Programa THEch: abertas as inscrições para seleção de startups ligadas ao agronegócio

As inscrições do processo de seleção de startups do Edital Ideas for Farm estão abertas. O pontapé inicial partiu de uma live no Instagram que marcou a parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), idealizadora do Programa THEch, com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Meio-Norte). O Edital Ideas for Farm vai selecionar três equipes com ideias ligadas ao agronegócio.

“A Embrapa nos procurou para fazer parte dessa fase do Programa Thech, que teve início em fevereiro, com 24 equipes, que ao longo desses meses estão sendo capacitadas. O programa selecionaria dez equipes, mas com a entrada da Embrapa selecionaremos 13, sendo que três devem ser ideias ligadas ao agronegócio. É um segmento que não era inicialmente o foco, mas vai trazer um ganho para a cidade”, explicou Raul Ferraz, secretário da Semdec.

De acordo com a chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Meio Norte, Izabella Hassum, a região Nordeste tem potencial para investir nas ideias de inovação e empreendedorismo na área do agronegócio. Ela destacou que esse é um dos motivos da empresa se somar à proposta do Programa Thech.

“O Brasil é um país do agronegócio. Mais do que nunca as pessoas passaram a se preocupar com o que tem colocado na mesa. Não adianta só a gente produzir muito e exportar muito, mas produzir alimentos que sejam seguros para o consumo e é neste momento que a tecnologia entra. Precisamos investir na pesquisa científica agropecuária e nos posicionar no meio da inovação. O Nordeste pode entrar bastante forte com isso e Teresina não pode perder essa oportunidade, por isso esse esforço somando com a Prefeitura de Teresina”, comentou.

Inscrições

Os interessados podem realizar as inscrições das equipes até o dia 17 de agosto, por meio do link https://www.embrapa.br/meio-norte/ideas-for-farm. Os selecionados, com o apoio da Embrapa, contribuirão na inovação da empresa e seus públicos alvos em temas definidos ligados ao agronegócio.

O Programa THEch é uma iniciativa da Prefeitura de Teresina, por meio da Semdec, em parceria com a Softex, Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip). A ideia é que equipes empreendedoras e startups desenvolvam soluções inovadoras para construir um ecossistema cooperativo e resolver problemas públicos ou empresariais.

Programa THEch abrirá edital para seleção de equipes e startups nesta sexta (21)

O Programa THEch vai lançar seu primeiro edital, nesta sexta-feira (21), às 11h, no Palácio da Cidade. Com foco em carreira e negócios, o edital será composto por quatro fases e funcionará por cerca de dez meses. Poderão participar instituições públicas e privadas que queiram desenvolver ou aperfeiçoar seus programas de inovação aberta, instituições de apoio à inovação, equipes empreendedoras ou startups em fase de ideação.

A primeira fase do projeto consistirá na seleção das equipes empreendedoras e startups em fase de ideação, que possuem interesse em desenvolver competências demandadas pelo mercado de trabalho e validar negócios.

De acordo com a coordenadora do Programa Thech, Luciana Tsukada, qualquer pessoa com idade a partir de 15 anos pode se inscrever e não é necessário ter CNPJ para participar das primeiras fases do programa. “As equipes empreendedoras podem se formar no momento em que estiverem se escrevendo no edital, ou seja, qualquer pessoa, a partir de 15 anos de idade, pode formar uma equipe de pelo menos três integrantes e se inscrever no edital”, explica.

Segundo o edital, na segunda fase, dez equipes serão selecionadas e receberão um aporte financeiro entre 10 a 15 mil reais. Nesta fase, o objetivo é que as equipes desenvolvam protótipos que possam resolver os desafios apresentados pelas empresas e instituições públicas participantes. Na terceira fase serão selecionadas pelo menos quatro equipes que já tenham chegado na fase de teste do seu protótipo. Já na quarta fase, apenas duas equipes serão beneficiadas para imersão internacional.

A seleção das instituições de apoio à inovação (como faculdades e universidades), empresas e instituições públicas será realizada por meio de um segundo edital, com previsão de lançamento no mês de março. O intuito deste edital é aproximar as equipes empreendedoras de instituições que buscam aperfeiçoar ou desenvolver seus programas de inovação aberta.

