ONU reconhece programa que diminuiu desemprego em Teresina

O programa “Enfrentamento do Desemprego na cidade de Teresina”, criado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), que provocou o crescimento da oferta de emprego através da política municipal de atração de investimentos, foi premiado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), como uma referência à implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A Organização das Nações Unidas (ONU), em 2000, com o apoio de 191 nações, estabeleceu cerca de oito metas a serem cumpridas pelos países, visando atingir um desenvolvimento humano mais igualitário. Estas metas ficaram conhecidas como Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

Deste modo, de acordo com as metas estabelecidas pela ONU, a SEMDEC, procurando enfrentar o desemprego, idealizou um programa que visasse o enfrentamento na diminuição desta taxa entre os jovens. Os ODS são uma agenda mundial, adotada para o Desenvolvimento Sustentável em 2015, que é composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Visando dar suporte aos ODS por meio de ações desenvolvidas pelos ODM, o PNUD buscou selecionar estudos, debates e experiências inovadoras, além de divulgar as lições aprendidas que poderão servir de referência e subsídio para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no país, a partir de 2016.

Para o secretário da SEMDEC, Fábio Nery, um dos idealizadores do programa, após quatro anos de sua aplicação na capital, os resultados continuam positivos. “No início, as empresas contrataram cerca de 5.000 jovens. Após quatro anos dessa implementação, chegamos à marca de mais de 12 mil pessoas empregadas em Teresina. Isso é um número bastante significativo, haja vista que o país vive um momento delicado na sua economia”, afirmou, complementando que a cidade já esteve entre as três primeiras do Brasil na geração de emprego e na primeiro colocação na mesma categoria na região Norte-Nordeste.