Estudo registra queda no fluxo de passageiros no aeroporto de Teresina por causa de pandemia

Um estudo realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), com base em dados da Infraero, registrou uma queda de 95,9%, no fluxo de passageiros embarcados pelo aeroporto, nos últimos quatro meses. Em janeiro deste ano, embarcaram 62.371 passageiros, contra 2.582 que embarcaram no último mês de abril. A queda está relacionada ao incentivo ao isolamento social, por conta do contágio pelo Coronavírus (Covid-19).

De acordo com os dados, o fluxo acumulado de passageiros e turistas, que utilizaram o aeroporto de Teresina como portão de entrada, sofreu queda de 41,4% nos quatro primeiros meses de 2020, em comparação com igual período de 2019. Em relação especificamente ao número de turistas, nos quatro primeiros meses de 2019, eram 133.964, contra 78.503 em igual período de 2020.

Para o secretário da Semdec, Raul Ferraz, esse número pode ser inicialmente impactante, mas é apenas um reflexo do novo comportamento social provocado pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), em todo o mundo. “Nós estamos vivendo um momento de pandemia e a Prefeitura de Teresina tem feito um papel muito importante de controle da situação para salvar vidas. Não houve fechamento total de entrada e saída de pessoas do município, acredito que a movimentação caiu naturalmente, tanto pela situação sanitária mundial, quanto pela consciência das pessoas de ficar em casa. O setor do Turismo, é claro, perde muito, mas é um reflexo não só para Teresina, mas para todo o planeta”, diz.

 

Turismo

Entre janeiro e abril de 2019, a Receita Turística acumulada foi equivalente a R$ 159,6 milhões, valor que caiu para R$ 93,5 milhões em igual período em 2020. Em janeiro deste ano, a Receita Turística foi de R$ 45,5 milhões, caindo para R$ 1,8 milhão em abril, uma queda de 96,0%.

Segundo o com o Coordenador Especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, os dados mostram que o coronavírus trouxe um grande impacto no turismo registrando queda brusca no setor. “A Coordenação de Turismo está atenta aos impactos que o Coronavírus tem exercido sobre a atividade turística, notadamente sobre o fluxo de passageiros no Aeroporto de Teresina, que sofreu uma queda brusca, nos primeiros quatro meses do ano de 2020. É natural que esse comportamento tivesse influência direta na atividade turística, o que levou o fluxo a esse comportamento negativo”, disse o Coordenador.

“É provável que em maio esse número se reduza mais ainda, em função da suspensão de voos que para cá se destinam”, completou.

Projeto que visa oferecer qualificação a garçons é apresentado em reunião do Comtur

O Conselho Municipal de Turismo (Comtur) está estudando a aplicabilidade de um projeto que visa oferecer qualificação a garçons de Teresina. A ideia, apresentada pelo vice-presidente do Comtur, Eduardo Rufino, é que estes profissionais aperfeiçoem o atendimento ao cliente, explicando melhor acerca dos pratos oferecidos, dos atrativos turísticos da cidade e até de outros serviços prestados na capital.

De acordo com o projeto, apresentado na primeira assembleia de 2020 do Conselho, realizada na manhã de quinta-feira (5), no espaço do Mirante da Ponte Estaiada, não apenas o garçom, mas outros profissionais que lidam diretamente com turistas poderiam receber essa qualificação. “Nossa ideia não é atrapalhar ou invalidar o trabalho do guia de turismo, mas sim dar uma melhor qualificação a estes profissionais. Quando um turista chega a um lugar, pergunta para qualquer pessoa onde comer ou o que tem para fazer na cidade, e estes profissionais são os primeiros a ter esse contato. Se Teresina apresentar um padrão de alta qualidade em atendimento, teremos com certeza resultados positivos”, explica Rufino.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e presidente do Comtur, Venâncio Cardoso, a ideia é muito positiva se houver união do setor do turismo. “É uma ideia excelente, que precisa ser considerada. O empresariado terá que pensar de forma ampla para seu negócio. Investir na qualificação destes profissionais, desta forma, tem dado certo em vários lugares do mundo”, destacou. O presidente do Comtur encaminhou a proposta para estudo e parecer da Câmara Técnica e Relacionamento, formado por representantes da Abrasel, UESPI, ABAV e Teresina Convention & Visitors Bureau (TC&VB).

