SEMDEC reunirá prefeitos da Instância de Governança do Pólo Teresina

Na próxima terça-feira (16), as cidades que formam o Conselho da Instância de Governança do Pólo Teresina irão se reunir no Palácio da Cidade. A oportunidade veio após um convite do Prefeito de Teresina, Firmino Filho.

O principal objetivo da reunião é debater sobre os recursos federais disponíveis para investimentos turísticos nos municípios, debater o acesso a esses recursos, principalmente para projetos de interesse de municípios e iniciativa privada. Com isso, os representantes das cidades se nortearão a respeito da tramitação necessária.

A Governança Regional no Pólo Turístico Teresina tem como objetivo auxiliar a buscar de ferramentas para que cada unidade federada, região e município tenha meios para explorar da melhor maneira suas alternativas de desenvolvimento do setor de turismo. O Pólo Teresina é formado pelas prefeituras e entidades públicas e privadas de 13 municípios, de acordo com o Mapa do Turismo Brasileiro.

Vale lembrar que o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso , foi agraciado no mês de junho do ano passado, com a presidência da Instância de Governança Regional no Pólo Turístico Teresina. A decisão foi tomada de forma coletiva e aberta, no Encontro de gestores sobre Instância de Governança Regional no Pólo Turístico Teresina.

Teresina registra aumento de atendimentos turísticos em postos da Semdec

Teresina registrou nos três primeiros meses de 2019 um movimento de 12.275 visitantes nas quatro Centrais de Atendimento ao Turista: Aeroporto, Terminal Rodoviário, Encontro dos Rios e Ponte Estaiada. Isso representa um crescimento de 109% em relação aos três primeiros meses de 2018, que registraram 5.881 atendimentos. Os dados foram levantados pela Coordenação Especial de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

O posto de maior movimentação é o instalado no Terminal Rodoviário de Teresina, que proporcionou 3.626 atendimentos nos primeiros três meses de 2018, saltando para 5.160 no mesmo período de 2019. Vale ressaltar que os quatro postos de atendimento ao turista são de responsabilidade da Semdec.

Ainda de acordo com estes dados, de janeiro a março de 2019 verificou-se que a maioria dos turistas que visitaram os postos de atendimento são de São Paulo, representando 19,4% do total de pessoas atendidas, seguidos dos que procederam do Ceará, com 11,1%, e dos que procederam do Maranhão e de Brasília, ambos com 9,3%.

Além disso, a permanência média destes turistas em Teresina, nos meses de janeiro a março de 2019, esteve concentrada entre 1 e 3 dias. Visitas a parentes e férias foram os principais motivos de viagem naquele período, seguidos de negócios, como uma das motivações.

Ainda de acordo com o levantamento, 95% dos entrevistados informaram que desejam retornar a Teresina porque gostaram da cidade, 56,5% dos quais atraídos pelos familiares que residem na capital e 29,7% por apelos da Internet.

Os formulários de pesquisa foram aplicados no período de janeiro a março de 2019, junto aos turistas que visitaram as quatro centrais de atendimento, utilizando programa Google Drive para a realização da tabulação.

Pesquisa revela que organização e segurança foram os itens mais bem avaliados no Corso 2019

A organização do Corso de Teresina teve aprovação de 90,8% dos foliões que foram brincar na Avenida Raul Lopes este ano. É o que revela a pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), durante a maior festa de pré-carnaval do Piauí. O objetivo do estudo era entender a opinião do público, o grau de satisfação e traçar o perfil da movimentação turística motivada pela festa.

De acordo com a pesquisa, os entrevistados avaliaram positivamente o novo formato do Corso proposto pela Fundação Municipal Cultural Monsenhor Chaves, que este ano trouxe palcos e bandas ao longo da avenida, agradando assim a maior parte dos foliões que estavam na avenida.

Com relação a segurança, a pesquisa mostrou que houve uma aprovação de 92,2% dos entrevistados. O Centro Integrado de Comando e Controle montado no evento constatou o registro de apenas oito pessoas conduzidas para Central de Flagrantes e registros de Boletim de Ocorrência relacionados a apenas crime patrimonial.

A pesquisa, que também visava traçar o perfil da movimentação turística, constatou que houve um aumento no fluxo de turistas. Em 2018, Teresina recebeu 8.400 turistas de outros estados, durante o Corso, número que passou para 13.800 em 2019, ou seja, houve um crescimento de 64,3% com relação ao ano anterior. Isso atingiu positivamente o fluxo de turistas que se utilizaram da rede hoteleira de Teresina, onde o setor observou o aumento de 10% em 2018, para 21,2% em 2019.

