Pesquisa revela que organização e segurança foram os itens mais bem avaliados no Corso 2019

A organização do Corso de Teresina teve aprovação de 90,8% dos foliões que foram brincar na Avenida Raul Lopes este ano. É o que revela a pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), durante a maior festa de pré-carnaval do Piauí. O objetivo do estudo era entender a opinião do público, o grau de satisfação e traçar o perfil da movimentação turística motivada pela festa.

De acordo com a pesquisa, os entrevistados avaliaram positivamente o novo formato do Corso proposto pela Fundação Municipal Cultural Monsenhor Chaves, que este ano trouxe palcos e bandas ao longo da avenida, agradando assim a maior parte dos foliões que estavam na avenida.

Com relação a segurança, a pesquisa mostrou que houve uma aprovação de 92,2% dos entrevistados. O Centro Integrado de Comando e Controle montado no evento constatou o registro de apenas oito pessoas conduzidas para Central de Flagrantes e registros de Boletim de Ocorrência relacionados a apenas crime patrimonial.

A pesquisa, que também visava traçar o perfil da movimentação turística, constatou que houve um aumento no fluxo de turistas. Em 2018, Teresina recebeu 8.400 turistas de outros estados, durante o Corso, número que passou para 13.800 em 2019, ou seja, houve um crescimento de 64,3% com relação ao ano anterior. Isso atingiu positivamente o fluxo de turistas que se utilizaram da rede hoteleira de Teresina, onde o setor observou o aumento de 10% em 2018, para 21,2% em 2019.

O coordenador da pesquisa, Eneas Barros, acredita que a quantidade de turistas de outros estados na festa do Corso foi motivada pelas ações da Semdec ao longo do ano anterior. “A Secretaria esteve divulgando a festa no Festival de Turismo de Gramado e na ABAV 2018. Lançamos também vídeos promocionais e melhoramos a divulgações das atividades culturais de Teresina por meio das redes sociais. Vale salientar que a promoção do Corso como produto turístico envolveu ainda a vinda de operadores de Turismo, agentes de viagem e jornalistas especializados para o Corso de 2019. Esperamos, com isso, gerar pacotes de viagem tendo o Corso 2020 como principal motivação, fazendo assim a festa crescer ainda mais”, disse.

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a pesquisa mostra à Teresina que vender o Corso como um dos seus principais produtos turísticos, gera ganhos reais para o setor. “A cidade de Teresina tem hoje uma festa muito bonita e organizada para atrair pessoas e visitantes e isso é extremamente importante para o setor do Turismo. Restaurantes, rede hoteleira, entre outros, ganham diretamente com o crescimento do Corso. A pesquisa mostra isso, já que de acordo com ela 74,1% dos entrevistados disseram desejar retornar ao Corso em 2020. Acredito que isso tudo também seja por causa das ações desempenhadas ao longo de 2018 pela Prefeitura de Teresina”, explica.

Semdec certifica pesquisadores voluntários que trabalharam no Corso 2019

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) entregou na manhã desta quinta-feira (07) os certificados de participação para os pesquisadores voluntários que trabalharam na pesquisa realizada no Corso 2019.

No total, mais de 20 estudantes do curso de Turismo da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e de outros cursos da Universidade Federal do Piauí (UFPI) receberam um certificado de 60h assinado pelo secretário Venâncio Cardoso.

A aplicação dos questionários, que vem sendo praticada pela Semdec desde 2015, acontece durante as horas de folia do Corso do Zé Pereira e tem o intuito de traçar um perfil da movimentação turística na capital em função da festividade. Além disso, de acordo com o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, a pesquisa permitirá também calcular a receita gerada pelo evento e reunir informações relevantes para o setor turístico, como: gastos do turista, avaliação da hospedagem, opiniões e sugestões sobre a festa.

Segundo o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, pesquisas anuais como esta são extremamente benéficas para o norteamento tanto da Prefeitura de Teresina, como dos empresários teresinenses. O secretário comentou também sobre a expectativa com o Corso 2020 após a promoção da Famtour e a venda do mesmo como produto turístico pelas empresas de Turismo do Brasil.

“Ter em nossas mãos essas informações é sempre bom e importante. Primeiro, porque contribui na organização dos próximos anos pela Prefeitura e segundo, porque permite aos empresários do setor de turismo enxergar suas falhas e com isso, concertá-las. A Famtour, que nós promovemos pela primeira vez, veio também agregar com os resultados do próximo ano, que esperamos ser positivos para a nossa capital”, conclui.