Além desta pauta, a reunião ainda aprovou o Regimento Interno próprio e criou as Câmaras Técnicas para melhor organizar e estruturar o Comtur. Além disso, o coordenador especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, ainda apresentou os resultados da pesquisa do Corso 2020.

A assembleia foi a última presidida pelo secretário Venâncio Cardoso, em sua gestão, uma vez que ele deverá se desincompatibilizar da Semdec no fim de março e retornar à Câmara Municipal de Teresina em abril.

Semdec promove famtour com profissionais do turismo nacional para apresentar Teresina

Dando continuidade às estratégias para inclusão de Teresina no mercado turístico nacional, Teresina será palco de um novo famtour (turismo de familiarização). Desta vez, cerca de 12 integrantes, entre agentes de viagens, jornalistas e operadores de Turismo, de mais de dez empresas nacionais participarão da atividade. Os profissionais conhecerão os principais atrativos turísticos do município e participarão do Corso 2020. O famtour foi viabilizado pelo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e acontecerá entre os dias 14 e 16 de fevereiro.

Esta é a segunda viagem de familiarização promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). A primeira ocorreu no ano de 2019, também no período do Corso de Teresina, e trouxe resultados positivos para o setor turístico da capital, incluindo Teresina em pacotes de viagens e a circulação de matérias em sites e revistas nacionais sobre as potencialidades do município.

Em 2020 as empresas participantes do Famtour são: Braztoa, Flytour e Avtur (São Paulo), Kontik e Coluna do Turismo (Bahia), Gaia Turismo (Rio Grande do Sul), Clair Turismo (Santa Catarina), Schultz (Paraná), Mercado do Turismo (Minas Gerais) e Meru Viagens (Brasília). O custeio das passagens aéreas para a vinda dos convidados foi feito através do Fundo Municipal de Turismo (FUMTUR).

Para o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, o objetivo da ação é apresentar e aproveitar as potencialidades turísticas de Teresina para comercializá-la. “Já vimos que os resultados obtidos com essa ação foram muito positivos, por isso continuamos com essa estratégia. Temos o maior Corso do mundo e esse produto precisa ser comercializado nacionalmente. Além disso, trazer jornalistas especializados e operadores de turismo ajuda no fortalecimento do turismo local, gerando demanda e, consequentemente, elevando a receita deixada pelos visitantes”, analisou.

De acordo com o coordenador Especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, o famtour é também uma grande oportunidade para os empreendimentos da área turística da cidade. “No dia 15 de fevereiro a Secretaria vai promover uma reunião técnica, onde os empreendimentos que operam com receptivo em Teresina terão a oportunidade de conversar com os Operadores de Turismo, agentes de viagens e jornalistas convidados, para que seus serviços sejam incluídos nos roteiros a serem elaborados”, explicou.

Além de participarem do Corso, o grupo de convidados fará passeios por toda a cidade, incluindo visitas ao Parque Encontro dos Rios, ao Polo Cerâmico e à Ponte Estaiada, além de experimentarem da gastronomia típica local. O tour encerrará com visita ao Parque Floresta Fóssil, cujas obras de instalação do museu e outras estruturas já foram autorizadas e iniciadas.

Números do Corso

No ano de 2019 o Corso de Teresina recebeu cerca de 280 mil foliões. Destes, 12% a 14% eram turistas de outros estados, representando um aumento de 64,3% em relação ao ano de 2018.  Além disso, 90,8% das pessoas que participaram do evento aprovaram a organização da festa e 92,2% aprovaram a segurança do local. A expectativa é que este ano o Corso gere um faturamento de R$ 26,5 milhões e atraia mais de 300 mil foliões.

Mais uma empresa nacional inclui Teresina em roteiro de viagem

Teresina foi incluída em mais uma rota turística por uma agência nacional de viagem. Desta vez foi a empresa Checkamos, responsável por oferecer, em seu catálogo, um roteiro que inclui Teresina como “primeira parada” para as belezas do estado do Piauí. Esta é a segunda vez que a capital é oferecida como “primeira parada”. Ano passado, a Mondiale Turismo foi pioneira nesta iniciativa.