O coordenador da pesquisa, Eneas Barros, acredita que a quantidade de turistas de outros estados na festa do Corso foi motivada pelas ações da Semdec ao longo do ano anterior. “A Secretaria esteve divulgando a festa no Festival de Turismo de Gramado e na ABAV 2018. Lançamos também vídeos promocionais e melhoramos a divulgações das atividades culturais de Teresina por meio das redes sociais. Vale salientar que a promoção do Corso como produto turístico envolveu ainda a vinda de operadores de Turismo, agentes de viagem e jornalistas especializados para o Corso de 2019. Esperamos, com isso, gerar pacotes de viagem tendo o Corso 2020 como principal motivação, fazendo assim a festa crescer ainda mais”, disse.

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a pesquisa mostra à Teresina que vender o Corso como um dos seus principais produtos turísticos, gera ganhos reais para o setor. “A cidade de Teresina tem hoje uma festa muito bonita e organizada para atrair pessoas e visitantes e isso é extremamente importante para o setor do Turismo. Restaurantes, rede hoteleira, entre outros, ganham diretamente com o crescimento do Corso. A pesquisa mostra isso, já que de acordo com ela 74,1% dos entrevistados disseram desejar retornar ao Corso em 2020. Acredito que isso tudo também seja por causa das ações desempenhadas ao longo de 2018 pela Prefeitura de Teresina”, explica.

Semdec espera que Corso 2020 seja vendido como produto turístico

Uma cidade boa para fazer compras, comer bem e se divertir no Corso 2020. É assim que os agentes de viagens, operadores de turismo e jornalistas especializados que participaram do Famtour (familiarization tour, em inglês), promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), venderão Teresina a partir deste ano.

O Famtour possibilitou ao grupo conhecer vários restaurantes, visitar a Ponte Estaiada, Encontro dos Rios, Polo Cerâmico, Parque Floresta Fóssil, realizar um passeio de barco pelo Rio Poti e participar do Corso 2019. A programação foi toda pensada para mostrar o melhor de Teresina.

Formado por dois jornalistas, Ariel Figueroa (Coluna de Turismo-BA) e Felipe Lima (Editora Via-SP); três agentes de Turismo, Charles Nelson e Eliane Sena (Checkamos Turismo e Eventos-RJ), João Paulo da Silva (JP Turismo-PR) e Maria de Fátima Leite (Viajar Turismo-PA) e uma operadora de Turismo, Danielle Nunes (Mondial Turismo-ES), o grupo possui nomes reconhecidos nacionalmente.

A ideia do Famtour ocorreu depois de perceber interesse de empresas nacionais durante o Festival de Turismo de Gramado. O evento aconteceu em novembro do ano passado, no Sul do país, onde o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, apresentou as potencialidades turísticas de Teresina.

“A ideia é fazer com que essas pessoas, que mostraram interesse em conhecer Teresina, possam conhecê-la de fato e passar a vender nossa cidade como um destino turístico interessante. A equipe da Semdec se mobilizou para mostrar os números da cidade, mas também para mostrar nossas belezas, nossa culinária e, claro, o Corso 2019. Assim, nós queremos que eles promovam a vinda de grupos de turistas, em especial na época do Corso, hoje uma das principais manifestações populares da nossa cidade”, explicou o secretário Venâncio Cardoso.

De acordo com o coordenador Especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, vender o corso para o Brasil é algo importante para economia de Teresina, uma vez que a festa ajuda a movimentar números interessantes para a capital.

“Em 2018, por exemplo, o Corso movimentou recursos equivalentes a R$ 49,5 milhões, sendo que 14,7% desse total foram gerados pelos gastos dos turistas em função do Corso. Acreditamos que esse potencial deve ser cada vez mais explorado”, disse.

 

Teresina recebe visitas nacionais de operadores e jornalistas de turismo para divulgar Corso 2019

Para consolidar Teresina no mercado turístico nacional, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) promove uma viagem de familiarização, durante o Corso 2019, com agentes de viagens, operadores de Turismo e jornalistas especializados. É o chamado Famtour (familiarization tour, em inglês). O grupo chegará em Teresina nesta sexta-feira (22).

A ação faz parte de uma estratégia montada pela Semdec, para apresentar Teresina como opção com potencialidades turísticas. A ideia ocorreu depois de perceber interesse de empresas nacionais, durante o Festival de Turismo de Gramado, que aconteceu em novembro do ano passado, no sul do país, onde a Secretaria apresentou, em sala técnica, as potencialidades turísticas de Teresina.