O Corso de Teresina, que já entrou para o Livro dos Recordes no ano de 2012 como o maior desfile de carros alegóricos do mundo, reuniu neste ano cerca de 230 mil foliões, que curtiram o evento com segurança e variedade de ritmos e estilos.

Teresina recebe visitas nacionais de operadores e jornalistas de turismo para divulgar Corso 2019

Para consolidar Teresina no mercado turístico nacional, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) promove uma viagem de familiarização, durante o Corso 2019, com agentes de viagens, operadores de Turismo e jornalistas especializados. É o chamado Famtour (familiarization tour, em inglês). O grupo chegará em Teresina nesta sexta-feira (22).

A ação faz parte de uma estratégia montada pela Semdec, para apresentar Teresina como opção com potencialidades turísticas. A ideia ocorreu depois de perceber interesse de empresas nacionais, durante o Festival de Turismo de Gramado, que aconteceu em novembro do ano passado, no sul do país, onde a Secretaria apresentou, em sala técnica, as potencialidades turísticas de Teresina.

A apresentação, conduzida pelo secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, e pelo Coordenador Especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, despertou interesse de diversas empresas como a Mondiale Turismo (Campinas), JP Turismo (São José dos Pinhais), Viajar Viagens e Turismo (Belém), Jornal Brasilturis (São Paulo) e Coluna de Turismo (Ilhéus). Além disso, outras empresas como a Checkamos Turismo (Rio de Janeiro) e Canal Terra Viva (Natal) também manifestaram interesse no mercado de Teresina e irão se unir a estas empresas durante o famtour pela capital piauiense.

Com isso, depois de reunião com Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), esses profissionais foram convidados para conhecer o Corso de Teresina, que em 2012 entrou para o Guiness Book como o maior desfile de carros alegóricos do mundo.

Os empreendimentos da área em Teresina terão a oportunidade de conversar com os operadores de turismo e jornalistas convidados, para a montagem de pacotes a serem distribuídos e comercializados por agentes de viagens. A reunião de apresentação do produto Teresina, acontecerá na manhã deste sábado (23), no Gran Hotel Arrey, às 09h. A exposição será conduzida pelo secretário Venâncio Cardoso, que mostrará números do Turismo teresinense e suas potencialidades.

“O objetivo é fazer com que esses profissionais tenham uma dimensão desse grande evento, e possam gerar resultados para, no ano seguinte, promover a vinda de grupos de turistas interessados nessa grande festa de pré-carnaval”, disse o secretário. “Essa iniciativa de trazer a Teresina jornalistas especializados e operadores de turismo fortalece o turismo local e gera uma demanda, elevando a receita deixada pelos visitantes”, finalizou Venâncio Cardoso.

Depois de participar do Corso, o grupo de convidados fará passeios por Teresina, incluindo visitas ao Parque Encontro dos Rios, ao Polo Cerâmica e à Ponte Estaiada, além de experimentarem da gastronomia típica local, encerrando com uma visita ao Parque Floresta Fóssil e um passeio de barco pelo rio Poti, promovido pelo Centro de Educação Ambiental do Governo do Estado.

Corso em números 

Em 2018, o Corso movimentou recursos equivalentes a R$ 49,5 milhões, sendo que 14,7% desse total foram gerados pelos gastos dos turistas em função do evento. Segundo cálculos do Centro Integrado de Segurança Pública do Governo do Estado, em 2018 o Corso recebeu 400 mil foliões e em 2017, 330 mil pessoas participaram do evento.

 

Em clima de carnaval, Semdec realiza receptivo turístico no aeroporto de Teresina

Com a proximidade do carnaval o Aeroporto Senador Petrônio Portela vai receber uma ação especial da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC). A atividade, que começa hoje (15) a partir das 13h, consiste em recepcionar os turistas no portão de desembarque do aeroporto com uma trupe carnavalesca. O intuito da dinâmica é divulgar o Corso de Teresina, evento consolidado no calendário carnavalesco da cidade.

A ação, que já está na sua terceira edição, contará com as presenças ilustres do Rei Momo e Rainha do Carnaval, da Rainha Trans, do Rei e Rainha com Deficiência, e do Rei e Rainha da Pessoa Idosa, eleitos em 2019. Além disso, uma banda fará a animação da “festa” com as músicas tradicionais do carnaval.