De acordo com o anúncio da empresa, o pacote oferta uma noite e um city tour completo pela cidade. Estas ações de pacotes turísticos para conhecer o Piauí têm acontecido depois de frequentes investimentos da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), que desde 2018 já participou de oito eventos nacionais de turismo para divulgar a cidade, são eles: WTM Latina America (SP), BNT Mercosul (SC), Expo ABAV (SP) e Festuris (RS).

Assim como a empresa Mondiale Turismo, que em julho de 2019 também incluiu Teresina em suas rotas turísticas, a comercialização da capital pela Checkamos ocorreu após a participação da empresa no famtour 2019 (turismo de familiarização), que ocorreu no período de realização do Corso de Teresina. Com a participação de vários jornalistas, operadores e empresas ligadas ao setor turístico, o famtour rendeu menções relevantes acerca dos atrativos turísticos teresinenses, em jornais, revistas e sites de turismo nacional, como o brasilturis.com e a “Revista F”, publicação oficial do evento nacional ‘Festuris’.

Para o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, o famtour foi substancial para que, tanto as agências de viagens como as operadoras de turismo, enxergassem o potencial turístico de Teresina. “Foi um grande acerto a promoção desta ação em 2019, uma vez que foi ele um dos responsáveis por nossa cidade passar a ser vista como atrativo turístico. Com essa inclusão, a economia local tem muito a ganhar, pois a taxa de ocupação hoteleira tende a aumentar, assim como os serviços oferecidos por nossa cidade tendem a serem impulsionados”, explicou.

De acordo com o coordenador especial de Turismo da Semdec, Eneas Barros, essa boa reação do mercado do turismo no ano de 2019 é reflexo das ações promovidas pela secretaria no decorrer do ano. “O turismo reagiu consideravelmente bem e a maior prova disso são essas inclusões de Teresina nos pacotes turísticos nacionais, então isso só mostra o quanto nossas participações em eventos e a própria promoção do famtour trouxeram bons frutos para o setor. Além disso, o famtour 2020 já está sendo organizado e houve uma procura muito boa por parte das operadoras de turismo em participar”, pontuou.

Indicadores Turísticos

De acordo com dados de pesquisa realizada pela Semdec, em 2019, cerca de 857 mil turistas visitaram a capital piauiense, com 52,4% das visitas sendo motivadas pelos negócios. A pesquisa, que foi publicada em forma de revista, apontou ainda que 27% das pessoas que vêm para Teresina se utilizam de algum serviço das agências de viagens, fato que reforça ainda mais a importância da inclusão da capital nas rotas turísticas destas grandes empresas do Brasil.

Horário de funcionamento do mirante da Ponte Estaiada é alterado

O mirante da Ponte Estaiada terá seu horário de funcionamento alterado a partir desta quinta-feira (30). A mudança foi necessária por conta das chuvas que têm atingido Teresina, em especial no turno da tarde e noite. A alteração antecipará o horário de abertura das visitações, para que, caso seja necessário, o mirante feche mais cedo.

Os elevadores que dão acesso ao mirante funcionam de terça a domingo. De terça a sexta, o horário passará a ser de 10h às 13h e de 14h às 19h (com a possibilidade de fechar mais cedo por causa das chuvas). Já os horários no fim de semana permanecem o mesmo. No sábado, domingo e feriados de 10h às 13h e de 14h às 18h (com a possibilidade de fechar mais cedo por causa das chuvas).

De acordo com o Coordenador Especial de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Eneas Barros, os elevadores que dão acesso ao mirante da Ponte Estaiada são a grande questão para a mudança no horário de funcionamento.

“A Ponte Estaiada possui elevadores abertos, isso porque são elevadores panorâmicos, sujeito a vento e a chuva. Quando chove é necessário que se recolham para ficarem protegidos na parte de cima do mirante. É questão de segurança, na verdade. Temos que contar também com outras variáveis como oscilações de energia, pane elétrica ou outros. Por isso a ordem é para que os elevadores sejam desativados. Os horários permanecerão assim até o fim do período chuvoso”, explicou Eneas.