A apresentação, conduzida pelo secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, e pelo Coordenador Especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, despertou interesse de diversas empresas como a Mondiale Turismo (Campinas), JP Turismo (São José dos Pinhais), Viajar Viagens e Turismo (Belém), Jornal Brasilturis (São Paulo) e Coluna de Turismo (Ilhéus). Além disso, outras empresas como a Checkamos Turismo (Rio de Janeiro) e Canal Terra Viva (Natal) também manifestaram interesse no mercado de Teresina e irão se unir a estas empresas durante o famtour pela capital piauiense.

Com isso, depois de reunião com Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), esses profissionais foram convidados para conhecer o Corso de Teresina, que em 2012 entrou para o Guiness Book como o maior desfile de carros alegóricos do mundo.

Os empreendimentos da área em Teresina terão a oportunidade de conversar com os operadores de turismo e jornalistas convidados, para a montagem de pacotes a serem distribuídos e comercializados por agentes de viagens. A reunião de apresentação do produto Teresina, acontecerá na manhã deste sábado (23), no Gran Hotel Arrey, às 09h. A exposição será conduzida pelo secretário Venâncio Cardoso, que mostrará números do Turismo teresinense e suas potencialidades.

“O objetivo é fazer com que esses profissionais tenham uma dimensão desse grande evento, e possam gerar resultados para, no ano seguinte, promover a vinda de grupos de turistas interessados nessa grande festa de pré-carnaval”, disse o secretário. “Essa iniciativa de trazer a Teresina jornalistas especializados e operadores de turismo fortalece o turismo local e gera uma demanda, elevando a receita deixada pelos visitantes”, finalizou Venâncio Cardoso.

Depois de participar do Corso, o grupo de convidados fará passeios por Teresina, incluindo visitas ao Parque Encontro dos Rios, ao Polo Cerâmica e à Ponte Estaiada, além de experimentarem da gastronomia típica local, encerrando com uma visita ao Parque Floresta Fóssil e um passeio de barco pelo rio Poti, promovido pelo Centro de Educação Ambiental do Governo do Estado.

Corso em números 

Em 2018, o Corso movimentou recursos equivalentes a R$ 49,5 milhões, sendo que 14,7% desse total foram gerados pelos gastos dos turistas em função do evento. Segundo cálculos do Centro Integrado de Segurança Pública do Governo do Estado, em 2018 o Corso recebeu 400 mil foliões e em 2017, 330 mil pessoas participaram do evento.

 

Semdec realizará pesquisa com folião durante Corso de Teresina 2019

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai realizar, durante o Corso de Teresina 2019, uma pesquisa, junto ao folião, para avaliar a opinião do público e o grau de satisfação do turista. A pesquisa quer traçar o perfil da movimentação turística motivadas pela festa do Corso, colhendo informações mais técnicas, como gastos e hospedagem, entre outras questões que serão estudadas. Desde 2015, a Semdec realiza esse tipo de pesquisa.

Para a aplicação da pesquisa uma equipe formada por 20 estudantes universitários, a grande maioria vindos do curso de Turismo da UESPI, e outros cursos da UFPI, estarão trabalhando voluntariamente durante o evento carnavalesco aplicando questionários. O secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, conversou com os estudantes na manhã desta quarta-feira (13).

“Há cinco anos, a Semdec vem monitorando o perfil do folião na avenida durante o Corso de Teresina. Para se ter ideia, em 2012 estiveram 40 mil pessoas acompanhando o corso, enquanto que em 2018 essa quantidade saltou para 400 mil, segundo cálculos do Centro Integrado de Segurança Pública do Estado do Piauí. Essas pesquisas permitem à Semdec avaliar os serviços oferecidos na avenida, além de calcular a receita gerada em função do evento. Em 2018, por exemplo, o Corso movimentou R$ 49,5 milhões, sendo R$ 7,3 milhões injetados diretamente pelo setor de Turismo”, explicou o coordenador de Turismo da Semdec e também coordenador da pesquisa, Eneas Barros.

Para o secretário Venâncio, a pesquisa durante o corso é muito importante para a Semdec, pois são coletadas informações de extrema relevância tanto para a Prefeitura de Teresina, como para o empresariado local do setor de Turismo.

“Informações e opinião sobre a festa, gatos e motivações são importantes, pois assim dará um norte para a organização da Prefeitura para os próximos anos, assim como também para o empresariado local, uma vez que as empresas do setor de turismo podem se preparar visando o público alvo do corso”, explicou.

