SEMDEC oferece cursos para atendentes de turismo

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) realizou curso de reciclagem com os estagiários da Fundação Antônio Dante Civiero (FUNACI) que operam nos Centros de Atendimento ao Turista nos finais de semana. O objetivo do encontro foi a qualificação profissional e o aperfeiçoamento das técnicas de atendimento.

O município de Teresina conta hoje com seis postos de atendimento ao turista, cujos serviços são prestados diariamente, em sua maioria, por bacharéis em Turismo. Estão localizados no Complexo Turístico Ponte Estaiada, no Shopping da Cidade, no Parque Encontro dos Rios, no Aeroporto, no Parque Lagoas do Norte e na Central de Artesanato Mestre Dezinho, esse último em convênio com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico do Governo do Estado (SEDET).

“Nossos atendentes estão passando periodicamente por reuniões de motivação, com o objetivo de melhorar a autoestima e valorizar os serviços prestados, além do ganho de conhecimento”, afirmou o secretário da SEMDEC, Fábio Nery.

Durante a reunião o coordenador especial de turismo da SEMDEC, Eneas Barros, fez um levantamento dos possíveis entraves ao bom atendimento, com o fim de saná-los e encontrar alternativas para um melhor desempenho na prestação de informação. Foram enfocados ainda os aspectos estatísticos da informação, em levantamentos que são feitos nos livros preenchidos pelos visitantes.

“As estatísticas nos apresentam um perfil do visitante, para que a Prefeitura de Teresina possa contar com informações como procedência, permanência média e motivação de viagem coletados em cada um dos postos de atendimento”, informou Eneas.

Programa Teresina + Negócios impulsiona turismo na capital

Nos últimos meses Teresina tem se destacado como a capital mais geradora de empregos e a 8ª mais procurada como destino turístico. Isso tudo é um reflexo dos trabalhos realizados pela Prefeitura Municipal para impulsionar os indicadores da cidade.

Um exemplo deste trabalho é beneficiar o turista que chega à Teresina, assim foi criado o Cartão Viver + Teresina, que é distribuído nos estabelecimentos hoteleiros que fazem parte do Programa Teresina + Negócios, criado pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

Esse cartão é preenchido pela recepção do hotel, logo na chegada do turista, e permite aos visitantes descontos e benefícios específicos no comércio e prestadores de serviços na capital.

Ao se hospedar em um dos 15 hotéis cadastrados, o turista pode ter até 20% de desconto nas diárias, nos finais de semana. Com o mesmo cartão é possível obter descontos em restaurantes, lojas, clínicas e hospitais, academia e empresa de táxi. A validade do cartão equivale ao tempo de estadia do visitante no hotel.

Para o secretário Fábio Nery esse projeto é um presente de Teresina para o turista. “A Prefeitura trabalha para Teresina, e nada mais importante do que transformar nossa capital em um lugar aconchegante e inesquecível para os visitantes. Isso só pode ser feito através do tratamento que ele recebe quando chega aqui: se o visitante se sente valorizado, ele sempre vai querer voltar”, explica.

O programa Teresina + Negócios, em novembro de 2014, virou a Lei nº 4.642, que tem como objetivo beneficiar os turistas e melhorar a receptividade aos visitantes de Teresina. Os estabelecimentos que assinaram o Termo de Adesão ao Programa estão listados na Revista de Benefícios do Turista, que são distribuídas junto com o cartão.

Prefeitura reforça política municipal de turismo

A Lei que dispõe sobre a criação da Política Municipal de Turismo tem beneficiado a área em Teresina. Sancionada pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho, no dia 30 de junho, a Política atua como fator de desenvolvimento social e econômico, através do apoio à atividade turística.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fábio Nery, a Lei 4.743 é um avanço à regulamentação do setor turístico: “Com a aplicação de um instrumento legal, que proteja a organização da oferta turística e estabeleça as suas normas reguladoras, a cadeia produtiva do turismo funcionará de forma mais eficaz”, disse o secretário.

