RedeSim e Teresina: repasse de dados para facilitar abertura de empresas está em fase final

Em ação conjunta, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), a de Planejamento (Semplan) e Finanças (Semf), segue em processo de finalização da participação da Prefeitura de Teresina na Rede Nacional para Simplificação de Registro e da legalização de Empresas e Negócios (RedeSim), que será implantado no Piauí pela Junta Comercial.

 RedeSim e Teresina: repasse de dados para facilitar abertura de empresas está em fase final


RedeSim e Teresina: repasse de dados para facilitar abertura de empresas está em fase final

A RedeSim é um projeto nacional que visa desburocratizar e formalizar empresas de maneira ágil por meio online. No que se refere ao município de Teresina, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Aluísio Sampaio, a contribuição da cidade ao projeto encontra-se na parte normativa já em fase de conclusão. O gestor lembra ainda que o próximo passo será o redesenho das rotinas burocráticas, ou seja, rever os caminhos pelos quais os empreendedores irão percorrer a fim de legalizar seu empreendimento. O prazo para sua conclusão está previsto para o final de 2017.

“Os benefícios para os cidadãos da capital são variados, como o aumento na formalização de empresas, contribuindo para a geração de riqueza e trabalho, além da redução da burocracia”, afirma Aluísio Sampaio.

Parcerias

Outro ponto que irá impactar na abertura de novas empresas em Teresina, será a parceria entre o município e o Instituto Empreender Endeavor Brasil. Por meio dela, a Semdec, Semplan e a Semf irão melhorar o Ambiente de Negócio da cidade como um todo.

Empresa investirá em infraestrutura para trazer fibra óptica para Teresina

A empresa Telefônica, dona da marca Vivo, vai se instalar em Teresina para implantar seus serviços, por meio de investimento em infraestrutura de fibra óptica. A instalação do novo empreendimento foi acertada com a Prefeitura de Teresina durante reunião realizada entre os representantes da empresa e o prefeito Firmino Filho.

Empresa investirá em infraestrutura para trazer fibra óptica para Teresina

Empresa investirá em infraestrutura para trazer fibra óptica para Teresina

Os investimentos da empresa estimam beneficiar quase 80 mil domicílios em Teresina ainda em 2017. As obras têm início previsto para junho e inauguração dos serviços para dezembro deste ano. “São investimentos importantes para o desenvolvimento da cidade, na medida em que facilitará ainda mais a atração de investimentos. Isto porque, além de incentivos fiscais, infraestrutura é fundamental para atrair novas empresas para cidade”, ressaltou o prefeito Firmino Filho.

De acordo com a secretária executiva da Semdec, Monique Menezes, serão instalados 14,3 km de fibra subterrânea e 705,6 km de rede aérea. “Este trabalho contará com o auxílio da empresa de energia Eletrobras”, adiantou. Ela ressalta que o novo investimento também contribuirá para a qualidade de vida das pessoas. “Já que estamos em um mundo totalmente globalizado, o acesso à internet é fundamental seja para o trabalho ou para o lazer”,

A empresa Telefônica pretende ainda estabelecer parcerias com a Prefeitura na área tecnológica e em projetos sociais. Além da Semdec, também participa da construção dessa parceria o Secretário de Planejamento, Washington Bonfim.

Polo Empresarial Norte de Teresina atrai nova empresa

Uma nova empresa vai se instalar no Polo Empresarial Norte de Teresina. No próximo ano, a área estruturada pela Prefeitura, vai receber uma indústria que fabrica cerveja, champanhe e vinho a partir do caju.

