Empresários do Polo Empresarial Sul pedem investimentos em reunião com Firmino

Representantes dos empresários localizados no Polo Empresarial Sul pediram, em reunião ocorrida no Palácio da Cidade, com o prefeito Firmino Filho e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Venâncio Cardoso, melhorias estruturais, como asfalto, energia e segurança na região.

De acordo com os relatos dos empresários, a falta de asfalto em algumas vias, além de problemas na iluminação, tem levado muitos empresários a ter prejuízo e muitos trabalhadores têm sido vítimas de assalto na saída das empresas.

A reunião que contou com o senador Ciro Nogueira, era para pedir mais investimentos na área, além da destinação de emendas parlamentares para melhorar a qualidade estrutural do local para receber mais empresas.

“Nós paramos os investimentos naquele Polo, por causa da crise econômica, da mesma forma que nós tivemos poucos investimentos privados também por conta da mesma crise. Nós temos perspectivas otimistas com relação ao futuro, pois a Prefeitura voltará a investir, assim como em relação aos novos investimentos privados, que gerem empregos para que possamos ver crescer aquele Polo Empresarial Sul. As reivindicações são importantes e devemos recebê-las”, explicou o prefeito Firmino Filho.

O secretário Venâncio explicou para o grupo quais vias já estão asfaltadas e quais necessitam com mais urgência do asfalto. Além disso, com o auxílio dos técnicos da Semdec, o secretário ainda explicou sobre um estudo energético que está sendo realizado pela Secretaria para contribuir com o trabalho da Equatorial, empresa de energia elétrica, no local.

“Há algumas vias que já estão asfaltadas, inclusive a última foi com recursos da Prefeitura, por meio da Strans, para melhorar a questão da mobilidade do local. A Semdec tem trabalhado em pesquisas e projetos para que mais vias recebam asfalto. Essa reunião é muito importante, pois mostra ao empresariado do local, que a Prefeitura de Teresina está querendo entender melhor a situação e se mostra aberta para o diálogo, mas principalmente para investir no local”, disse.

O empresário Humberto Lopes, presidente do SINDICAPI, disse ter saído otimista da reunião. “Essa reunião foi muito positiva. Vimos interesses e decisões concretas que serão tomadas para a melhoria do local. Isso vai trazer muito investimento para o Polo e dará condições da gente retornar nossos trabalhos no local”, afirmou.

A reunião contou ainda com a presença do superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, do vereador Aluísio Sampaio e do deputado Júlio Arcoverde.

Prefeito se reúne com empresários para discutir tarifa de iluminação

O prefeito Firmino Filho se reuniu com representantes de categorias empresarial e de consumidores de energia elétrica da capital. A ideia foi discutir alternativas em relação à cobrança da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip), ouvindo as reivindicações e propostas formuladas tanto pela equipe do executivo municipal quanto pelo Conselho de Contribuintes.

O prefeito explicou que, ainda no ano passado, a Câmara Municipal aprovou alterações no Código Tributário em que se colocava a cobrança da Cosip em 12% do consumo dos clientes, seja eles da categoria residencial ou empresarial. O Código também retirava o teto de contribuição que era de 2000 kWh, no consumo residencial e 5000 kwh, nas demais classes. “É importante que a gente possa ter esse acompanhamento e essa avaliação do setor industrial e empresarial da nossa cidade. Estamos abertos ao diálogo e vamos fazer os estudos, baseado nessa nova demanda e buscar a melhor solução”, garantiu o prefeito.

Para o presidente do Conselho de Contribuintes da Eletrobras, Gilberto Pedrosa, a ideia era buscar sensibilizar o prefeito em relação aos reajustes na tarifa, que acabam trazendo desdobramentos no setor empresarial do Estado. “Tivemos o reajuste da tarifa de energia em mais de 27%, a instituição da bandeira vermelha. O Governo do Estado conseguiu aprovar o aumento do ICMS para a energia elétrica que passar a valer a partir de janeiro. Então, foi um impacto financeiro muito grande no setor. Mas a reunião com o prefeito foi bastante positiva. Ele mostrou sensibilidade nessa situação que atingiu o setor produtivo que teve um impacto significativo com as tarifas referentes à energia”, destacou.

O secretario municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), Aluísio Sampaio, também avaliou a conversa como positiva e destacou a importância do diálogo para se chegar a uma alternativa que venha a ser favorável a todos os lados. “O prefeito se sensibilizou com esse impacto na economia da cidade. Então, vamos analisar as colocações que foram feitas pelos contribuintes e corrigir eventuais distorções que venham a ser encontradas”, ponderou.

Uma das alternativas é a retomada do teto, mas com um reajuste de valores correspondente ao reajuste na tarifa. O secretário municipal de Finanças Moura Neto destacou que as equipes da Secretaria de Finanças farão um estudo e também irão realizar levantamentos da metodologia utilizada em outras cidades para se encontrar uma melhor alternativa.