Prefeitura de Teresina beneficia mais cinco empresas com incentivos fiscais

IMG_0684

As instituições que compõe o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CONTEDE) participaram da 49ª reunião da entidade. Os conselheiros analisaram os processos, verificaram se as empresas estão em situação regular e deliberaram sobre a concessão dos benefícios solicitados. Na ocasião, foram aprovadas as solicitações de incentivos fiscais (isenção de imposto) para cinco empresas.

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) preside os encontros, que acontecem a cada dois meses e tem como principal função a análise de benefícios e incentivos fiscais além de fiscalizar a regularidade dessas empresas antes e depois da instalação.

Os empreendimentos beneficiados investirão cerca de R$ 21.791,756 em estrutura com a expectativa de gerar mais de 290 empregos diretos logo no início das instalações. As instituições empresariais são do segmento de comércio e transporte

São elas A. F. Rocha Comércio – ME com investimento de R$ 1.146.377,00 e geração de 59 empregos diretos; Getex – Transportes e Serviços Ltda. EPP irá investir R$ 1.586.058,00 criando inicialmente 20 empregos diretos; Transcarga Representações Ltda. irá investir R$ 8.197.794,00 e a unidade ofertará, no começo, 41 empregos diretos; Expansão Comércio e Representações Ltda. investirá R$ 4.151.169,00 com criação de 96 empregos diretos; Distribuidora Vitoria Comercia e Representações Ltda. com investimento de R$ 6.710.358,00 e oferta inicial de 27 empregos diretos.

Participaram da reunião, o presidente do CONTEDE, Amália Madeira da SEMPLAN, José Frederico Maciel da SEMF, Marileide da Silva, membro suplente, representante da SEDET, Viviane Rocha representando a PGM, Eline Reverdosa representando a CDL, Francisco Marques Melo representante da FIEPI e João Alves e George Rodrigues da AIP.

Semana Global do Empreendedorismo acontece pela 1ª vez em Teresina nesta segunda

O projeto “Teresina Empreendedora: SGE – Semana Global do Empreendedorismo”, criado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo realiza, pela primeira vez em Teresina, a Semana Global do Empreendedorismo. A SGE é um movimento criado em 2007 com o intuito de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora, conectando, capacitando e inspirando as pessoas a empreender.

Em Teresina, nos dias 16 a 22 de novembro acontecerão diversas atividades, como palestras, competições, oficinas e workshops, com diferentes públicos e temáticas, sempre abordando o empreendedorismo de alguma maneira, inserindo no município uma agenda internacional de desenvolvimento econômico, visando estimular, promover e propiciar aos cidadãos, empresários, docentes, discentes, microempreendedores, sociedade civil e ao poder público a prática da criatividade empreendedora.

Diferente das edições que acontecem ao redor do mundo, aqui na capital o secretário Fábio Nery sugeriu concentrar as ações em um único local para que todas as atividades sejam aproveitadas ao máximo pelo público interessado. O evento acontecerá na Federação das Indústrias do Estado do Piauí – FIEPI, das 16h às 22h, na Av. Industrial Gil Martins, 1810, Ed. Albano Franco. Bairro Redenção.

Em Teresina, a Semana terá aproximadamente 100 atividades com a participação de mais de 40 organizações. Na abertura do evento, dia 16 às 19h, os participantes terão a oportunidade de assistir a palestra “Sensibilização sobre Minha Primeira Empresa” com o convidado goiano Ricardo Barcelos. Ele é coordenador do projeto “Minha Primeira Empresa”, que se baseia em capacitar e acompanhar futuros empreendedores para obtenção de créditos para dar início à primeira empresa.

A Semana Global do Empreendedorismo é um movimento mundial que acontece simultaneamente em 157 países motivando milhares de organizações e milhões de pessoas. A programação do evento em Teresina está disponível na página da Semana no Facebook, no endereço www.facebook.com/sgeteresina

Cursos do Pronatec Turismo iniciam com aula inaugural e propostas de emprego

A demanda de empregos no setor de serviços tem aumentado na capital piauiense, principalmente no segmento de bares e restaurantes. Porém, a carência de mão de obra qualificada ainda é um dos grandes desafios enfrentados pelos empregadores, segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Piauí (ABRASEL).

Para suprir esta necessidade e contribuir na geração de emprego e renda em Teresina, a Prefeitura através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), oferece mais 6 cursos pelo Pronatec Turismo, iniciados nesta terça-feira (10) no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI).

Os cursos são de Cerimonialista, Agente de Informações Turísticas, Copeiro, Cozinheiro, Garçom e Recepcionista de Eventos, ministrados pelo  IFPI. No total são 120 pessoas inscritas, entre homens e mulheres de várias idades.

