é decorrente, basicamente, da recessão que o Brasil viveu e que sofremos, principalmente, em 2018. Este estudo é importante para perceber também o efeito dos eventos na nossa cidade, como por exemplo o Corso e a Micarina, entre outros”, explicou o prefeito Firmino Filho.

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o turismo de Teresina precisa de dados e linha de atuação forte para que se desenvolva. Além disso, ele destaca que o setor tem se mantido superavitário.

“Teresina tem turismo sim, e Teresina tem um turismo especificamente voltado para eventos e negócios. Para desenvolver uma gestão com planejamento e estratégias é importante que tenhamos números e linha de atuação forte e centrada. É importante pontuarmos aqui hoje que o turismo de Teresina é superavitário, ou seja: o que o teresinense gasta lá fora, quando viajam, é bem menor do que o gasto do turista que vem a Teresina. Isso é extremamente positivo para a cidade”, destacou o secretário.

Números

De acordo com os dados dos Indicadores Turísticos 2019, 58,6% dos passageiros embarcados em Teresina são turistas. Com isso, o índice do fluxo turístico entre 2018 e 2019 apresentou crescimento de 67,0%.

Quatro estados brasileiros são os principais emissores de turistas para Teresina: São Paulo, que é o principal, com 28,5%, seguido por Brasília (14,9%), Ceará (14,1%), Maranhão (10,3%) e Rio de Janeiro (7,6%). Além disso, Portugal e EUA são os países que mais enviam turistas para Teresina, ambos com 33,3% do fluxo.

Do total destes números apresentados, 52,4% dos turistas que chegam à capital são motivados por negócios e 27,0% para visitar amigos e parentes.

Para o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, “esses números ajudam os investidores a consolidarem seus estudos de mercado, trazendo-os para uma realidade mais visível”.

Empreende Bairro movimenta o Mocambinho com exposições e atividades culturais

O Projeto Empreende Bairro encerrou, na noite de ontem (22), mais um ciclo de atividades e ficou marcado pelo incentivo e a valorização dos empreendimentos do bairro Mocambinho. Realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), a “Feira Empreende Bairro”, montada na Praça da Telemar, no bairro Mocambinho, veio com proposta de aliar a exposição de produtos e serviços a atividades culturais, como shows musicais e desfiles de moda. Cerca de 24 empreendedores participaram do evento.

De acordo com o Prefeito Firmino Filho, a capacitação oferecida pelo projeto fortalece o desenvolvimento das habilidades dos empreendedores do ‘Polo Mocambinho’. “Sabemos que a luta para se estabelecer o próprio negócio não é fácil e a Prefeitura, por meio da Semdec, juntamente com os parceiros envolvidos, trouxeram para esta região um processo de qualificação para estes empreendedores. A Feira marca o fim das atividades do projeto a partir da exposição dos negócios daqueles que participaram da iniciativa”, explicou.

Segundo o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, o sucesso da Feira Empreende Bairro consolidou o objetivo final do projeto. “Tem muita gente participando, apoiando e enxergando a importância do Empreende Bairro. O nosso objetivo com esta feira é justamente dar aos micro e pequenos empreendedores a oportunidade deles mostrarem seus produtos e serviços e com isso, multiplicarem seus negócios, uma vez que, eles tendo visibilidade da comunidade local, a probabilidade do dinheiro continuar circulando nesta região é muito maior, fato que posteriormente gera riqueza, renda e emprego”, afirmou.

Para Wagna Costa, que trabalha com aluguel de roupas para eventos especiais e foi uma das expositoras no evento, o projeto impactou significativamente sua empresa, que está há mais de 30 anos no mercado. “Foi extremante gratificante participar do Empreende Bairro. Fui a todos os minicursos e posso dizer que era tudo o que eu mais precisava. Chegou no momento certo. Trabalho há 30 anos com roupas de aluguel e desde o primeiro dia venho aplicando tudo o que vi no curso no dia a dia da loja. Ver as roupas que alugo fazendo parte de um desfile para a minha comunidade não tem preço. Estou me sentindo famosa”, brincou a empreendedora.

Moradora do bairro há mais de dez anos, Isadora Oliveira foi uma das visitantes que chegou cedo para conferir de perto os estands e acompanhar os desfiles. “Eu estou adorando. É uma iniciativa muito boa para o meu bairro. Moro aqui há um bom tempo e tem lojas que eu não sabia que tinham no Mocambinho. O desfile, para mim, foi o diferencial da noite. Muita roupa bonita. Amei”, analisou.

O Projeto Empreende Bairro é uma realização da Prefeitura de Teresina por meio da Semdec, em parceria com a Rede Clube, o Sebrae no Piauí e o Conselho Regional de Administração (CRA-PI). Todas as capacitações, que iniciaram no final de outubro, ocorreram durante a noite na sede do Instituto Educacional São José e se centralizaram em quatro cursos: Gestão de Marketing, Finanças, Pessoas e Tecnologia e Sustentabilidade.

