The Vejo na Ponte respira rock em sua segunda noite de festival

Arrepiar-se ao escutar um solo de guitarra, colar posters dos ídolos na parede do quarto e fazer coro para aquelas músicas ícones fazem parte da tradição do rock. Na segunda noite do The Vejo na Ponte, Teresina respirou o gênero musical com quatro bandas renomadas do Piauí. O evento contou com a participação de Edivaldo Nascimento, Último Romance, Maverick 75 e Cojobas.

Do indie rock ao rock and roll, a noite atraiu mais uma vez famílias, grupos de amigos e casais de namorados. De acordo com o empresário Antônio Luís, a ideia do evento agrada todos os públicos. “Diferente de festas fechadas, podemos ver famílias, crianças e pessoas mais velhas misturadas com os mais novos. O evento atrai todo mundo, por ser repleto de bandas boas, gratuito e ainda por cima em um dia e horário bom para todos”, afirma.

Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), o The Vejo na Ponte virou, além de ponto de lazer, um ponto de economia para empresas.

“O evento consegue atrair muita gente com vontade de expor e vender seus produtos. Ele ajuda, principalmente, o setor da gastronomia, com grande variedade de gêneros alimentícios comercializados no festival. É uma dinâmica que não contempla só a cultura local, mas que também ajuda a girar a economia da cidade”, explica o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Presente na primeira edição do festival, a fonoaudióloga Rayane Melo sente-se atraída pelo evento por conta da mistura de bandas. “Ter a oportunidade de assistir bandas renomadas em um espaço gratuito e aberto a todos é algo que me atrai e espero que continue por muitas edições”, afirma.

“Nosso estado, em especial a capital, tem um relacionamento histórico com o rock and roll. O estilo está presente em Teresina assim como o forró está para Fortaleza, o reggae para São Luís, o frevo para Recife e o axé para Salvador. Somos uma terra de roqueiros muito talentosos, muita produção de altíssimo nível e muita garra”, afirma Ostiga Júnior, vocalista da banda Cojobas.

Causa Animal

O The Vejo na Ponte também esteve engajado em uma pauta diferente nesta edição. É que junto com mais de dez entidades de defesa dos animais, o evento arrecadou ração para cães e gatos,além de material de limpeza. Além disso, as entidades protetoras têm vendido comida e produtos relacionados aos pets com o objetivo de arrecadar dinheiro para o pagamento de dívidas junto às clínicas veterinárias de Teresina.

“As vendas estão muito boas, percebemos que teve uma aceitação muito positiva do público com os produtos que trouxemos. Estamos com uma van, que dá esse apoio na hora de receber a ração de quem doou e também com um stand de venda. A causa animal foi muito bem aceita”, comemora Raissa Rocha, organizadora da Barraca do Aumor.

2ª dia de The Vejo na Ponte reunirá o melhor do rock piauiense

m alusão ao Dia Mundial do Rock, comemorado em 13 de julho, o 2º dia do Festival The Vejo na Ponte, que acontece neste domingo (14), no estacionamento da Ponte Estaiada, reunirá o melhor do rock and roll piauiense. O cantor Edvaldo Nascimento e as bandas Cojobas, Maverick 75 e Último Romance serão os responsáveis por deixar o segundo domingo de festa ainda mais animado. O evento é gratuito e terá início às 17h.

Em um ambiente com segurança e boa gastronomia, a abertura do festival ficará por conta de Edvaldo Nascimento, cantor e compositor teresinense que possui mais de 30 anos de “rock na veia”. Sendo uma das referências da sua arte na cidade, Edvaldo possui músicas suas gravadas por artistas nacionais, como Erasmo Carlos e Gomes Brasil. A segunda atração da noite é a banda Última Romance, considerada a maior cover de Los Hermanos do Brasil. A banda, que surgiu de uma reunião de amigos fãs do lendário grupo, possui hoje mais de uma década de carreira com um repertório recheado dos maiores clássicos do rock alternativo brasileiro.