Durante o Receptivo Turístico, a Secretaria entregará folders com toda a programação do Corso de Teresina, que acontecerá no próximo sábado (23) e que este ano vem com uma nova roupagem. A ação acontecerá também na próxima sexta-feira (22), das 13 às 14h30.

De acordo com o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, ações como estas refletem o cuidado da secretaria em proporcionar uma boa recepção do turista. Ele ressalta também a importância dessas atividades para a divulgação dos eventos que acontecem em Teresina.

“Propomos iniciativas como essas porque enxergamos que os eventos de Teresina precisam de uma maior divulgação. Então nada melhor do que utilizarmos a porta de entrada da nossa cidade, que é o aeroporto, para chamar a atenção dos turistas e dos próprios residentes para as nossas festividades de Carnaval. Temos o maior Corso do mundo, então precisamos valorizar isso e aproveitar esta conquista para atrair turistas”, comentou.

Corso 2019

Considerada a maior prévia de carnaval da capital piauiense, o corso de Teresina reúne milhares de pessoas na Av. Raul Lopes todos os anos. Este ano a festa acontecerá no sábado (23) e contará com um total de quatro palcos temáticos distribuídos por toda a avenida. Os melhores caminhões e fantasias do Corso receberão premiações. As inscrições para participar dos desfiles de caminhões já estão abertas e vão até o dia 22 deste mês. As inscrições e a realização do concurso de fantasias serão feitas durante a folia, na própria avenida.

 

Semdec realizará pesquisa com folião durante Corso de Teresina 2019

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai realizar, durante o Corso de Teresina 2019, uma pesquisa, junto ao folião, para avaliar a opinião do público e o grau de satisfação do turista. A pesquisa quer traçar o perfil da movimentação turística motivadas pela festa do Corso, colhendo informações mais técnicas, como gastos e hospedagem, entre outras questões que serão estudadas. Desde 2015, a Semdec realiza esse tipo de pesquisa.

Para a aplicação da pesquisa uma equipe formada por 20 estudantes universitários, a grande maioria vindos do curso de Turismo da UESPI, e outros cursos da UFPI, estarão trabalhando voluntariamente durante o evento carnavalesco aplicando questionários. O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, conversou com os estudantes na manhã desta quarta-feira (13).

“Há cinco anos, a Semdec vem monitorando o perfil do folião na avenida durante o Corso de Teresina. Para se ter ideia, em 2012 estiveram 40 mil pessoas acompanhando o corso, enquanto que em 2018 essa quantidade saltou para 400 mil, segundo cálculos do Centro Integrado de Segurança Pública do Estado do Piauí. Essas pesquisas permitem à Semdec avaliar os serviços oferecidos na avenida, além de calcular a receita gerada em função do evento. Em 2018, por exemplo, o Corso movimentou R$ 49,5 milhões, sendo R$ 7,3 milhões injetados diretamente pelo setor de Turismo”, explicou o coordenador de Turismo da Semdec e também coordenador da pesquisa, Eneas Barros.

Para o secretário Venâncio, a pesquisa durante o corso é muito importante para a Semdec, pois são coletadas informações de extrema relevância tanto para a Prefeitura de Teresina, como para o empresariado local do setor de Turismo.

“Informações e opinião sobre a festa, gatos e motivações são importantes, pois assim dará um norte para a organização da Prefeitura para os próximos anos, assim como também para o empresariado local, uma vez que as empresas do setor de turismo podem se preparar visando o público alvo do corso”, explicou.

O secretário explica ainda que o corpo de pesquisadores realizará o trabalho de forma voluntária, recebendo um certificado de participação assinado pela secretaria com carga horária de 60hs. “Acredito que seja uma experiência muito benéfica para esses universitários, uma vez que eles vão ter um contato direto com um tipo específico de pesquisa. É extremamente importante para que eles vejam de perto variantes metodológicas e também para que universidade e população se aproximem”, disse.

Corso 2019

A maior manifestação popular carnavalesca de Teresina acontece no próximo dia 23 de fevereiro, a partir das 16h, na Avenida Raul Lopes, zona Leste. Este ano, o Corso vem trazendo uma novidade que contempla até 10 foliões. Pela primeira vez será realizado o Concurso Melhor Fantasia, onde os inscritos irão concorrer a uma premiação no valor de R$ 1.000 reais.