O secretário da Semdec, Fábio Nery, representando também o prefeito Firmino Filho no evento, relatou que esta é a melhor maneira que o poder público encontrou para preencher a carência do mercado de trabalho. “É ofertando estas qualificações, em parceria com o Pronatec Turismo, que encontramos um jeito de preencher essa necessidade de bons profissionais em falta no mercado de trabalho”,  disse o gestor em seu discurso.

O reitor do IFPI, Paulo Henrique Gomes de Lima, falou que o mercado busca por qualidade de serviços e os cursos que estão sendo ofertados pelo programa darão aos participantes esta qualificação necessária. “Queremos que vocês aproveitem, façam um bom curso. Porque a pessoa quer qualidade de serviço. E é isso que vocês estão tendo aqui, qualificação”, pontuou.

Com a palavra e a visão de mercado, o presidente da ABRASEL Jorge Holanda, afirmou que existe emprego para os profissionais, mas há a necessidade dessa mão de obra ser capacitada. “A gente quer empregar todos vocês, mas também queremos que todos estejam capacitados. Existe uma rotatividade muito grande nessa área de cozinheiros, garçons, copeiros… Isso é prejudicial ao estabelecimento. Então, a qualificação de todos vocês é muito importante”, disse Holanda, explicando que já está viabilizando parceria com a organização dos cursos para a contratação dos participantes.

Sobre o potencial turístico da capital e seus benefícios, o Coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, explicou aos inscritos que eles terão, após a conclusão de seus cursos, uma gama de serviços à espera de todos. A aula inaugural foi proferida pelo professor José Filho com a palestra Formação Integral do Educando e o Mercado de Trabalho.

Prefeitura de Teresina trabalha para atrair empreendedores

A capa da Revista Veja desta semana mostra como a burocratização no Brasil atrapalha o crescimento do país e afasta os investidores. A demora em liberação de licenças e os altos impostos têm forçado os empresários a procurarem outros mercados fora do país. Na contramão dessa história, em Teresina, a Prefeitura se preocupa em facilitar as investidas de novas empresas: leis foram criadas, especificamente, para conceder benefícios e incentivos fiscais a novos empreendimentos que vierem a se instalar no município.

Em matéria especial, na mesma edição, exemplos como a Itália mostram que nosso país não é o pior do mundo. Empresas italianas procuraram o Brasil para investir, e, apesar da demora, receberam resposta às suas propostas e se instalaram em três capitais, incluindo Teresina. Situação que em seu próprio país não aconteceu.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Teresina, Fábio Nery, embora a matéria fale da burocracia da legislação brasileira, o mesmo texto demonstra que, em se tratando da Prefeitura de Teresina, é seguro afirmar que a importância dos empreendedores é reconhecida e valorizada na capital.

“O texto da revista mostra que a empresa se instalou em Teresina, ou seja, deixa claro que aqui foram dadas as condições necessárias, não encontradas noutros lugares do Brasil e na Itália. Quando um empresário nos procura, nós o acolhemos da melhor forma possível, oferecendo facilidades para a instalação de sua empresa, de acordo com as leis. Aqui na SEMDEC temos uma gerência responsável em acompanhar os processos desses empreendimentos e agilizar junto aos outros órgãos a liberação de laudos, pareceres e alvarás. Nós argumentamos sobre o grau de importância desses investimentos para Teresina e assim conseguimos com maior rapidez as autorizações”, explicou Fábio Nery.

O secretário ressaltou que o resultado desse acompanhamento foi a geração de mais de 12.000 novos postos de trabalho em Teresina nos anos de 2014 e 2015.

“Mesmo com a crise que o Brasil atravessa, com a diminuição de empregos, Teresina se mantém em crescimento, gerando novos postos de trabalho, sobretudo para os jovens. Isso é fruto da modernização de nossas leis e do trabalho dos técnicos da Prefeitura de Teresina, no acompanhamento às demandas dos empresários e na identificação de novas oportunidades de negócios para a cidade”, encerrou Fábio Nery.

Curso de Culinária Local aborda sobre a história de cada prato

Para continuar mantendo viva as tradições piauienses, a Fundação Wall Ferraz (FWF), promove o curso de culinária local, onde são ensinadas receitas tradicionais do nosso Estado, como panelada, sarapatel, baião de dois, Maria Isabel, entre outras. O curso é realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Legião da Boa Vontade e está sendo executado na rua Anísio de Abreu, bairro Marquês, zona Norte da cidade.