Segundo a coordenadora geral do Espaço THEch, Verônica Coelho, esta é uma ótima oportunidade para quem deseja obter capacitação e se tornar um empreendedor qualificado. “Aqui as equipes empreendedoras selecionadas serão ensinadas a desenvolver habilidades que hoje as empresas buscam em seus colaboradores. Além disso, elas terão a oportunidade de se conectar com as instituições públicas e privadas que estão participando do programa e já desenvolverem habilidades para a área que ela pretende atuar no mercado”, comenta.

O Programa THEch é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e uma parceria firmada com a Softex, uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip).

Praça dos Skatistas terá espaço para desenvolver tecnologia em Teresina

A Praça Ocílio Lago, conhecida popularmente como Praça dos Skatistas, em breve se tornará um local de referência não só pela prática esportiva, mas também como espaço para desenvolvimento de tecnologia, inovação e empreendedorismo na cidade. A Prefeitura de Teresina vai inaugurar no próximo mês de março o Espaço Thech, local aberto ao público para estudar, impulsionar e gerar conhecimento tecnológico.

A proposta do projeto é reunir e conectar empreendedores e empresas inovadoras. O Espaço Thech, inspirado em modelos de inovação do exterior, terá ampla estrutura de laboratório maker (que é um espaço para testar ideias, produtos e projetos), espaço de coworking e salas para incubação de empresas, que irá permitir o desenvolvimento de startups (empresas embrionárias que desenvolvem propostas na área de inovação).

O Espaço Thech vai começar a funcionar já desenvolvendo o Programa Thech com alunos da rede municipal de ensino de Teresina, através de maratoninhas makers, que são eventos intensos sobre iniciação a tecnologia. Além disso, ainda em fevereiro, serão abertos quatro editais, sendo dois para impulsionar startups e outros dois destinados para educação. A previsão é que o edital seja lançado na terça-feira (18). Os interessados poderão conferir mais informações sobre esta iniciativa por meio do site: thechteresina.softex.br ou pelo Instagram (@programathech).

“O prefeito Firmino Filho sempre buscou implantar na cidade um programa para fomentar a cultura empreendedora, por meio da estruturação, da criação de empresas de base tecnológica, além de estimular a inovação das empresas já existentes”, ressalta o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, pasta a qual o Espaço Thech ficará ligado. Ele ressalta a importância do projeto também para os jovens que, em todo o mundo, têm apresentado ideias revolucionárias. “Nossa intenção é multiplicar conhecimento, é levar Teresina a ter um espaço que pode auxiliar o desenvolvimento de ideias”, explica.

Nessa iniciativa, a Prefeitura de Teresina trabalha em parceria com a empresa Softex, uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip). A empresa é referência no setor e já desenvolveu projetos semelhantes em outros estados. O Casarão Tech Renato Archer, localizado no Centro Histórico de São Luís (MA), é um exemplo desse trabalho. Em janeiro de 2018, a capital maranhense inaugurou o primeiro hub de inovação do estado.

“A Softex tem uma ampla experiência em gerar desenvolvimento através da tecnologia. A empresa executa programas que vão desde a educação empreendedora, até a internacionalização de ideia e produtos desenvolvidos no Brasil. A tecnologia ela já faz parte da nossa vida. Quando desenhamos o Thech, o fizemos inspirados nas melhores práticas que desenvolvemos em outros programas (como o Startup Brasil), com uma perspectiva local para humanizar o contato da comunidade com a tecnologia”, afirma Luciana Tsukada, coordenadora do Programa.

Programa THEch está com vagas abertas para residentes em Teresina

O Programa THEch está com vagas de emprego abertas para residentes em Teresina. O programa, que tem o objetivo de desenvolver tecnologia, inovação e espírito empreendedor na capital, está oferecendo duas vagas: uma para consultor de Community Manager e Educação e outra para recepcionista.

Em fase de desenvolvimento, o Programa THEch é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e uma parceria firmada com a Softex, uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip).

Para participar da seleção é necessário acessar um link oferecido pelo programa e informar alguns dados. As inscrições estão abertas até o dia 14 de janeiro. Os interessados devem acessar o link https://linktr.ee/programathech

Os requisitos para se candidatar à vaga de consultor de Community Manager e Educação são graduação completa em Administração, Ciências Políticas, Educação, Comunicação, Engenharias ou áreas afins. É desejável experiência em atividades voltadas para educação infantil, ensino fundamental e/ou ensino médio e especialização em andamento ou finalizada.

Já para a vaga de recepcionista o anúncio pede domínio do pacote Office. Também é desejável pró-atividade, iniciativa, organização, facilidade de relacionamento com público em geral e experiência prévia como recepcionista ou atendimento ao cliente.

