Durante o mês de março deste ano, 30% dos turistas em visita a Teresina, com entrada pelo Aeroporto Senador Petrônio Portela, chegaram procedentes de São Paulo. Os demais estados que lideraram as visitações foram Pernambuco, com 10,8%, Ceará, Paraná e o interior do Piauí, com 8,1% do fluxo cada. Essas informações foram levantadas através de registros nos Centros de Atendimento ao Turista, mantidos pela Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC).

Nas visitações ao Parque Encontro dos Rios, predominaram turistas procedentes do interior do Piauí, notadamente de Parnaíba, Uruçuí e Castelo do Piauí, seguidos dos paulistas, que representaram 10,2% do fluxo. A Central de Atendimento ao Turista do Complexo Mirante Ponte Estaiada recebeu, também em março último, 32,2% de visitantes provenientes do interior do Piauí, seguidos de turistas do Rio Grande do Norte (13,6%), Distrito Federal (10,2%) e São Paulo (10,2).

Os visitantes que estiveram no Shopping da Cidade eram procedentes, em sua maioria, do Ceará, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Maranhão, os quais, juntamente com outros estados emissores, somaram 36,8% do fluxo, enquanto 63,2% residiam na capital. Os registros indicaram, ainda, turistas procedentes dos Estados Unidos, Argentina e Áustria.

Em relação à permanência em Teresina, os turistas que entraram pelo Aeroporto no mês de março permaneceram em média 4,8 dias, enquanto os que visitaram a Ponte Estaiada afirmaram que passariam 7,6 dias. Os que foram ao Encontro dos Rios informaram 6,8 dias e ao Shopping da Cidade 8,1 dias.

Para o secretário Fábio Nery, esses números demonstram a propensão de Teresina para acolher os seus visitantes, que chegam motivados pelos negócios, pelas compras, para participar de eventos ou para tratamento de saúde. “A Prefeitura de Teresina está trabalhando para consolidar esse novo perfil turístico, ajudando a criar uma identidade voltada para os negócios, para a saúde e para os eventos, uma vez que não temos propensão para o lazer, em relação às motivações de viagens”, disse o secretário.

O paulista Luiz Geraldo, Engenheiro Elétrico, 50 anos, visitou a Ponte Estaiada e disse que Teresina é uma cidade cuja infraestrutura condiz com sua beleza. “O atendimento receptivo é ímpar e o material promocional é de ótimo qualidade visual e informações interessantes para o turista”, disse ele.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).