Acesso 

Para visitar o mirante da Ponte Estaiada é necessário pagar um taxa simbólica no valor de R$ 3,00 (entrada normal) e R$ 1,50 (entrada estudantes com carteirinha e professores com documento de comprovação). A isenção da taxa é válida somente para crianças de até 11 anos e idosos acima de 60 anos.

Semdec lança estudos sobre Indicadores Turísticos 2019 de Teresina em evento

Com uma receita de R$ 418,4 milhões em 2019, o setor de turismo de Teresina registrou este ano um crescimento de 104,8%, se comparado com o ano passado. Estes números e outros indicativos do setor foram apresentados na última terça-feira (17) pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em evento realizado no Gran Hotel Arrey Hotel, zona leste da capital.

O evento, que contou com a presença do prefeito Firmino Filho e do empresário Manuel Arrey, espanhol que adotou o Piauí como segunda casa, instalando quatro hotéis em Teresina, apontou também os impactos dos eventos na hotelaria local, em exposição realizada pelo presidente da Comissão Setorial Permanente de Hotelaria, Lazer e Turismo, do Conselho Regional de Administração, Dirk Zobiak.

“O setor de turismo está se qualificando e fazendo um diagnóstico de sua própria realidade. Estes dados são monitorados pela Semdec e mostram uma experiência bastante realista do que acontece em Teresina no setor do turismo. Tivemos uma queda em 2018, mas em 2019 já percebemos essa recuperação. Isso é decorrente, basicamente, da recessão que o Brasil viveu e que sofremos, principalmente, em 2018. Este estudo é importante para perceber também o efeito dos eventos na nossa cidade, como por exemplo o Corso e a Micarina, entre outros”, explicou o prefeito Firmino Filho.

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o turismo de Teresina precisa de dados e linha de atuação forte para que se desenvolva. Além disso, ele destaca que o setor tem se mantido superavitário.

“Teresina tem turismo sim, e Teresina tem um turismo especificamente voltado para eventos e negócios. Para desenvolver uma gestão com planejamento e estratégias é importante que tenhamos números e linha de atuação forte e centrada. É importante pontuarmos aqui hoje que o turismo de Teresina é superavitário, ou seja: o que o teresinense gasta lá fora, quando viajam, é bem menor do que o gasto do turista que vem a Teresina. Isso é extremamente positivo para a cidade”, destacou o secretário.

Números

De acordo com os dados dos Indicadores Turísticos 2019, 58,6% dos passageiros embarcados em Teresina são turistas. Com isso, o índice do fluxo turístico entre 2018 e 2019 apresentou crescimento de 67,0%.

Quatro estados brasileiros são os principais emissores de turistas para Teresina: São Paulo, que é o principal, com 28,5%, seguido por Brasília (14,9%), Ceará (14,1%), Maranhão (10,3%) e Rio de Janeiro (7,6%). Além disso, Portugal e EUA são os países que mais enviam turistas para Teresina, ambos com 33,3% do fluxo.

Do total destes números apresentados, 52,4% dos turistas que chegam à capital são motivados por negócios e 27,0% para visitar amigos e parentes.

Para o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, “esses números ajudam os investidores a consolidarem seus estudos de mercado, trazendo-os para uma realidade mais visível”.

Semdec: Presidente nacional da Abav participará de Famtour em 2020

A presidente nacional da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Magda Massar, confirmou, nesta sexta-feira (27), presença no próximo Famtour organizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). A atividade tem o objetivo de familiarizar e encantar o distribuidor dos produtos turísticos de Teresina. O evento vai reunir quatros meios de comunicação de reconhecimento nacional no setor do turismo.

O Famtour de 2020 é uma atividade aprovada pelo Conselho Municipal de Turismo e organizada pela Semdec. A expectativa é que sejam recebidos, durante o Corso de Teresina de 2020, vários profissionais do setor, como agentes, operadores, jornalistas e empresários de outros estados para conhecer Teresina e seus roteiros.

