O Conselho Municipal de Turismo (Comtur) está estudando a aplicabilidade de um projeto que visa oferecer qualificação a garçons de Teresina. A ideia, apresentada pelo vice-presidente do Comtur, Eduardo Rufino, é que estes profissionais aperfeiçoem o atendimento ao cliente, explicando melhor acerca dos pratos oferecidos, dos atrativos turísticos da cidade e até de outros serviços prestados na capital.

De acordo com o projeto, apresentado na primeira assembleia de 2020 do Conselho, realizada na manhã de quinta-feira (5), no espaço do Mirante da Ponte Estaiada, não apenas o garçom, mas outros profissionais que lidam diretamente com turistas poderiam receber essa qualificação. “Nossa ideia não é atrapalhar ou invalidar o trabalho do guia de turismo, mas sim dar uma melhor qualificação a estes profissionais. Quando um turista chega a um lugar, pergunta para qualquer pessoa onde comer ou o que tem para fazer na cidade, e estes profissionais são os primeiros a ter esse contato. Se Teresina apresentar um padrão de alta qualidade em atendimento, teremos com certeza resultados positivos”, explica Rufino.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e presidente do Comtur, Venâncio Cardoso, a ideia é muito positiva se houver união do setor do turismo. “É uma ideia excelente, que precisa ser considerada. O empresariado terá que pensar de forma ampla para seu negócio. Investir na qualificação destes profissionais, desta forma, tem dado certo em vários lugares do mundo”, destacou. O presidente do Comtur encaminhou a proposta para estudo e parecer da Câmara Técnica e Relacionamento, formado por representantes da Abrasel, UESPI, ABAV e Teresina Convention & Visitors Bureau (TC&VB).

Além desta pauta, a reunião ainda aprovou o Regimento Interno próprio e criou as Câmaras Técnicas para melhor organizar e estruturar o Comtur. Além disso, o coordenador especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, ainda apresentou os resultados da pesquisa do Corso 2020.

A assembleia foi a última presidida pelo secretário Venâncio Cardoso, em sua gestão, uma vez que ele deverá se desincompatibilizar da Semdec no fim de março e retornar à Câmara Municipal de Teresina em abril.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).