O assunto foi tratado hoje, dia 11, com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Fábio Nery. Ele recebeu o presidente da Cooperativa dos Produtores de Cajuína do Piauí, Lenildo Lima, e o presidente da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado do Piauí – FAPEPI, Francisco Guedes.
No encontro, o secretário apresentou detalhes sobre a estrutura do Polo Empresarial Norte. “Essa nova empresa tratar-se de um empreendimento inovador, além de ser fruto do empreendedorismo local. É um grande ganho para nossa capital, especialmente pelo número de empregos gerados”, ressaltou Fábio Nery.
A Prefeitura de Teresina investiu cerca de R$ 2,2 milhões na estruturação do Polo Empresarial Norte. Os recursos foram aplicados na pavimentação asfáltica de acesso à área, na construção de uma adutora, com capacidade de 60 metros cúbicos por hora, e nos sistemas de drenagem.
O objetivo do município ao estruturar o espaço é viabilizar a vinda de empresas dos segmentos industriais, logísticos e atacadistas.  Na área, já está instalada a empresa de fabricação de embalagens de alumínio, a CROWN, que já investiu cerca de R$ 200 milhões e que gera cerca de 400 empregos.

SEMDEC participa da 2ª edição do prêmio Banco do Nordeste

A Prefeitura de Teresina, por meio, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, participou da cerimônia de entrega da 2ª edição do prêmio Banco do Nordeste da Micro e Pequena Empresa, na noite desta quinta-feira (16), no Luxor Piauí Hotel.

Pão e Companhia, Vam Motos e Instituto Barros de Ensino foram às empresas que ganharam os troféus nos setores de Indústria, Comércio e Serviços, respectivamente. Essas empresas piauienses se destacaram por meio de iniciativas inovadoras e melhoria da competitividade nesses setores. “Esse prêmio estimula a promoção das pequenas e micro empresas, que são uma porta de entrada do empreendedorismo buscando uma sociedade mais justa”, observa Fábio Nery, secretario da SEMDEC.

O Prêmio tem finalidade de contribuir para ampliar a cobertura do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) a MPEs e estimular as empresas a buscarem crescimento e desenvolvimento no âmbito do desempenho econômico-financeiro, da qualidade da gestão ou de iniciativas inovadoras.

As empresas foram selecionadas em um universo de mais de 65 mil clientes que contrataram operações de financiamento, com recursos do FNE, de acordo com os seguintes critérios: inovações empregadas no negócio, competitividade, adoção de práticas que visam à redução do impacto ambiental, número de empregos gerados, além de evolução das receitas após o financiamento.

As informações quantitativas e qualitativas, no Estado, foram analisadas por uma comissão julgadora composta por representantes da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Piauí, Câmara de Dirigentes Lojistas de Teresina, Federação das Indústrias do Piauí, Associação Comercial do Piauí, bem como Sebrae-PI.

Resultado da seleção do Programa Minha Primeira Empresa sai nesta segunda-feira (20)

A Associação de Jovens Empreendedores do Piauí e o Instituto de Estudos Empresariais vão divulgar nesta segunda-feira (20) o resultado do programa Minha Primeira Empresa. O resultado será divulgado nos respectivos sites, http://www.ajepiaui.com.br/, http://www.iemp.com.br/site/ .

Dos 500 jovens inscritos no programa, apenas 100 foram selecionados para participar dos cursos de iniciação ao empreendedorismo, gestão da primeira empresa e plano de negócios, criação da empresa e a obtenção de crédito.

O programa é uma parceria da AJE, do IEMP e, da Prefeitura de Teresina, por meio, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Teresina.

“O projeto tem uma proposta moderna e atual, aliando crédito com qualificação e acompanhamento com o objetivo de capacitar empreendedores e aumentar suas oportunidades de negócios de forma sustentável, tornando possível e viável a formalização da primeira empresa”, destaca o secretário da SEMDEC, Fábio Nery.

O programa Minha Primeira Empresa foi criado em 2011, idealizado pela Associação de Jovens Empreendedores e Empresários de Goiás (AJE Goiás). Esse projeto é destinado a graduandos de cursos ligados à gestão empresarial, pessoas que tenham projetos para empreender, empresários não formalizados e membros da comunidade que busquem sua primeira empresa.