Vale destacar que o consultor de Community Manager e Educação será contratado em regime de serviço prestado e o recepcionista será via Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Ambos vinculados inteiramente à empresa Softex.

O Programa THEch funcionará no Espaço THEch, localizado na Praça Ocílio Lago, mais conhecida como Praça dos Skatistas, na zona leste de Teresina. A inauguração do local deve acontecer ainda no primeiro bimestre deste ano.

Semdec promove evento para captar talentos locais na área de inovação

Na próxima quarta-feira (25) o Programa Thech, em parceria com o Sebrae e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), promove o Roadshow- Conecta Startup Brasil, evento que vai debater sobre inovação e também objetiva captar talentos teresinenses para participar de um programa de financiamento nacional. O Roadshow ocorre na sede do Sebrae Piauí, no Centro, a partir das 16h.

O Programa Conecta Startup Brasil realiza a conexão de ideias a desafios tecnológicos apontados por mais de 50 empresas nacionais e internacionais parceiras. A iniciativa busca aumentar a densidade de startups no país. Os 100 primeiros projetos nacionais selecionados para a primeira fase receberão R$ 20 mil de aporte. A ideia do evento é apresentar o programa e estimular a participação em massa de jovens teresinenses. Para isso, basta ter uma ideia, não é necessário ser empresa.

O evento visa reunir o ecossistema de inovação da cidade e contar com a participação de cases de empresas locais, compartilhando suas experiências com inovação aberta e cases de startups, compartilhando seus erros e acertos no processo de validação do negócio.

“Colocar as pessoas de Teresina para participar do Conecta Startup Brasil é gerar uma oportunidade de se conectar com os maiores players do ecossistema brasileiro e, além disso, colocar o nome da cidade dentro do cenário nacional da disputa. Não precisa ter CNPJ e quase não há burocracia para se inscrever. É super fácil: basta ter uma ideia para negócios, entrar na plataforma, colocar os dados e se inscrever”, explica Luciana Tasukada, head de inovação e P&D da Softex.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, Teresina tem grande potencial para participar do Programa Conecta Startup Brasil e construir uma base ampla de conexões. “A intenção do evento é atrair novas ideias e fazer com que o dono dessas ideias participe do programa nacional, representando Teresina, que já mostrou ter grande potencial na área. A premiação é muito atraente. Só na primeira fase os 100 selecionados já receberão R$ 20 mil inicialmente. É uma ótima oportunidade para quem ainda nem montou sua startup”, explicou o secretário.

O Roadshow – Conecta Startup Brasil é um evento gratuito e aberto ao público que conta com o apoio da Prefeitura de Teresina. As inscrições podem ser feitas através do link (https://www.sympla.com.br/inscricao?id=644584). Aos participantes inscritos serão emitidos certificados.

O Programa Conecta Startup Brasil é uma realização da Softex, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e tem como parceiro executor o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Veja o edital no link (https://conectastartupbrasil.org.br/edital/). As inscrições para participar do programa ficam abertas até dia 27 deste mês, para se inscrever basta acessar o link (https://linktr.ee/ConectaStartupBrasil).

Espaço Thech

No início de agosto o prefeito Firmino Filho assinou um termo de parceria entre a Prefeitura de Teresina, através da Semdec e a Softex, com o objetivo de promover o desenvolvimento do Programa de Inovação, que será sediado na Praça Ocílio Lago, conhecida popularmente como Praça dos Skatistas, local onde funcionará o Espaço Thech.

O Espaço Thech tem como finalidade fomentar a educação empreendedora, desenvolvimento tecnológico, startups e competitividade em Teresina. O Conecta Startup Brasil – Roadshow já é uma das ações desse projeto. Caso alguma ideia de Teresina seja selecionada, o Espaço Thech fará o acompanhamento dessas equipes.

Semdec levará projeto de realidade virtual ao Teresina em Ação deste sábado (24)

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em parceria com o Instituto Federal do Piauí (IFPI), levará o projeto “Realidade Virtual” para a 24ª edição do Teresina em ação, que acontece neste sábado (24), na praça do bairro Morada Nova. Fotos em 360° de alguns pontos turísticos de Teresina, robótica educacional e games interativos serão algumas das atividades apresentadas no evento.