Iniciado no dia 05 de setembro, o curso acontece sempre aos sábados pela manhã, das 8h às 12h. As aulas são divididas em teóricas e práticas para que os alunos não se limitem em aprender apenas as receitas, mas a história que há por trás de cada prato. Todos os alunos do curso participaram do I Festival Gastronômico Maria Isabel, realizado em agosto no Park Potycabana.

A instrutora Fernanda Fernandes ressaltou a empolgação dos alunos: “Em algumas receitas encontramos dificuldades, pois os ingredientes não são fáceis de encontrar na cidade. Mesmo assim, os alunos se juntam e sempre procuram alternativas de conseguir os temperos para não prejudicarem o aprendizado”, revela a instrutora.

Com previsão de término no dia 21 de novembro, o curso além de preservar a cultura local, também promove maior qualificação dos alunos que, ao se capacitarem, estarão aptos às vagas de empregos nos diversos bares e restaurantes existentes na cidade.

Teresina será o primeiro município do Piauí a criar o Conselho do Emprego

A cidade de Teresina será a primeira no Estado do Piauí a possuir um Conselho do Emprego para viabilizar a criação do Sine municipal na capital. Para discutir sobre este assunto, o Secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Fábio Nery, reuni-se com o secretário estadual do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías, na manhã desta quarta-feira (28) no prédio da Setre.

A audiência entre os dois gestores teve como pauta a homologação do regimento interno do Conselho Municipal do Emprego de Teresina (COMET). “Com a homologação do conselho estadual, o nosso poderá existir institucionalmente”, disse o secretário Fábio Nery explicando os próximos passos.

“Após o Conselho do Estado homologar, aí sim estaremos habilitado a criar nosso Sine, onde poderemos tirar carteiras de trabalho, ofertar empregos e qualificar mão de obra”, explicou o gestor municipal.

Solicito à demanda do município, o secretario Gessivaldo elogiou a iniciativa da Prefeitura de Teresina, através da Semdec, por estar sendo o primeiro município do Piauí a ter o seu conselho do emprego.

“Essa iniciativa é de grande importância, porque vai servir de exemplo para os outros grandes municípios do nosso estado. E nós estamos aqui para apoiar e dá o suporte necessário”, disse.

Toda e qualquer cidade acima de 100 mil habitantes tem o direito de criar o seu conselho de emprego para facilitar a entrada dos seus cidadão ao mercado de trabalho, através dos incentivos estaduais e federais. A reunião também contou com a participação do conselheiro do Conselho Estadual do Emprego, Kássio Lages, que auxiliou no entendimento de ambas as partes.

Teresina permanece como a 1ª capital do NE em geração de empregos

Pelo nono mês seguido, a cidade de Teresina continua em destaque no ranking das capitais brasileiras em geração de empregos. Segundo os dados do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) para o acumulado de janeiro a setembro de 2015, a cidade segue apresentando o maior saldo de novos postos de trabalho da região nordeste.

As ocupações responsáveis por esta evidência são os empregos gerados no setor de Call Center, principalmente como Operador de Telemarketing Ativo e Receptivo que somam 3.328 postos entre admitidos e desligados.

Esta repetição dos resultados positivos em Teresina comprova como os esforços da Prefeitura através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo em tornar o mercado da capital atraente para os investidores têm se mostrado uma decisão acertada. As empresas de Call Center geram empregos em grande escala desde 2014 transformando o quadro econômico da cidade expressivamente.

O secretário Fábio Nery comemora estes índices e ressalta que a população de Teresina é quem mais ganha. “Quanto mais oportunidades de trabalho geramos, mais emprego e mais renda surge para o povo da nossa cidade e isso afeta em todos os setores, pois o poder de compra aumenta o consumo e faz a moeda circular permitindo que todos sintam esses efeitos de alguma forma”, disse.

As análises apontam ainda que entre as regiões, apenas o Nordeste, em setembro, registrou expansão no emprego. Os estados que mais geraram emprego além do Piauí foram Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba e Maranhão.

Comitê organizador da Semana Global do Empreendedorismo estabelece planos de divulgação do evento

Na manhã desta quinta-feira (15) aconteceu o quinto encontro sobre a Semana Global do Empreendedorismo em Teresina. Na ocasião o comitê organizador definiu as diretrizes de divulgação e padronização das artes das instituições participantes. A reunião aconteceu na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC).

Cada instituição participante terá a missão de divulgar, através de suas redes sociais e contatos, as artes produzidas pela Semdec sobre o evento e também as suas respectivas atividades na Semana.

A Semana Global em Teresina acontecerá de 16 a 22 de novembro, das 16h às 22h, no Espaço Rosa dos Ventos, na Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O projeto Teresina Empreendedora: SGE – Semana Global de Empreendedorismo, criado pela Semdec com apoio e facilitação do Instituto Maria dos Prazeres (IMAP), se inspira no movimento criado em 2007 com o intuito de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora, conectando, capacitando e inspirando as pessoas a empreender.

