Prefeitura de Teresina lança programa de qualificação de profissionais que atuam com turismo da saúde

A Prefeitura de Teresina lançou, na manhã desta sexta-feira (25), o Programa de Qualificação do Turismo de Saúde (PROTUR Saúde), que oferecerá cursos de capacitação aos profissionais deste segmento. A intenção é capacitar os profissionais deste segmento com diversos cursos que serão ofertados pelo poder público municipal.

“É mais uma atitude da prefeitura e seu secretariado em uma ação, que envolve turismo e capacitação, com um olhar para o polo de saúde da nossa capital, que sempre foi esquecido, tanto na estrutura como na segurança e em outras tantas questões. Queremos incentivar o turismo da saúde e tantos outros”, pontuou o prefeito Dr. Pessoa.

Na ocasião, o gestor assinou o termo de cooperação técnica que estabelece uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), a Fundação Wall Ferraz (FWF) e o Sindicato dos Hospitais (SINDHOSPI) e Casas de Saúde e Laboratórios de Pesquisas e Análises Clínicas do Estado do Piauí.

“Essa é uma ação importante para darmos qualificação para todas as pessoas que trabalham no turismo da saúde, na área de serviços e atendimento ao público que vem para nossa cidade em busca de uma saúde de qualidade. É uma demanda reprimida e essa parceria vem em uma boa hora”, explica Marcelo Eulálio, titular da Semdec.

Ao todo, serão ofertados sete cursos: qualidade no atendimento, primeiros socorros (noções básicas), cuidador de idoso, manipulação de alimentos, recepcionista, assistente administrativo e assistente de recursos humanos. As inscrições iniciam na próxima quinta-feira (1), no Balcão do Trabalhador, localizado no Edifício Saraiva Center, rua Firmino Pires, 379, Centro-Sul.

Concurso fotográfico

Na ocasião, a prefeitura ainda lançou o edital da primeira edição do concurso fotográfico “Meu Cartão-Postal”, que premiará o melhor registro de algum ponto turístico de Teresina. “Queremos estimular cada vez mais a visitação e divulgação dos principais pontos turísticos da nossa capital, bem como possibilitar aos fotógrafos e aos amantes da fotografia, sejam eles, experientes ou iniciantes, a divulgação de seus trabalhos”, conclui Eulálio.