O secretário explica ainda que o corpo de pesquisadores realizará o trabalho de forma voluntária, recebendo um certificado de participação assinado pela secretaria com carga horária de 60hs. “Acredito que seja uma experiência muito benéfica para esses universitários, uma vez que eles vão ter um contato direto com um tipo específico de pesquisa. É extremamente importante para que eles vejam de perto variantes metodológicas e também para que universidade e população se aproximem”, disse.

Corso 2019

A maior manifestação popular carnavalesca de Teresina acontece no próximo dia 23 de fevereiro, a partir das 16h, na Avenida Raul Lopes, zona Leste. Este ano, o Corso vem trazendo uma novidade que contempla até 10 foliões. Pela primeira vez será realizado o Concurso Melhor Fantasia, onde os inscritos irão concorrer a uma premiação no valor de R$ 1.000 reais.

Semdec firma parceria com Funaci que beneficia estudantes da Escola Família de Turismo

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) assinou, na manhã desta terça-feira (12), um Termo de Fomento com a Fundação Padre Antônio Dante Civieiro (FUNACI). Com a parceria, estudantes da Escola Família de Turismo (EFTUR) terão a oportunidade de realizar estágios nos Centros de Atendimento ao Turista (CATs), que são de responsabilidade da secretaria.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a assinatura do termo se torna importante para que esses estudantes tenham a oportunidade de atuar e conhecer de perto o mercado de trabalho no setor de turismo em Teresina.

“A Semdec entende que é de extrema importância firmar parcerias como esta, na qual estudantes, que em sua grande maioria são jovens de até 20 anos, possam estar encontrando no setor de turismo uma boa oportunidade profissional e tendo contato com esse setor específico do mercado de trabalho”, disse.

De acordo com Paulo César, presidente da FUNACI, a assinatura do termo fortalece a parceria com a Prefeitura e a Semdec, mas, principalmente, fortalece o jovem que precisa inicialmente de um estágio para que acesse ao mercado de trabalho.

“Esse Termo de Fomento é muito importante para fortalecer essas relações e é único e exclusivo para que nossos alunos possam, quando ingressar no mercado de trabalho, ter a experiência de estágio em pontos turísticos da capital, como a Ponte Estaiada, o Encontro dos Rios. Então, isso fortalece o encontro do jovem com a comunidade e também porque eles aprendem, na prática, o que eles precisam para permanecer no mercado de trabalho, como comportamento, práticas de boas condutas, isso tudo contribui para a formação desses jovens”, explicou.

A FUNACI é uma entidade filantrópica que tem como missão contribuir para a integração do ser humano na sua realidade como sujeito ativo na superação dos problemas que lhe afetam. A entidade atua, principalmente, nas áreas de educação, saúde, agricultura, assistência social e formação humano-espiritual. Suas ações estão concentradas em Teresina na região da Grande Socopo, na zona Leste, como também nos municípios piauienses, a exemplo de Aroazes, São Pedro do Piauí e Miguel Alves.

Semdec participa de palestra sobre turismo do Ceará

Com a proposta de mostrar a experiência na transformação do turismo no estado Ceará, o Secretário de Turismo daquele estado, Arialdo de Mello Pinho, realizou uma palestra, na manhã desta sexta-feira (8), no auditório Newton Lopes da Universidade Federal do Piauí (UFPI). O coordenador de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Eneas Barros, esteve participando do evento.

Com o título “Turismo: a experiência do Ceará!”, a palestra destrinchou o amplo trabalho do governo cearense para unir o setor público e privado na tentativa de alavancar o turismo no estado. Investimento em publicidade, maior participação em eventos internacionais (para vender o turismo cearense), além da ampliação no número de linhas aéreas nacionais e internacionais com saída e destino ao estado, foram alguns dos pontos expostos.

De acordo com o secretário, o turismo precisa ser encarado como negócio para que ele se torne um setor de sucesso. “Turismo não é lugar de festa, turismo é negócio. Além disso, não adianta só o governo querer fazer o turismo. A sociedade tem que querer fazer turismo”, explicou Arialdo.

Para o coordenador de turismo da Semdec, o modelo apresentado pelo gestor do Ceará mostra que há uma necessidade latente de investimentos em setores muito específicos para o desenvolvimento do turismo de qualquer região.

“A gente pode ver que houve uma ampla divulgação das belezas e potencialidades do Ceará para que ele pudesse se tornar atrativo para o turismo. Acredito que adequando à realidade teresinense, onde nossa potencialidade é no turismo de negócios, saúde e eventos, podemos tornar esse setor cada vez mais forte na capital”, disse.