Nova empresa de Call Center empregará mais de 550 funcionários no primeiro ano em Teresina

A terceira empresa de call center que vai se instalar em Teresina já iniciou a reforma do prédio onde entrará  em operação.  A TMKT está investindo R$ 6,5 milhões na unidade, que funcionará em um prédio próximo à Ponte Metálica, no bairro Matinha, zona norte da capital, e empregará 560 funcionários no seu primeiro ano.

Durante solenidade nesta terça-feira (13), o prefeito Firmino Filho e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo,  Fábio Nery, fizeram a entrega do decreto de incentivos fiscais ao diretor da TMKT, o empresário Agnaldo Niciolli.

Agnaldo comentou que percorreu várias cidades do país e Teresina foi escolhida pela sua infraestrutura crescente no setor de mobilidade e pela política de incentivos ao setor de call center. “Temos tido muito apoio na nossa implantação. Teresina sempre apareceu entre as cidades que pontuavam melhor na nossa escolha. Nos grandes centros um dos fatores que mais atrapalha é o ir e vir dos nossos funcionários, por isso o transporte público é um item fundamental para levarmos em consideração e Teresina é uma cidade bastante estruturada. Nós levamos em conta esses fatores porque vamos nos instalar e ficar por um período mínimo de 10 anos”, relatou o empresário.

O prefeito Firmino Filho deu as boas vindas ao grupo TMKT a Teresina e destacou que o setor de call center na capital tem surpreendido. “No início da nossa gestão recebemos essa ideia de instalacao do pólo de call center e muitas eram as dúvidas e incertezas quanto ao sucesso desse projeto.  A semdec estudou uma legislação adequada e que garanta segurança jurídica. Temos três plantas instaladas e a alegria de receber a TMKT. Estamos abraçando esse projeto principalmente porque ele está se instalando numa região que estava esquecida, que é a região norte da cidade, além de contemplar a cidade de Timon. Somos um povo só, unidos pelo rio. É uma alegria estar aqui e tenho a certeza que vamos avançar nesse projeto que garante o primeiro emprego para os jovens de Teresina, na sua maioria mulheres”, afirmou o prefeito.

A empresa deverá iniciar suas operações no início do próximo ano.

Nova empresa de Call Center chega à Teresina

A zona Norte da cidade também será polo de empregos com a chegada da nova empresa de call center TMKT, que com o apoio da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), terá uma sede na capital, localizada na Avenida Maranhão, nº 1240, no Bairro Matinha.

Na terça-feira, 13 de outubro, o prefeito Firmino Filho e o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo Fábio Nery farão uma visita às instalações da empresa onde será entregue o Decreto de Incentivo Fiscal que autoriza o funcionamento da instituição beneficiada pela Lei nº 4.410, que dispõe sobre a política de incentivos fiscais às empresas de Call Center e Telemarketing em Teresina.

A empresa está investindo R$ 6,5 milhões de reais em construção civil, infraestrutura tecnológica e elétrica, bem como em móveis e equipamentos além da manutenção do espaço. Em Teresina, a unidade está prevista para iniciar seus trabalhos no final de novembro de 2015.

Os postos de empregos serão distribuídos em uma estrutura de 750 posições de atendimento – PAs, chegando ao final do primeiro ano com a previsão de 560 funcionários contratados. Com a expansão do número de PAs no segundo ano chegará a um total de 1.100 agentes de atendimento, 40 supervisores e seis coordenadores, além de 40 funcionários administrativos, aproximadamente.

O secretário Fábio Nery explica que em 2013 quando o projeto para atrair as empresas de call center foi criado, o objetivo sempre foi que as quatro áreas da cidade fossem beneficiadas. Após estes dois anos em que a zona Sul e Sudeste foram contempladas, agora é focar nas zonas Norte e Leste.

“É interessante que estas empresas estejam localizadas em zonas diferentes para privilegiar a população destas áreas. O cidadão que usa dois ônibus para chegar ao trabalho, poderá usufruir de outros meio de locomoção estando mais próximo de casa, como bicicleta ou até mesmo andando. Isso facilita a vida das empresas com a diminuição de custos e a do trabalhador também”, disse.

Fundada em 1991, a TMKT atualmente possui capacidade produtiva dinâmica onde entre ligações receptivas, ativas e transações via web, anualmente gerencia, em nome de seus clientes, mais de 100 milhões de interações. A instalação deste empreendimento na zona norte da cidade impactará positivamente a economia daquela região melhorando a empregabilidade e a geração de renda.