“Nossa presidente se mostrou encantada com Teresina ao receber o brinde de uma sacola personalizada com estampa da Ponte Estaiada. Ela nos garantiu que estará presente no Corso do próximo ano”, comentou Jorge Leite, presidente da ABAV Piauí.

Além da representante nacional da Abav, o Famtour contará a participação das revistas: a Mercado & Eventos, Brazil Travel News, Panrotas e Brasilturis. As quatro são referência no setor de turismo no país.

Teresina na Abav Expo

A recente parceria entre a Prefeitura de Teresina, através da Semdec, a Secretaria Estadual de Turismo e o Sebrae levou à 47ª Expo ABAV, mais de 30 profissionais piauienses que operam o Turismo Receptivo, responsáveis pela elaboração de pacotes de viagens. Algumas dessas agências apresentaram a compradores potenciais, material promocional contendo roteiros internos no Estado do Piauí e tarifas definidas, incluindo a chegada por Teresina com destino ao Delta do rio Parnaíba, à Serra da Capivara e a outros destinos que têm se destacado, como os que compõem o programa “Piauí de Portas Abertas”, desenvolvido pela Agência TDF.

Além da TDF estão no evento, agências como a Miracéu Turismo, Clip Turismo, Natur, Ecoadventure, Selva Branca, Rastro Turismo, MB Turismo e Serra da Capivara Turismo. Além de representantes de empresas hoteleiras, como o Grupo Arrey, Pousada BGK, Pousada Titas e Metropolitan, e o setor gastronômico, através da Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Para o Coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros, essa foi a primeira edição de um evento nacional que conseguiu levar tantos representantes do trade turístico. “São mais de 30 profissionais piauienses fazendo contatos na Feira Internacional da ABAV, fechando negócios e visitando compradores potenciais, para consolidar o Piauí como destino nacional. Os resultados não demorarão a aparecer, Teresina tem um ganho bastante positivo, pois é o principal portão de entrada para as belezas do Estado, além de forte mercado concorrente para o turismo de negócios, eventos e saúde”, disse.

Evento pretende resgatar a culinária “raiz” do café da manhã piauiense

Para resgatar a identidade culinária típica do café “raiz” do Piauí, neste domingo (29), no espaço de eventos do hotel Velho Monge, acontece a 2ª edição do “Sabores da Roça: Café Piauiense”. O evento se trata de um encontro gastronômico, que ocorrerá das 9h às 11h30, prometendo fazer um mergulho nas memórias alimentares e afetivas de cada convidado.

A organizadora do projeto, Francisca Lopes, afirma que a verdadeira intenção é resgatar a identidade do café da manhã piauiense e fazer as pessoas valorizarem as iguarias do nosso estado, através de uma culinária diversificada e rica de histórias e lembranças.

“Nosso objetivo é reavivar as memórias alimentares de cada um. É escutar das pessoas que aquele gosto lembra do bolo que avó fazia, que o modo de preparo lembra sua infância, é o que nos move. Com a nossa primeira edição, percebemos que isso gera uma interação, que as pessoas conversam, trocam experiências e, indiretamente, preservam o patrimônio da nossa culinária matinal, que hoje em dia se encontra adormecida e precisa ser conhecida pelo país e pelo mundo”, pontua Francisca.

Para o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, um dos pontos fortes que Teresina possui e que necessita desenvolver é o turismo gastronômico. “Teresina possui uma gastronomia singular e o nosso estado possui uma culinária muito rica. Apoiar e participar de eventos assim é um incentivo a mais para o desenvolvimento desse setor. Nossos pratos precisam ser apreciados por outros estados, mas, antes disso, nós precisamos conhecê-los e apreciá-los”, analisou.

O evento “Sabores da Roça: Café Piauiense” também pretende, futuramente, lançar um livro com as fotos e as receitas de cada prato servido, já que a outra proposta da organização do projeto é deixar documentado todo o material exposto para que a população desperte para a preservação do patrimônio culinário do nosso estado.