Com a expansão do mercado tecnológico e a recente parceria firmada entre a Semdec e a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro – SOFTEX, o objetivo do projeto é divulgar algumas atividades que serão desenvolvidas no laboratório maker e incentivar a educação empreendedora e o desenvolvimento tecnológico de startups e competitividade a partir do contato da população com atividades inovadoras e tecnológicas.

Segundo o professor Francisco Marcelino, coordenador do projeto de Realidade virtual, é de extrema importância esse primeiro contato da população com a tecnologia e a inovação, uma vez que essa é uma brecha para que mais pessoas se aproximem das universidades e institutos do país.

“É excepcional a aplicabilidade desse projeto no Teresina em Ação, porque querendo ou não isso aproxima as pessoas da pesquisa, incentiva o jovem pegar gosto pela tecnologia e desmistifica muita coisa, uma vez que nosso intuito é deixar o entendimento sobre os projetos desenvolvidos mais acessíveis ao público, a partir da interatividade e da simplificação”, comenta.

Além disso, o professor comenta sobre a expectativa dos professores e alunos com o evento. “Nossa expectativa está ‘nas nuvens’, porque é extremamente gratificante levar o ensino e a pesquisa para o público mais leigo. Em um evento dessa magnitude, todo mundo sai ganhando, haja vista que esse é o retorno que podemos dar á sociedade”, analisa.

De acordo com o gestor da pasta, Venâncio Cardoso, a estratégia utilizada pela secretaria foi aliar a tecnologia ao turismo teresinense e com isso despertar o interesse pela visita aos pontos turísticos da cidade.

“Nossa intenção não é só levar tecnologia, é aproximar o teresinense dos seus pontos turísticos, então essa vai ser uma experiência de visitação e conhecimento da cidade sem a necessidade de você sair do lugar. Um stand muito bacana foi montado na praça e lá os alunos estarão promovendo interatividade com robôs, jogos genuinamente piauienses e outras atividades. Vai ser uma ação muito interessante e por isso convido a todos para este sábado na praça do bairro Morada Nova”, finalizou.

Cerca de 15 alunos participará da iniciativa e irão ajudar na organização, condução e explicação do projeto. Os pontos turísticos que terão foto em 360° graus para observação são: Ponte Estaiada, Parque da Cidadania, Parque do Mocambinho, Encontro dos Rios e Parque Lagoas do Norte. Além disso, um dos óculos de realidade virtual exibirá um vídeo específico que mostra a visão panorâmica da subida e descida da estaiada. O intuito é fazer as pessoas se sentirem em um passeio pela capital.

Semdec promove uso de tecnologia no agronegócio na Segunda ExpoTeresina e II Arraiá dos Municípios

Com a ideia de abrir espaço para startups voltadas para o agronegócio, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai promover uma minifazenda, com o uso de animais de brinquedo, que vai simular situações reais de ferramentas tecnológicas dentro de uma fazenda. A ação vai ocorrer na Segunda ExpoTeresina e II Arraiá dos Municípios, evento que ocorre do dia 21 a 24 de deste mês no Parque de Exposição Dirceu Arcoverde, em Teresina.

Segundo o gerente de Tecnologia e Inovação da Semdec, Joselé Elias Martins, a minifazenda tem dois objetivos básicos, levar as crianças do evento a interagir com os animais de brinquedo, vivenciando situações que podem usar tecnologia de uma fazenda, enquanto programadores voltados para esse segmento apresentam suas soluções aos pais.

“Na minifazenda, por exemplo, nós colocaremos um boi de brinquedo com um brinco, que na verdade é um microchip. Enquanto isso, uma startup estará conversando com o adulto explicando como aquele microchip pode oferecer inúmeras informações na palma da mão através de um app instalado no smartphone”, explicou o gerente.

De acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a secretaria tem como objetivo ceder espaço qualificado para que as startups voltadas ao agronegócio encontrem seu público e assim consigam impulsionar seu trabalho.

“O agronegócio representa uma boa fatia da economia no Brasil e sabemos que a mecanização da lavoura, da agricultura é algo cada vez mais real no nosso país. A Semdec quer promover esse encontro entre necessidades, ideias e soluções, levando quem trabalha com tecnologia para perto de quem trabalho com o agronegócio”, explicou o secretário.

Entre as startup que estarão atuando na minifazenda na Segunda ExpoTeresina, estão a Gado Azul, startup genuinamente teresinense que tem como proposta inovar a pecuária no Brasil, oferecendo soluções de controle de uma fazenda através de equipamentos e softwares modernos.