Feira com desfile de moda encerra Projeto Empreende Bairro nesta sexta (22)

Os micro e pequenos empreendedores do bairro Mocambinho, zona norte de Teresina, terão uma oportunidade especial na noite desta sexta-feira (22). A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) realizará a Feira Empreende Bairro, evento que vai reunir empreendedores da região para realizar negócios, expor produtos e serviços, com direito a desfile de moda e apresentações musicais.

A Feira, que será realizada no espaço da Praça Professor Paulo de Tarso, mais conhecida como Praça da Telemar, tem como objetivo fechar o ciclo de minicursos oferecidos pelo Projeto iniciado no último dia 30 de outubro.

Com exposição e venda de roupas, acessórios, comida e bebidas, a Feira Empreende Bairro também será uma ótima oportunidade para empresários do setor da moda da localidade, exporem suas peças. Um desfile de moda reunindo o melhor de cada empreendimento será realizado no evento. Além disso, as bandas Rosa Xote e Sandália de Couro comandarão a parte musical da noite com muito forró.

“Essa feira, com o desfile, será o encerramento perfeito deste Projeto. É uma oportunidade única do empresariado do Mocambinho aparecer. Com certeza pessoas que não conheciam alguns produtos e serviços passarão a conhecer com essa exposição. A ideia é justamente essa: fazer com que eles aparecem e multipliquem seus negócios. Afinal, o objetivo principal do Projeto Empreende Bairro é ajudar empreendedores para que eles se superem e consigam fazer e manter a circulação de dinheiro dentro seu bairro, gerando riqueza, renda e emprego”, explica o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Segundo a Gerente de Micro e Pequenas Empresas da Semdec, Fabiana Nascimento, o desfile está sendo preparado para atender o maior número de empreendedores que trabalham com moda. “No início do projeto identificamos que o Mocambinho é um bairro que trabalha com moda e que tem grande capacidade para continuar trabalhando no setor. Queremos que o desfile abarque a maior quantidade de empreendedores desse ramo. No bairro há quem trabalhe com produção de roupas, vendas, aluguel, além de fabricantes de sandálias, bolsas, entre outros acessórios. Queremos que eles se exponham para o seu público inicial, que são os moradores do bairro”, comenta.

O Projeto Empreende Bairro é uma realização da Prefeitura de Teresina por meio da Semdec, em parceria com a Rede Clube, o Sebrae no Piauí e o Conselho Regional de Administração (CRA-PI). Todas as capacitações ocorreram durante a noite na sede do Instituto Educacional São José e se centralizaram em quatro cursos: Gestão de Marketing, Pessoas, Finanças e Tecnologia e Sustentabilidade.

Projeto piloto “Educação para o Consumo Consciente” tem primeira aula prática

Já está sendo dada continuidade nas atividades do projeto piloto “Educação para o Consumo Consciente”, que pretende expandir a noção de racionalidade do consumo. Na tarde desta quarta-feira (20), o Procon Teresina levou cerca de 15 alunos do 4° ano do ensino fundamental da Escola Municipal Murilo Braga, zona norte, para uma visita a estabelecimentos comerciais da cidade. Auxiliados pela cartilha “ABC do Consumidor Mirim”, o foco era fazer com que os alunos vivenciassem direitos e deveres referentes ao consumo.

De acordo com a Coordenadora Geral do órgão, Nara Cronembeger, a aula prática funciona como um suporte aos assuntos pontuados em sala. “Essas aulas fazem parte da segunda etapa do projeto piloto. São elas que vão fundamentar e exemplificar todos os assuntos que abordamos em sala. Fazer com que eles identifiquem, por exemplo, o preço do produto, a data de validade e propagandas enganosas, vem sendo o principal objetivo dessa visita. Além disso, buscamos orientá-los acerca do papel que o Procon exerce na garantia dos direitos deles, consumidores”, afirma.

A professora de matemática da escola, Elisana Costa, que acompanhou de perto a atividade, disse que o projeto vem ajudando os pequenos a perceberem as relações de consumo e a entenderem as informações que os produtos oferecem.

“Eles estão muito empolgados e toda essa empolgação, querendo ou não, está fazendo com que despertem a curiosidade com a questão do comprar e do vender. Eles mesmos estão indo atrás de saber qual o preço dos produtos, qual a data de validade, se aquela informação é uma propaganda enganosa, então é muito interessante ver que estão entendendo, na prática, quais são os direitos deles enquanto consumidores”, analisa.

A pequena Maria Sofia, de apenas 10 anos de idade, afirmou que ficará mais atenta na hora de ir às compras com os pais. “Eu gostei muito dessa aula. Agora quando eu for fazer compras com a minha mãe vou dizer pra ela ficar esperta, por que eu aprendi que a gente deve reclamar quando o produto está com prazo de validade vencido e se o preço, na hora de pagar, for diferente do que a gente viu”, comenta.

A aula foi finalizada com a visita dos alunos às instalações do Procon Teresina, que fica localizada na zona leste. Lá eles conheceram os espaços do órgão, revisaram os assuntos propostos na aula prática e prestaram bastante atenção nas orientações necessárias para se realizar uma reclamação. O projeto piloto de “Educação Para o Consumo Consciente” é uma parceria entre Semdec, Semec e a Faculdade Facid Wyden e foi lançado no final de agosto.