O Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), presidido pelo Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fábio Nery, realizou a sua 15ª Assembleia Ordinária. A reunião contou com três convidados especiais, que trataram de temas ligados ao Parque Floresta Fóssil, à Rota das Emoções, ao Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do SENAC e ao projeto de aproveitamento da Avenida Antonino Freire.

 

A arquiteta Daniele Bezerra, representante da SEMPLAN, fez um resumo do projeto executivo de criação do Parque Floresta Fóssil, apresentando um custo final de R$ 14,2 milhões (valores de janeiro de 2015). A Carta Consulta, segundo ela informou, já foi encaminhada para financiamento junto à CAF – Confederação Andina de Fomento e está em análise pela Secretaria do Tesouro Nacional.

 

Segundo suas previsões, até Julho de 2017 as licitações deverão estar liberadas. Ela também falou sobre uma proposta de projeto de revitalização da Avenida Antonino Freire, para retomar as suas características antigas e recuperar as suas fachadas, que estão mascaradas por elementos inadequados.

 

A representante do SEBRAE, Alreni Lima Silva, falou sobre a possibilidade de inclusão de Teresina como um dos portões de entrada para a Rota das Emoções, dizendo que a sugestão precisa ser submetida ao Conselho da Rota, que é formado pelos três Estados que a compõem: Ceará, Piauí e Maranhão.

 

O COMTUR decidiu que será elaborado um documento de justificativa pela SEMDEC, que será assinado em conjunto com a Câmara Setorial de Turismo. A reunião foi encerrada com exposição do SENAC sobre o Programa de Boas Práticas em Gerenciamento de Resíduos Sólidos, que trará benefícios às empresas através de consultoria para a gestão de resíduos.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).