A palestra que é uma iniciativa conjunta entre a Câmara Setorial de Turismo, a qual a Semdec faz parte, a UFPI e o Rede Pense Piauí, contou com a presença de várias autoridades piauienses, como os senadores Elmano Férrer e Ciro Nogueira, a deputada federal Iracema Portela e o deputado estadual, Júlio Arcoverde, entre outros.

Ponte Estaiada registra aumento de quase 37% no número de visitações em janeiro deste ano

Teresina registrou um crescimento de 36,8% no fluxo de visitações ao Mirante da Ponte Estaiada em janeiro de 2019. Segundo o coordenador de turismo da Semdec, Eneas Barros, o aumento se deve principalmente ao Festival The Vejo na Ponte, que aconteceu nos três últimos domingos de janeiro. Ao todo, 7.308 pessoas visitaram um dos principais cartões postais da capital, só neste início de ano. Em janeiro de 2018 foram apenas 5.340 visitas.

Além disso, a quantidade de acessos ao Mirante da Ponte Estaiada encerrou o ano de 2018 com um total de 49.338 visitas, o que representa um aumento de 6,9% em relação ao ano de 2017. Os dados apresentados são da Equipe Técnica da Coordenação de Turismo da Semdec.

Ainda de acordo com o levantamento, em uma comparação entre 2017 e 2018, levando em consideração os quatro Centros de Atendimento ao Turista (CATs) mantidos pela Semdec, sendo eles o CAT do Aeroporto, Terminal Rodoviário, Encontro dos Rios e Ponte Estaiada, o crescimento é mais significativo ainda, registrando um aumento de 53,7%, o que, em números, corresponde a um total de 32.022 atendimentos.

Segundo o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), Venâncio Cardoso, esses números positivos são fruto das ações desenvolvidas pela secretaria no decorrer do ano de 2018, como forma de chamar a atenção dos teresinenses para este importante ponto turístico da capital.

“Estamos muito felizes com este crescimento porque estes números mostram que as ações que estamos promovendo estão dando um bom resultado. A Ponte Estaiada deve ser valorizada e, por isso, desde que voltamos a administrá-la, nossos esforços estão concentrados em tornar aquele ponto turístico mais atrativo para o teresinense e para o turista”, comentou.

O Mirante da Ponte Estaiada fica aberto de terça a sexta-feira, de 10h às 18h e de sábado a domingo (e feriados) de 11h às 19h. A taxa para acessar o mirante custa R$ 3,00 inteira e R$ 1,50 para estudantes.

 

Secretário defende em Gramado implantação de mais secretarias de turismo no país

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Teresina, Venâncio Cardoso, defendeu durante Assembleia Ordinária da Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo (ANSEDITUR), ocorrida na manhã desta quinta-feira (8), em Gramado (RS), a implantação de mais secretarias de turismo nos municípios brasileiros para que mais cidades tenham acesso aos recursos do BNDES.

De acordo com o secretário da Semdec, a ANSEDITUR deve trabalhar para estimular que mais secretarias de turismo sejam implantadas no país. “O município deve ter uma secretaria e um Conselho Municipal de Turismo para conquistar o Selo Oficial +Turismo e, consequentemente, receber mais investimentos para o desenvolvimento do setor, então, é extremamente importante que a ANSEDITUR possa focar sua força de trabalho nesse sentido”, explicou.

No último mês de setembro o Ministério do Turismo concedeu à Teresina o Selo Oficial +Turismo, distinção que garante prioridade na tramitação de projetos que dão entrada na linha de crédito Prodetur+Turismo. Ou seja, com o selo, a capital do Piauí passa a ter acesso com mais facilidade aos investimentos defendidos pelo gestor.

Para se ter ideia da capacidade desses investimentos, o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, anunciou em setembro que a linha de crédito Prodetur+Turismo chegou à marca dos R$ 2 bilhões divididos em 57 projetos apresentados, sendo 49 do setor público e oito da iniciativa privada.

Festuris

O secretário da Semdec está na cidade gaúcha para participar do Festival de Turismo de Gramado (Festuris), que terá sua abertura na noite desta quinta-feira (8). O evento mudou o setor turístico no Rio Grande do Sul ao se tornar fundamental para a profissionalização do mesmo.

Dentro da programação do Festival, o secretário ainda terá um espaço, na tarde do sábado (10), onde realizará um painel apresentando os Roteiros Turísticos de Teresina, material lançado pela Semdec em agosto deste ano.