Logo em seguida se apresentará a banda Maverick 75, uma das atrações mais aguardadas da noite. Tendo início em 2004, a banda piauiense passeia por palcos inimagináveis abrindo shows de grandes bandas nacionais, como Titãs e Paralamas do Sucesso. Com um set especial para os amantes do rock, Maverick 75 é conhecida por seu som rebuscado e tem conquistado o público piauiense desde o lançamento de seu primeiro disco. Além disso, a banda mescla suas músicas autorais com os clássicos de Rolling Stones, Eric Clapton e Bob Dylan, por exemplo.

Para encerrar com chave de ouro a noite do rock na ponte, a banda piauiense Cojobas, que possui mais de 15 anos de carreira, trará em seu repertório, além de várias composições autorais, os grandes sucessos de Pink Floyd, U2, Beatles e outros.

O gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, convida a população para prestigiar o evento e relembra a importância da campanha de arrecadação promovida pelo festival.

“O primeiro dia foi excelente superou nossas expectativas, porque mesmo com a chuva no final as pessoas não foram embora. Convido a todos para curtirem este segundo domingo, que vai ter muito rock, muitas opções de gastronomia e segurança. Aproveito para reforçar a campanha de arrecadação de ração e material de limpeza, que serão recebidos no evento. É mais do que importante o nosso apoio à causa animal”, finalizou.

Causa Animal

Dez entidades protetoras participam da iniciativa. Um stand de venda e arrecadação foi montado no evento com o intuito de angariar fundos para os protetores de animais da cidade que acumulam dívidas nas clínicas de Teresina. Comidas típicas, bolos no pote, brigadeiros e produtos, como: canecas, bonés e blusas, serão comercializados.

A 2ª edição do Festival The Vejo na Ponte é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Monsenhor Chaves (FMC) e acontecerá nos domingos de julho.

Festival de rock embala noite do sábado (18) na Ponte Estaiada

Para despertar ou simplesmente para reacender o amor ao rock and roll na cidade de Teresina, o Complexo Turístico Ponte Estaiada será palco do Festival Ame o Rock! neste sábado (18). O evento, que começa a partir das 19h, promete unir o melhor do estilo musical em um dos principais pontos turísticos da capital. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e o Grupo Rambeer apoiam o evento.

Com atrações como as bandas Cassines, Wodstock, André de Sousa e sua Beatles Band, a noite de shows será encerrada com a banda Os Radiofônicos, que também organizam o festival. Além de muito rock, o evento vai contar com espaço para food trucks e exposição de carros antigos.

De acordo com Henrique Douglas, músico da banda Os Radiofônicos e organizador do Festival Ame o Rock!, a ideia do festival nasceu da intenção de levar a lugares de frequência popular o rock produzido pelos artistas piauienses.

“A ideia do festival sempre vem, pelo amor a música. Os Radiofônicos, que são os idealizadores dessa história, estão na estrada há muito tempo e o próprio nome do festival surgiu também nessa relação. Nossa intenção é valorizar o artista piauiense, as bandas de rock piauienses, fazendo com que as pessoas que visitam o ponto turístico, aquele lugar super popular, tenham essa possibilidade, de ter acesso a essas música, que muitas vezes não tem acesso”, explica Henrique.

Ainda de acordo com o músico, a primeira edição do Festival Ame o Rock! é apenas um piloto e que a organização vai trabalhar para que tenham outras nos próximos anos. “A gente quer fazer outras edições, é claro, essa será a primeira e o apoio da Semdec foi fundamental para que isso acontecesse. Então a gente está fazendo nossa parte como artista, levando a música onde o povo está. A nossa intenção é fazer um movimento de musica autoral de bandas de rock de Teresina, para que tenham essa válvula de escape e principalmente fazendo com que elas cheguem de uma maneira popular, de uma maneira em que as pessoas sejam atingidas”, revela.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, um festival direcionado ao rock  é muito importante, uma vez que há estilos músicas supervalorizados e em alta, não só na cidade, mas no país.

“O rock já provou que nunca vai acabar, mas é inegável que estamos vivendo um momento em que há estilos musicais que têm mais espaço que outros. Nesse sentido, acho importante a ponte também ser contemplada com um festival como este. A Ponte Estaiada já se provou como um dos maiores palcos de promoção de cultura e arte na nossa cidade e isso é enriquecedor. O objetivo da Prefeitura de Teresina, por meio da Semdec, é dar espaço para que a cultura se entrelace ao turismo para promover melhor nossas belezas”, explicou o secretário.