Com o objetivo de viabilizar o planejamento sustentável e estimular o setor, a lei propõe ações para geração de novos empregos, melhoria da renda das famílias e elevação da receita pública. A lei discorre sobre as principais conceituações da atividade turística, estabelecendo critérios para o seu entendimento através das diferenças básicas entre Turismo, Prestadores de Serviços Turísticos, Meios de Hospedagem, Diária, Agência de Turismo, Transportadoras Turísticas, Organizadoras de Eventos, Parques Temáticos e Acampamentos Turísticos.

O objetivo é resguardar a atividade e promover o seu correto gerenciamento, através dos princípios da livre iniciativa, da descentralização, da regionalização e do desenvolvimento econômico social justo e sustentável.

Estatísticas de turismo são debatidas em reunião na SEMDEC

Com o objetivo de aperfeiçoar os métodos de coleta de dados estatísticos pelos postos de atendimento ao turista, localizados no Aeroporto, Shopping da Cidade, Encontro dos Rios, Ponte Estaiada e Central de Artesanato Mestre Dezinho, a Prefeitura de Teresina, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), reuniu a equipe de atendentes nesta terça-feira (14), para reforçar os indicadores relativos à procedência do turista e à sua permanência média na cidade.

Durante a exposição, o Coordenador Especial de Turismo da SEMDEC, Eneas Barros, discorreu sobre os principais impactos do turismo como atividade econômica, ressaltando a importância das estatísticas para subsidiar as decisões sobre investimentos. “Com a coleta de informações nos postos de atendimento ao turista, a Prefeitura de Teresina poderá oferecer à sociedade e aos empresários elementos confiáveis acerca do perfil dos visitantes”, disse o Coordenador.

O primeiro semestre de 2015 indicou que 3.064 pessoas passaram pelos postos de atendimento ao turista da Prefeitura de Teresina, buscando informações diversas acerca da cidade, as quais permaneceram em média 6,7 dias. A SEMDEC estará iniciando, a partir deste mês de julho, a coleta de dados relativos às motivações de viagem dos visitantes e aos meios de hospedagem.

“A Prefeitura de Teresina deve estar sempre atenta às informações estatísticas, especialmente porque Teresina tem sido bastante procurada para novos investimentos na área de Turismo, haja vista a construção de hotéis e o surgimento de novos restaurantes”, disse o secretário da SEMDEC, Fábio Nery.

Teresina terá Festival Gastronômico Maria Izabel

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Prefeitura de Teresina e com o Governo do Estado, vai realizar, de 23 a 30 de agosto, o Festival Gastronômico Maria Izabel, com a participação de 30 meios de alimentação, estudantes de cursos de gastronomia de instituições de ensino da capital e cheffs de renome nacional.

Na tarde da última segunda-feira (06) o secretário municipal de desenvolvimento econômico e turismo, Fábio Nery, esteve reunido com a curadora do Festival, a chef Ana Luiza Trajano, e com as chefs Flávia Quaresma, Mônica Rangel, Neka Mena Barreto e Fábio Vieira. O secretário colocou a secretaria à disposição do evento.

Fábio também deu as boas-vindas aos convidados e falou sobre a importância da culinária de Teresina no cenário nacional. “Temos muito o que contribuir para a gastronomia do país e essa descoberta será feita por estes chefs e levada para todo o Brasil. Além dos nossos temperos e receitas, existem várias histórias por trás disso tudo, como milagres atribuídos a elas e outras particularidades, importantes de serem conhecidas”, disse.

O Festival contará com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Senac e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Seccional Piauí.

Prefeitura lança Guia “Estrutura para Turismo de Eventos”

Um dos setores turísticos que mais crescem em Teresina é o de Eventos, por isso a Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), lança mais um folheto promocional destinado a esse segmento – o Guia Estrutura paraTurismo de Eventos.