Semdec apresenta Teresina em Feira Internacional de Agências de Viagens em SP

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) está participando da 47ª edição da Feira Internacional da ABAV EXPO (Associação Brasileira de Agências de Viagens) e 52º Encontro Comercial BRAZTOA (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), que iniciaram na manhã de hoje (25), em São Paulo. Uma equipe do órgão está divulgando a investidores as potencialidades turísticas de Teresina.

O Piauí está presente na ABAV com quase 40 profissionais de Turismo em um stand de 56 metros quadros adquiridos por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Teresina, através Semdec, o Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo (Setur), e o Sebrae Piauí.

“Pela primeira vez, o estado do Piauí se faz presente em uma feira da ABAV Nacional com uma grande representatividade de profissionais do ramo. São hoteleiros, operadores de turismo, agentes de viagens, profissionais do setor gastronômico e representantes de órgãos estadual e municipal”, disse o presidente da ABAV Piauí, Jorge Leite.

A parte que compete à participação de Teresina foi aprovada pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur), com recursos do Fundo Municipal de Turismo (Fumtur). No stand organizado pela Semdec estão sendo apresentadas peças promocionais de destino Piauí, além de produtos de degustação, como cajuína, castanha e doce de caju.

“Teresina está focando no Turismo de Negócios e pretende visitar, durante a feira, diversos meios de comunicação para ampliar a divulgação do destino, enquanto empresários estão disponíveis para negociar os seus pacotes turísticos. Nosso objetivo neste evento é mostrar as belezas, mas também as oportunidades de negócios que empresários podem conseguir na nossa capital”, disse o coordenador de Turismo da SEMDEC, Eneas Barros.

Para esta edição de 2019, e ocupando um espaço de 27 mil metros quadrados no Expo Center Norte, localizado em São Paulo, a organização do evento confirmou a participação de 26 mil profissionais inscritos, a presença de 2 mil marcas, o treinamento de 5 mil profissionais, a realização de 52 palestras e a oferta  de 500 pacotes para comercialização durante a promoção Black Friday de Viagens, uma novidade trazida para o evento, que acontecerá nesta sexta (27), com ofertas para o exterior com descontos entre 5 e 50%.

“A força do setor está traduzida em US$ 8,8 trilhões para a economia mundial em 2018 e geração de empregos. Aqui na Abav, temos 2,3 mil associados entre agências, operadoras, OTAs e consolidadoras”, disse a presidente da Abav, Magda Massar, em seu discurso de abertura.

A feira segue até sábado, dia 28, com mais debates sobre o tema turismo. De acordo com a equipe de profissionais que está no local, há boas expectativas em relação aos resultados que serão alcançados pela estratégia piauiense no evento.

2ª Edição do “The Encontro” acontece nos dias 21 e 22 no Encontro dos Rios

Em comemoração aos 167 anos de Teresina, acontecerá nos dias 21 e 22 de setembro, a 2ª edição do The Encontro, evento que mistura uma vasta programação cultural e esportiva e traz ao palco shows de artistas nacionais e locais. Para manter a tradição, a festa acontecerá no Encontro dos Rios, bairro Poty Velho, Zona Norte da capital. A entrada é gratuita.

Com um “casting” variado, setes atrações musicais serão as responsáveis por deixar o evento ainda mais animado, são elas: Taty Girl, Conde do Forró, Toda Boa, La Reina, A Proibida, Farra D’solteiros e Hallyssom Balada. O organização proíbe a entrada com bebidas alcoólicas.

Além disso, o público poderá contar também com feiras de negócios e artesanatos, serviços de atendimento de saúde, ciclismo, clube de corridas, aulas de dança, apresentações voltadas ao público infantil e os tradicionais encontro náutico e festival gastronômico do peixe, onde os restaurantes de Teresina apresentarão o melhor da sua culinária pesqueira.

De acordo com o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, apoiar o evento é mais uma maneira de movimentar o turismo intermunicipal.

“O Encontro dos Rios é um dos nossos pontos turísticos mais tradicionais e aliar isso a uma movimentação cultural, esportiva e gastronômica desse porte é mais uma maneira de estimular os teresinenses e cidadãos de cidades vizinhas a conhecer e reconhecer nossas potencialidades.”, finalizou.

O 2º The Encontro 167 anos é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) em parceria com o Portal Az e Antena 10.