reunião 2

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Teresina (SEMDEC), Fábio Nery, participou da reunião que empossou os presidentes da Câmara de Comércio Piauí/Flórida na última quarta-feira (09), na secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet).

O diretor de Assuntos Econômicos da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), Freitas Neto, foi escolhido por unanimidade para presidir a Câmara, e na vice-presidência Gilberto Pedrosa, da Associação das Indústrias do Piauí (AIP).

A criação da Câmara irá fortalecer o setor industrial do Estado e principalmente da capital. Uma vez que, nestes últimos três anos a cidade de Teresina tem recebido grandes empresas e investimentos nos seus dois polos industriais.

Na reunião foram definidos assuntos ligados à composição dos representantes de cada ente envolvido, ações prioritárias e as ações já realizadas. Além disso, foram tratados temas sobre a captação de novos investimentos para o estado a partir da exportação de produtos piauienses.

Em suas colocações, o secretário Fábio Nery sugeriu à Câmara o estudo da plataforma DataViva, sistema tecnológico que disponibiliza dados sobre todo o setor formal da economia brasileira, que já é utilizado pela Semdec para auxiliar empresários da capital. “Para facilitar a comunicação e o entendimento dos nossos produtos e economia aos americanos, esse sistema que nós utilizamos na Semdec se tornaria muito útil”, disse o gestor.

O Porto Seco, que já tem terreno doado pela Prefeitura de Teresina, também foi pauta de discussão na reunião, que inclusive já está em fase de viabilização para a estrutura e construção, encontrando-se adiantada a partir da criação da Câmara.

Participaram da reunião além de representantes da FIEPI, AIP e Prefeitura de Teresina, o superintendente da Caixa Econômica Federal do Piauí (CEF), Emanuel Veloso Filho; representantes de outras instituições financeiras como, Banco do Brasil e BNB, o secretário da Sedet, José Icemar Neri, entre outros.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).