Nos últimos dois anos, o número de auditórios cresceu 13%, enquanto o número de assentos teve uma evolução de 71%, saltando de 16.945 para 28.970 lugares diários. Com esse novo material, a população da cidade e o turista que procura realizar evento em Teresina, fica informado sobre todos os locais disponíveis, com endereço e capacidade de assentos.

Essa é mais uma comprovação da vocação de Teresina como cidade de eventos, que se soma ao turismo de saúde e de negócios para representar as principais motivações que atraem os visitantes à capital.

“Esse guia confirma como somos capazes de receber qualquer tipo de evento, seja ele pequeno, médio ou grande e esse material serve de instrumento para auxiliar o visitante e os moradores de Teresina a conhecer e escolher o melhor local para realizar seu objetivo”, explicou o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fábio Nery.

O material estará disponível nos Centros de Atendimento ao Turista (CAT), localizados na Ponte Estaiada, Encontro dos Rios, Aeroporto, Shopping da Cidade, Central de Artesanato e Parque Lagoas do Norte, além dos hotéis cadastrados no Programa “Teresina + Negócios” e também em todas as agências de viagens da cidade.

Prefeitura participa do Seminário Piauiense de Desenvolvimento Sustentável da Região Turística Meio Norte

A Prefeitura de Teresina, representada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), esteve presente nesta quinta-feira (02) na abertura da segunda etapa do Seminário Piauiense de Desenvolvimento Sustentável da Região Turística Meio Norte (PDSRT). O evento aconteceu na Central de Artesanato Mestre Dezinho.

O objetivo do evento é promover de forma integrada o desenvolvimento sustentável dos municípios da região do Meio Norte, valorizando o patrimônio natural e sociocultural e viabilizando atividades econômicas inclusivas, dinâmicas e inovadoras para a elevação da qualidade de vida da população.

O secretário da Semdec, Fábio Nery, representando o prefeito de Teresina, explicou que o turismo é uma atividade nova e que para a população da cidade ela ainda é desconhecida, e se não é conhecida não pode ser compreendida ou divulgada. “Temos que refletir que cada atividade realizada aqui é uma ação turística para quem vem de fora. Garçons, cozinheiros, recepcionistas de hotéis, arrumadeiras, empresários de locadoras de automóveis e até as clínicas de saúde, todas essas profissões dependem do turista”, disse.

De acordo com Fábio Nery, somente após ocupar a posição de secretário do desenvolvimento econômico e turismo é que percebeu que o desafio principal é conhecer a cidade, descobrir suas potencialidades e assim firmar parcerias para vencer desafios. “Como gestor em um seminário para discutir o Plano de Desenvolvimento Sustentável, que é um diálogo entre o ente público e a sociedade civil, nós temos que procurar de todas as formas conhecer nosso potencial e divulgá-lo, para que possamos desenvolver o nosso turismo, seja na capital, seja em todo o estado”.

Firmino Filho discute plano de ações para o turismo na capital

O prefeito Firmino Filho esteve reunido no final da tarde desta quarta-feira (1º), no Palácio na Cidade, com gestores de órgãos da administração municipal, estadual, empresários dos setores de turismo, hotelaria, bares e restaurantes e outros segmentos para discutir melhorias para Teresina atingir a meta deste ano no Índice de Competitividade do Turismo Nacional, ferramenta desenvolvida pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Fundação Getúlio Vargas para mensurar o nível de desenvolvimento do setor.

No ano passado, Teresina foi uma das cidades brasileiras premiadas com o Índice Nacional da Competitividade do Turismo Nacional. A capital foi a única cidade, entre os 65 destinos brasileiros avaliados nacionalmente, que recebeu dois prêmios na edição do ano passado: “índices gerais” e “aspectos culturais”. Além de receber troféu pela menção honrosa de ter sido a capital brasileira que mais evoluiu em competitividade para o Turismo.

