Com o intuito de perceber de perto como está a situação das instalações do Polo Empresarial Sul, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), representada pelo secretário Fábio Nery e a secretária Executiva Monique Menezes, estiveram na manhã de hoje (24) nas dependências da empresa Ferronorte, que convidou os gestores a visitarem as suas instalações recentemente ampliadas.

Logo em seguida chegou ao polo o prefeito Firmino Filho, que estava com uma comissão de vereadores formada por Aluízio Sampaio, Levino de Jesus, Edvaldo Marques e o Superintendente da SDU-Sul, Edson Melo.

Em relação à empresa Ferronorte, que já tem cerca de 13 anos instalada no Polo Empresarial Sul, o empresário João Alves, diretor-presidente do grupo, comenta que a empresa tem crescido bastante depois da ampliação ao polo, e que estão implantando um novo empreendimento: a produção de arames farpados, telas metálicas e pregos, que antes tinham que ser importados da China, e agora são produzidos em Teresina, gerando uma maior competitividade e desenvolvimento econômico para nossa cidade. “Com isso, podemos produzir com um maior valor agregado aos nossos produtos”, enfatiza.

Um dos assuntos levantados foi a obra do Rodoanel e a construção do porto-seco, que é uma das soluções para melhorar o trânsito e o escoamento da produção da cidade e do estado, e cujo empreendimento é uma parceria entre o governo do estado e a Prefeitura.

Os empresários presentes comentaram sobre os problemas de falta de energia e do recapeamento asfáltico. Nery afirmou de imediato que a obra de asfaltamento das vias já está aprovada, e deve acontecer o mais rápido possível. Ele entende essa questão como primordial na estrutura do polo, e por isso ela foi agilizada. Em relação à energia, cabe à prefeitura apenas intervir junto à Eletrobrás Distribuição Piauí e em breve, mais uma audiência será realizada nesse sentido.

Na oportunidade, o Secretário Fábio Nery ressaltou o momento de reestruturação pelo qual a secretaria e a prefeitura estão passando. “Quando assumimos, tínhamos em nossa mesa cerca de 80 processos não finalizados de empresas que queriam se instalar e emperraram na burocracia, e demos conta da situação de todos eles, que estão sendo paulatinamente resolvidos”, avalia.

Os empresários avaliam a atuação tanto do prefeito quanto a do secretário da SEMDEC como positiva, e veem essa proximidade dos gestores como uma atitude sensível de quem quer que a cidade prospere cada dia mais. “É esse gesto de correr atrás de melhoria que nos deixa esperançosos quanto ao crescimento quantitativo e qualitativo da atividade industrial em Teresina, finaliza o dono da empresa Ferronorte, João Alves.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).