Arrepiar-se ao escutar um solo de guitarra, colar posters dos ídolos na parede do quarto e fazer coro para aquelas músicas ícones fazem parte da tradição do rock. Na segunda noite do The Vejo na Ponte, Teresina respirou o gênero musical com quatro bandas renomadas do Piauí. O evento contou com a participação de Edivaldo Nascimento, Último Romance, Maverick 75 e Cojobas.

Do indie rock ao rock and roll, a noite atraiu mais uma vez famílias, grupos de amigos e casais de namorados. De acordo com o empresário Antônio Luís, a ideia do evento agrada todos os públicos. “Diferente de festas fechadas, podemos ver famílias, crianças e pessoas mais velhas misturadas com os mais novos. O evento atrai todo mundo, por ser repleto de bandas boas, gratuito e ainda por cima em um dia e horário bom para todos”, afirma.

Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), o The Vejo na Ponte virou, além de ponto de lazer, um ponto de economia para empresas.

“O evento consegue atrair muita gente com vontade de expor e vender seus produtos. Ele ajuda, principalmente, o setor da gastronomia, com grande variedade de gêneros alimentícios comercializados no festival. É uma dinâmica que não contempla só a cultura local, mas que também ajuda a girar a economia da cidade”, explica o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Presente na primeira edição do festival, a fonoaudióloga Rayane Melo sente-se atraída pelo evento por conta da mistura de bandas. “Ter a oportunidade de assistir bandas renomadas em um espaço gratuito e aberto a todos é algo que me atrai e espero que continue por muitas edições”, afirma.

“Nosso estado, em especial a capital, tem um relacionamento histórico com o rock and roll. O estilo está presente em Teresina assim como o forró está para Fortaleza, o reggae para São Luís, o frevo para Recife e o axé para Salvador. Somos uma terra de roqueiros muito talentosos, muita produção de altíssimo nível e muita garra”, afirma Ostiga Júnior, vocalista da banda Cojobas.

Causa Animal

O The Vejo na Ponte também esteve engajado em uma pauta diferente nesta edição. É que junto com mais de dez entidades de defesa dos animais, o evento arrecadou ração para cães e gatos,além de material de limpeza. Além disso, as entidades protetoras têm vendido comida e produtos relacionados aos pets com o objetivo de arrecadar dinheiro para o pagamento de dívidas junto às clínicas veterinárias de Teresina.

“As vendas estão muito boas, percebemos que teve uma aceitação muito positiva do público com os produtos que trouxemos. Estamos com uma van, que dá esse apoio na hora de receber a ração de quem doou e também com um stand de venda. A causa animal foi muito bem aceita”, comemora Raissa Rocha, organizadora da Barraca do Aumor.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).