A reunião desta quarta foi uma preparação para a visita do pesquisador do Ministério do Turismo para a avaliação de 2015, que está marcada para o mês de agosto. O objetivo é que todos os setores envolvidos no processo estejam preparados para dar as informações corretas e, assim, tornar o resultado ainda melhor. “O que nós queremos é explicar como funciona o processo do Índice de Competitividade para que cada lugar esteja preparado para receber a equipe que vem levantar os dados. Também estamos aproveitando a oportunidade para mostrar as críticas que foram apresentadas na última pesquisa e procurar melhorar o que foi colocado”, explicou Fábio Nery, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

O Coordenador Especial de Turismo, Eneas Barros, apresentou a análise da ultima pesquisa realizada e as metas para este ano. “A cidade registrou evolução geral de 3,8 pontos ano passado, em comparação com 2013, ficando com 58,8 pontos. Para este ano queremos aumentar mais 2,2 pontos. E, com criatividade, vamos conseguir!”, afirmou Eneas.

Firmino Filho lembrou que Teresina é uma cidade conhecida por ser prestadora de serviços. “O jeito teresinense de receber é nossa marca. O que temos que fazer é aproveitar essa avaliação para guiar nossas ações e evoluir, melhorar nossos indicadores”, pontuou.

O prefeito lembrou que a Prefeitura está trabalhando em diversos projetos para dar mais qualidade de vida à população e, aliado a isso, desenvolver o turismo e a economia da cidade. “O Parque Lagoas do Norte não será apenas o mais belo cartão postal da nossa cidade, serão muitos os benefícios da obra, e um dos principais pontos será a economia e o turismo. Queremos trabalhar em um conjunto de atividades que prenda o turista no local. Também podemos citar projetos importantes como o Parque da Cidadania, a reforma do Mercado Central e a revitalização do Centro de Teresina. A Prefeitura tem muitas obras voltadas para o turismo, o lazer e a qualidade de vida”, finalizou.

Semdec divulga agenda com programação do mês de julho em Teresina

Julho é o mês das férias, período para descansar e se divertir, e justamente nessa época Teresina traz diversos eventos em sua programação cultural, tanto para os moradores quanto para os turistas que escolhem a capital do Piauí como destino. A cidade terá diversos shows de humor, espetáculos infantis e apresentações musicais para todos os gostos.

Toda a programação está disponível nos folhetos produzidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC). O folder faz parte do programa Viver+Teresina, projeto que visa estimular o turismo na capital. No material são encontradas informações sobre todos os eventos, com data, horário e local.

Os folhetos são distribuídos nos Centros de Atendimento ao Turista (CAT), localizados na Ponte Estaiada, Encontro dos Rios, Aeroporto, Shopping da Cidade, Central de Artesanato e Parque Lagoas do Norte, além dos hotéis cadastrados no Programa Teresina + Negócios.

Visite o site www.turismoteresina.com e veja todas as informações sobre a cidade.

 

Semdec e FWF articulam sobre plano de ação do Conselho Municipal de Trabalho e Emprego e Sine Municipal

ec8e796ef1

Equipes da Semdec e Fundação Wall Ferraz estiveram reunidas na manhã desta segunda-feira (29) para discutir as atribuições e ações do Conselho Municipal de Trabalho e Emprego e no Sine Municipal, como elaboração de regimento interno e políticas de trabalho. O projeto de lei do Conselho já foi autorizado pelo prefeito Firmino Filho e aguarda aprovação na Câmara Municipal de Teresina.

Em maio deste ano a secretária executiva da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Monique Menezes e a presidente da Fundação Wall Ferraz, Aparecida Calland estiveram em Curitiba para conhecer o trabalho desenvolvido pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine) da cidade para verificar parcerias e articular a implantação de uma unidade do Sine aqui em Teresina.

Na ocasião foram debatidos também planos para os novos cursos e turmas do programa “QualificaTur”, além de planos para a criação de cursos voltados para a área da indústria em parceria com o Polo Empresarial Sul.

O “QualificaTur” é um projeto que inclui-se ao conjunto de ações de profissionalização da Fundação Wall Ferraz e dirige-se ao mercado do turismo formal e informal. O Projeto é realizado em parceria com a Semdec, Coordenadoria de Turismo e propõe a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina.